10 março 2017

Dias da Mulher

Celebremos então as que se envergonham com quotas por género, as que sabem escolher vinho sem se enganarem muito, as que sabem interpretar silêncios, as que sabem perder um jogo, as que sabem estacionar à primeira, as que não se deslumbram porque o parceiro sabe descascar batatas, as que sabem sair de cena sem maçarem as pessoas, as que, para além dessa, conhecem outras artes de encantar um homem, as que sabem ficar invisíveis, as que dizem uma coisa e a coisa não quer dizer outra coisa, as que descodificam quando  há alturas em que não nos apetece, as que nos falam de lugares onde nunca estivemos e de livros que nunca lemos, as que nos dizem que não, as que nos fazem rir, as que nos acompanham num gin tónico no fim da tarde e é só um gin tónico ao fim da tarde, as que gostam de andar à chuva, as que ganham mais do que nós, as que nem sequer consideram a possibilidade de nós não sabermos como se trata de um filho doente.

(*)

20 comentários:

  1. Caramba, ainda bem que somos muitas.

    ResponderEliminar
  2. Canudo, tantas e tão boas!!!
    Só cá por uma coisinha...eu figuro aí, em alguma dessas categorias?
    Se me vai responder que eu é que sei, digo-lhe já que me reconheço aqui:

    "...as que sabem sair de cena sem maçarem as pessoas, as que, para além dessa, conhecem outras artes de encantar um homem" Pode ser?
    Já agora, mais esta:

    "as que dizem uma coisa e a coisa não quer dizer outra coisa"

    Também gosto desta:

    " as que nos dizem que não, as que nos fazem rir"...Pronto, já chega.

    *-*

    ResponderEliminar
  3. "as que sabem sair de cena sem maçarem as pessoas" :D

    ResponderEliminar
  4. Somos um must. Os homens gostavam de ser metadinha que fosse ahahahah

    Boa noite Sô Pipoco

    ResponderEliminar
  5. Parabéns por este post.
    Brindo ao homem que o escreveu, o homem que aprecia uma mulher inteligente e com outras valências que não apenas as de saber seduzir, que não se incomoda se a mulher ganhar mais, que concorda com uma escolha de um vinho sem se armar em mais entendido que ela, que acha natural um homem ajudar lá em casa e que se sabe cuidar dos filhos, que sabe entender uma piada feita por uma mulher, que sabe ouvir e aceitar um não e que gosta da companhia de uma mulher para partilhar um gin.

    Bom fim de semana
    (^^)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo10.3.17

      eu cá não acho natural que um homem AJUDE lá em casa.

      Eliminar
    2. zé da fisga.11.3.17

      Eu também brindo ao homem que sabe ser sincero.
      Nada como a sinceridade.
      Conseguir fingi-la ter não é para qualquer um.
      Upsss!!!

      Eliminar
  6. Celebremos, sobretudo, as outras. As que não se parecem com os homens.

    ResponderEliminar
  7. Anónimo10.3.17

    Concluindo tio: nos somos lindas
    Vw

    ResponderEliminar
  8. ficar invisível, ganhar mais que nós, sair de cena?
    velhota rica, boa herança.

    artes de encantar, percebem quando não está a "funcionar/apetece", vinho e gin?
    ah, doces memórias de Lupanar.

    no restante, especialmente silenciosas caminhadas à chuva, está perfeito, excepto nessa coisa dos livros nunca lidos que, assim em abstracto, pode incluir VHM, JRS, PC - excepto se mencionados em conjunto com lareira.

    (já não é necessário estacionar automóveis - o meu caro irá certamente desculpar-me quando digo que isso é pensamento do século vinte)

    o prazer de um post de contrição...

    ResponderEliminar
  9. Cláudia Filipa10.3.17

    Que belo resumo das situações que não têm lugar na rubrica "Os problemas das mulheres".

    ResponderEliminar
  10. no andar à chuva - presente.
    o resto deixo para as outras (fiquei a pensar no gin tónico)

    ResponderEliminar
  11. Lady Kina11.3.17

    Li atentamente este texto e, resultado de uma análise profunda dos conceitos que ao feminino do Pipoco são inerentes, permita-lhe que lhe sugira a "Lola, Cyberskin 2000", topo de gama dentro do género:


    https://scontent-mad1-1.xx.fbcdn.net/v/t1.0-9/14991860_1642776209356974_5075640160494430128_n.jpg?oh=43aeec5d23581811ef79deb95f2c6519&oe=596B99F6

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Siri do iPhone também é uma opção a considerar.

      Eliminar
  12. Lady Kina11.3.17

    (batatas não descasca, mas creio que facilmente encontrará disponíveis no mercado, para o efeito, outros robots com essa função)

    ResponderEliminar
  13. Anónimo11.3.17

    (sorriso)
    sc

    ResponderEliminar
  14. Sim senhor...gostei.

    ResponderEliminar
  15. Sou das que dizem uma coisa e a coisa quer dizer outra coisa e não sei se sei tratar de um filho doente.

    ResponderEliminar
  16. Celebremos essas e todas as outras, todos os dias, e que, acima de tudo, nos saibamos bater pelo direito à diferença é pelo respeito a essa mesma diferença na mesma medida do direito à igualdade.

    ResponderEliminar