10 maio 2018

Pipoco, a ressuscitar blogosferas há setenta e dois anos

Era um desses tipos que se sentam à cabeceira da mesa, diziam-me que era um negociador dos duros, ainda não tinha chegado e já o odor a Kouros o fazia anunciar-se, verifiquei se tinha todos os indicadores de ser um tipo dos rijos e sim, lá estava o Rolex de mostrador dourado, o fio grosso de prata ao pescoço com um Cristo dependurado, os dois botões cimeiros da camisa preta desapertados, o cumprimento sem se desculpar e em voz grossa para os que tinham chegado a horas, os óculos Ray-Ban dependurados do bolso do casaco. Durante a reunião gritou muito, abusou dos gestos largos, pediu à secretária que lhe trouxesse uns documentos que não chegou a abrir, anunciou que ia fazer uma chamada ao António para desbloquear a situação, fez a chamada e disse "António, sou eu, pá..." enquanto me olhava com ar fulminante, o telemóvel dele vibrou e não consegui evitar saber que quem ligava era a "Fofinha, Amor" antes que ele tivesse tempo de virar o écran para baixo.

Acho que foi a partir desse momento que comecei a ganhar a reunião.

10 comentários:

  1. Anónimo10.5.18

    Belo trunfo, sim senhor. E o bronco rei dos kouros passou a comer na sua mão, foi? :-D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Kouros [lê-se kiurrôss], um perfume masculino [rolling eyes, Salomé...]!

      Eliminar
    2. Anónimo11.5.18

      E eu a pensar que o bruto tivesse uma fábrica de curtumes...ahahahahahahahaha

      Eliminar
  2. Bate certo, e não levemente.
    Fofinha amor é o António, como é óbvio.
    O nosso olhar treinado observa logo as inconsistências: Rolex, cúmulo do mau gosto, Cristo ao peito à mafioso siciliano, e finalmente Ray Ban!
    Ray Ban? Mas ainda há quem use disso. Até um pobre assalariado como eu usa uns Porsche Design em titânio, só porque o dinheiro não esticou para a armação de platina, quanto mais uns Ray Ban...

    ResponderEliminar
  3. Anónimo13.5.18

    O fofinha amor denunciou o curtido que era.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cláudia Filipa13.5.18

      Ou a fragilidade para lá da "kouraça"...

      Eliminar
  4. Anónimo14.5.18

    O tio anda a ter reuniões com o meu CEO?...

    ResponderEliminar
  5. Anónimo15.5.18

    Realmente uma pessoa assim não merece o lugar à cabeceira da mesa. Seja em trabalho seja à mesa da "fofa":)
    Vw

    ResponderEliminar
  6. Anónimo20.5.18

    Realmente voce e sempre o maior. O Deus. O que tem mais categoria. Que sonho. Suspiro...

    ResponderEliminar
  7. Reunião com o CEO da Altice? 😏

    ResponderEliminar