30 outubro 2010

Do acreditar nas coisas

Não acredito em muitas coisas mas acredito naquilo de desejar a sério uma coisa e a coisa vir-me parar às mãos e, em sendo uma pessoa, vir parar-me aos braços, uma espécie de Roberto Benigni na ópera a desejar que a Nicoletta Braschi lhe dedicasse um olhar, buon giorno principessa, acredito em poucas coisas, não sei se já tinha dito, mas acreditando nisto de eu desejar e a coisa acontecer mesmo, calhando, acredito em mais coisas do que aquelas que me apetece dizer que acredito.

7 comentários:

  1. e é tudo uma questão de transparência ou não ...

    ResponderEliminar
  2. Anónimo30.10.10

    Cuidado com o que deseja.
    "The words I love you till the day I die
    The self deception that believes that lie
    Wish I were in love again"

    Maria Helena

    ResponderEliminar
  3. eu acredito! acho que é um género de efeito placebo... pode ter os seus efeitos sim.

    ResponderEliminar
  4. numa pequena ousadia, ando por alguns (re)cantos, com o céu às cavalitas, a divulgar a minha arte
    se gostar, passe a palavra
    obrigada pela atenção :)

    ResponderEliminar
  5. E eu acredito em ti ;)

    ResponderEliminar
  6. Essa é a famosa Lei de Atraccao, a energia que move o universo... nao é casualidade... A verdade é que leio muito sobre isso e é importante saber que se ha algo que deseje, mentalize-se como se ja fosse seu e quando durante o dia pensar no que deseja, pense-o no minimo por um minuto... Claro que sim, existe e nao é nenhum mito. Os homens mais importantes deste mundo a usaram (lei), e seguem usando...

    ResponderEliminar
  7. Portanto, acredita em si, que pode conseguir o que quer? Ou apenas naquilo que sabe que pode conseguir?

    ResponderEliminar