29 outubro 2018

Sideuzquisé


O problema do Brasil é o “Sideuzquisé” com que terminam todas as respostas às perguntas que lhes fazem, seja se o Brasil vai voltar ser campeão, se a vida vai melhorar ou se o jantar de hoje é feijoada.

(e deus não quer, deus já deu provas que tem tendência para ajudar mais os que não acreditam que é deus quem resolve os problemas)

8 comentários:

  1. Acho que nem a esses. Tenho para mim que, a existir, estará já reformado ou, decepcionado por ter criado, de todo o reino animal, um que onde mexe mata. A esta hora cantará " Tou nem aí"

    Bom dia, Sô Pipoco

    ResponderEliminar
  2. Deus a esta altura deve estar a dizer - fizesteis a merda, arranjaide-vos.

    ResponderEliminar
  3. O Brasil, tal como o resto do mundo, deita-se na cama que faz (e deixa que lhe façam - 53 milhões de brasileiros aceitam que outros lhe façam a cama - 11 milhões votaram nulo ou branco e 42 abstiveram-se). Está a combater excessos (corrupção e insegurança) com outros excessos.

    Deus está ocupado a conciliar os Trump, Kim, Putin, Erdogan e afins, o Brasil vai ter de esperar.

    ResponderEliminar
  4. E ainda dizem que Deus é brasileiro... :(

    Boa tarde, Pipoco

    ResponderEliminar
  5. Anónimo29.10.18

    Muito bom!!!

    ResponderEliminar
  6. Cada um quer e escolhe o seu Deus ou não ter nenhum. Que seja o Estado a escolher um para todos (e acima de todos) é que é pior. A separação de poderes está moribunda por lá e como sabemos é a trave mestra da Democracia.
    ~CC~

    ResponderEliminar
  7. Anónimo29.10.18

    É Pipoco, Deus ajuda aqueles que resolvem os probelmas logo de raiz e O põem nas notas de cifrão. In God we trust.

    ResponderEliminar
  8. Tendo tido o privilégio de ouvir o debate do orçamento de estado durante cerca de hora e meia de monótona autoestrada, tanta demagogia, descaramento, inanidade e imbecilidade de todos os intervenientes, por momentos esqueci o Brasil, o Iémen, Putin e Xi Jinping, ânimo esmorecido e necessidade de tomar um bom café com aguardente. Espero que um dia, não muito longínquo, as superinteligencias que governam a galáxia finalmente considerem que não vamos lá sem supervisão de adultos. Até temos livros sobre esse tema.

    ResponderEliminar