03 junho 2018

Apetecer-me chegar a casa

Primeiro dei conta que, de uma sexta-feira para um sábado, nasceu um ninho na minha janela, aconchegado entre a portada semiaberta e o vidro. Primeiro um ovo, depois outro, finalmente cinco ovos. A pequena ave e eu fizemos um acordo tácito, eu não a aborreceria demasiado com a minha curiosidade e não voltaria a fechar a portada até ao Outono (valerá  bem a pena acordar com a claridade do sol no meu quarto virado a nascente), ela faria o que tinha que ser feito.

Nasceram esta noite.

11 comentários:

  1. Fez-me sorrir, Pipoco.

    ResponderEliminar
  2. Anónimo4.6.18

    Singelo e bonito

    ResponderEliminar
  3. Anónimo4.6.18

    Que giro! Nos também temos um ninho de melro sobre um cantinho do pilar do alpendre. Quando la passo nem olho para lá, com receio que ele se aperceba e abandone os ovos.(A sorte deles é que só estamos la durante o fs).
    Também temos um ninho dentro do aparelho exterior de ar condicionado do escritório. Eu nem ligo o aparelho dessa sala nestas alturas para não incomodar os bichinhos.
    vw

    ResponderEliminar
  4. Cláudia Filipa4.6.18

    Que situação tão bonita.

    ResponderEliminar
  5. Anónimo5.6.18

    Mete fotos prá gente poder saborear a poesia da situação. Long live da birds!!!

    ResponderEliminar
  6. Este é o verdadeiro post fofinho!

    Bons trinados, Pipoco! :)

    ResponderEliminar
  7. quem não adora um pouco de ornitologia pela manhã!?

    ResponderEliminar
  8. Tanta candura até me deixou embevecida, Dom Pipoco...:)

    Os ninhos não nascem, como a fruta nas árvores. Constroem-se com musgo, penas, pauzinhos e tudo o mais que dê conforto e resistência ao futuro lar dos filhotinhos. Sobretudo, com muito amor.
    Mas pronto; se o móbil era escrever um post terno e fofinho, conseguiu, sim senhor.
    Agora, não vai ter apenas uma ave no seu beiral, como o comum dos mortais. Vai ter um quinteto de doces e alegres chilreios. Haverá coisa mais linda? Claro que não!

    Gostei tanto, Dom Pipoco... :)

    ResponderEliminar
  9. Parabéns ao "senhorio"!

    ResponderEliminar
  10. Sempre afortunado meu caro.

    Temos mais sete bolinhas peludas a saltitar entre o jardim e os abrigos que montamos para as respectivas progenitoras.

    Um dos pequenos gremlins conseguiu atravessar a grade de segurança e dar um mergulho involuntário (imagino) na piscina.

    Malditos patifes!

    E ainda temos dois malfeitores gordos como eu em casa para nos destruírem os sofás.

    Estes pequenotes têm muito em comum com os seus pardalitos.
    Miam como quem pia, mordem como quem brinca,
    e adoram passarinhos.

    Abraço!

    ResponderEliminar