26 abril 2020

Um post por dia até ao fim de Abril - Dia 42

Faz-me falta beber café na esplanada com cheiro a mar num dia cinzento, ir a Alfama aos fados, jantar com a vista do último andar do Sheraton, sair sem destino e ir dormir a Marvão, abraçar os meus amigos, ouvir Tchaikovsky na Gulbenkian com chuva atrás da orquestra, ir a um cinema que não tenha pipocas ver o ultimo Bond, nadar no Guincho.

E a ti?

18 comentários:

  1. O meu balcão. Pessoas, no fundo é isso. (pessoas... logo eu)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As notícias dizem que está para breve o seu balcão. As pessoas ficam para mais tarde.

      Eliminar
  2. Anónimo26.4.20

    Tenho saudades de ser livre (embora seja uma privilegiada sortuda)
    Vw

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Continuamos a ser livres. Não percamos isso de vista.

      Eliminar
  3. A mim faltam-me EUROS, para que, depois do confinamento, poder gozar de coisas iguais às que deseja o autor deste texto, lol

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meu caro, a maioria das coisas que em fazem falta são grátis.

      Eliminar
  4. Tenho saudades de sair se medo

    ResponderEliminar
  5. Faz-me falta isso tudo menos ir dormir a Marvão porque, sorte a minha, moro cá.

    ResponderEliminar
  6. A mim? Nada me faz falta.
    É a única vantagem de ter prazeres simples.

    A minha melhor metade, os peludinhos (não, não são crianças, que infelizmente estão além das nossas possibilidades) -os peludinhos demoníacos de quatro patas-, whisky e gin, gelo e um tabuleiro de xadrez, que Ela secretamente despreza apesar de quase sempre vencer (em boa verdade penso que quando não acontece é por indulgência ou distração).

    Longos serões na delícia da companhia, conversa, leitura, música e xadrez. Podia passar o resto da vida assim.

    Afinal sinto falta da lareira.

    ResponderEliminar
  7. A mim faz-me falta ser eu a decidir que não me apetece sair, acho que é isso que mais me incomoda. As outras coisas, algumas em sítios diferentes, com o tempo eu vou voltar a fazer.

    Boa noite

    ResponderEliminar
  8. Anónimo27.4.20

    Falta-me o cheiro das ondas a rebentar na Zambujeira num dia cinzento, falta-me pegar na trouxa e fazer o Caminho francês de Santiago, falta-me dar abraços apertados a tanta gente que eu gosto, falta-me ouvir a Orquestra Filarmónica de Berlin na Elbphilharmonie de Hamburgo, falta-me adormecer a ouvir a chuva num dia de Inverno, falta-me fazer outra vez a Maratona de Btt de Alte num 25 de Abril e tomar banho na ribeira a seguir, falta-me andar a pé no meio do barulho da Feira de Castro, falta-me ver mais campos cheios de sinfonias de magarças a rebentar, falta-me jantar com a família no terraço do Hotel Eva com vista para a Ria de Faro, faltam-me tardes quentes de suão a ouvir cigarras no restolho, faltam-me muitas madrugadas a nascer com o som das cotovias a piar..

    ResponderEliminar
  9. Faz-me falta sentir-me livre. Sentir que mesmo que não queira sair de casa, posso. Mesmo que não queira viajar, posso. Mesmo que não queira drama familar, posso...acho que genericamente é isso =)

    ResponderEliminar
  10. Faz-me falta a esperança para a poder legar aos mais novos.
    ~CC~

    ResponderEliminar
  11. O cheiro das livrarias. Regressar a casa ao fim da tarde depois de um dia de trabalho cumprido. Batatas fritas. Nada mais me falta.

    ResponderEliminar