08 março 2017

Dia da mulher

A coisa não vos aborrece?

27 comentários:

  1. dia internacional da igualdade de género. até lá, não desprezando o legado que mulheres e homens valentes me deixaram (precisamente por causa deles), recuso-me a "ter" um dia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. especialmente as gerbérias.

      Eliminar
    2. As gerbérias, essas incompreendidas...

      Eliminar
  2. Não, meu querido, o q me aborrece é o trânsito, gente agressiva e intolerante, abusiva e irritante. Já quanto ao dia de hoje, repito o q escrevi há três anos, por ocasião da mesma efemeride: À beleza, à sensualidade, à sedução, à sensibilidade, à delicadeza, à generosidade dos afetos, dos gestos, das palavras e das omissões, ao acolhimento, ao abraço, ao beijo, ao amor, à paixão, à emoção sem pruridos, ao sentimento sem vergonha, à vida que pulsa no coração de todos e de cada um de nós. Feliz Dia Internacional da Mulher.

    ResponderEliminar
  3. Sabe o que me aborrece, meu caro? É que os homens pensem que 'nós' nos aborrecemos. Com tudo o que de discriminatório esse pensamento possa encerrar, quanto à discriminação de género...Percebeu?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Entendeu então que as cinco palavras deste post msis o ponto de interrogação estavam apontadas a um género?

      Eliminar
    2. E não estavam? Se não estavam, eu gostaria era de ter lido algo nesse sentido. A opinião dos homens neste Dia.., não conta? Conta e muito!!

      Eliminar
    3. É um bom desafio, a minha visão do dia da Mulher. A ger se dá.

      Eliminar
    4. Por favor, caro Pipoco, não quero que se sinta obrigado a nada. Foi um um desabafo, como outro qualquer! Aceite um sorriso desvanecido...:)
      :)

      Eliminar
  4. As floristas estão felicíssimas.

    ResponderEliminar
  5. Anónimo8.3.17

    Sim, aborrece bastante. Especialmente, todo o paternalismo inerente ao dia.

    ResponderEliminar
  6. Only the boring get bored. Dito isto, aborrecem-me posts aborrecidos e pouco inspirados. Sei que isto é apenas um blog e o Pipoco um alter ego, mas eu esperava mais do boneco.
    Enquanto os homens nos "ajudarem" nas lides domésticas, enquanto a maternidade e a paternidade forem distintas nas expectativas, enquanto a voz assertiva de uma mulher for percebida de modo diferente da de um homem, enquanto ser mulher for um handicap para um ser humano atingir o seu potencial, que venham muitos dias 8, de preferência todos os meses. Diz que as mulheres também sofrem disso.
    Bom mês da Primavera!

    ResponderEliminar
  7. aborrece a necessidade

    ResponderEliminar
  8. Pretendendo-se igualdade de género, imaginando que se trata de uma avisada igualdade de oportunidades, com um pouco de pensamento criativo, sempre aplicado tão à míngua nestas sociedades aliviadas do peso esmagador da mundanidade pelo fenómeno das redes sociais, teríamos o Dia da Fêmea.

    "Porquê?!"
    Efectivamente, interroga um hemisfério o outro. Porque a cadela do meu vizinho há-de ter iguais direitos ao cavalo do meu outro vizinho.

    Ter-se-ia, logicamente, evitando desconsiderações, o DIA do MACHO e da FÊMEA.

    "Porquê, DEUS(!), sempre a porra do macho à frente da fêmea?!", argumentariam, como sempre fazem, com toda a eventual propriedade, as membras e os membros do Bloco.

    Mas, oferecendo o Dia das Fêmeas e dos Machos igual comutativa discriminação, como resolver este delicado problema em era de tanta "crispação" sem aplicar aqui, já e com força, o c..., digo, a porra de uma idempotência?!

    Seja então O DIA da RECIPROCIDADE para todos os SERES, vivos ou mortos.

    Abraço.

    ResponderEliminar
  9. A mim aborrece-me que calhe hoje, que tenho de jantar fora com Mr Mirone e vou ter de mudar de planos porque o restaurante tem um programa especial para o dia da mulher. Aborrece-me na exacta medida em que me aborreceu que o dia de S. Valentim também tivesse calhado no único dia daquela semana em os dois podíamos ir jantar e tivemos de optar por um plano D (os planos A, B e C estavam lotados). Tivessem calhado um dia antes ou um dia depois e estaria encantada. Assim, olhe, estou aborrecida, muito aborrecida.

    ResponderEliminar
  10. Cláudia Filipa8.3.17

    Estivesse eu na pele de certas mulheres que tiveram o azar de nascer em certos lugares do mundo ou, mesmo tendo nascido "nos sítios certos do mundo", tivesse eu sido criada num ambiente onde o pensamento de quem me criou se equiparasse ao pensamento maioritário daqueles lugares do mundo onde não queria ter nascido e não veria resposta melhor do que aquela que já aqui li dita por ME "aborrece a necessidade", acontece que, sou uma mulher com muita sorte, hoje o Borussia ganhou quatro a zero ao Benfica e, para mim, hoje, este é um aborrecimento imbatível.

    ResponderEliminar
  11. Anónimo8.3.17

    Adoro o Dia da Mulher! E o tio, não?

    ResponderEliminar
  12. A mim aborrece-me apenas que não seja feriado.

    ResponderEliminar
  13. Anónimo9.3.17

    não acho bem ter esse dia...NESTE PAÍS em que vivemos.
    enquanto se falar nesse dia é porque existem diferenças...
    (tb não acho bem estipular a percentagem de mulheres num determinado local de trabalho. Deve-se escolher uma pessoa pela sua competência, não para equilibrar sondagens idiotas. Enquanto se fizer isso é sinal que não existe igualdade de género).
    Agora nem sempre foi assim, muito sofremos para chegar a esta fase. mas agora são outros tempos (falo por mim),vamos para a frente e não falemos mais nisso.
    (também existe interesse comercial, para a existência desse dia)
    vw

    ResponderEliminar
  14. A mulher será sempre rainha do palácio que quiser para mais informações http://sugereme.blogspot.pt/2017/03/a-mulher.html cumprimentos

    ResponderEliminar
  15. Pipocante Irrelevante Delirante10.3.17

    Aborrece-me a Digníssima referir que eu "ajudo" em casa.
    O dia?
    Também se comemora a implantação da República, e ninguém liga alguma à Monarquia.

    ResponderEliminar
  16. Já a ficar um bocado cansada deste tema pergunto-lhe, caro Pipoco, tal como perguntou o 'tal' comandante:

    " Até quando pensa o senhor que vamos continuar neste ir e vir dum caralho?" (sic)

    ResponderEliminar