27 abril 2018

Esta noite sonhei com Lamborghinis roxos

Tivesse eu disponibilidade, não fosse ter que ir ali comprar jornais, não fosse faltarem-se trinta páginas para terminar o último Umberto Eco, não fosse ter apalavrado ir aos Dias da Música, não fosse estar já comprometido para almoçar uns filetes de peixe-galo, e havia de passar por aí para espantar esses fantasmas que (ainda) te atormentam, havia de me posicionar de frente e ordenar-lhes "eh fantasmas, vamos a sair, é andar...", os fantasmas haviam de se desorientar com a minha voz tonitruante, haviam de sair cabisbaixos, sussurrando desculpas esfarrapadas, que não tinha sido por mal, que a natureza dos fantasmas é mesmo essa, atormentar as pessoas, está-lhes no sangue, eu havia de me assegurar que eles não ousavam regressar, tu havias de me agradecer os trabalhos, vir de tão longe, com tantos afazeres, largar os jornais e o Umberto Eco, os Dias da Música e os filetes de peixe-galo para vir espantar fantasmas, não saberias como agradecer, eu diria que não foi nada, ora essa, temos que ser uns para os outros.

12 comentários:

  1. Onde é que há bons filetes de peixe-galo? (prometo que não vou lá hoje)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na Casa da Dízima, ora essa...

      Eliminar
    2. Tenho de confirmar isso! Obrigada.

      Eliminar
  2. Pois...
    Palavras ...que semeias ao vento.

    ResponderEliminar
  3. gostei tanto do seu post, que até roubei um poeta,

    «as esferográficas sujam as pálpebras das palavras, constelando os textos com
    belos gatafunhos.
    estamos deitados à espera que se dissipe o sono e despertem, na dobra do
    lençol, os fantasmas quotidianos.»

    al berto, o poeta dos fantasmas

    ResponderEliminar
  4. E é todo um conceito de ghost buster snob chic! Também quero.

    ResponderEliminar
  5. Anónimo27.4.18

    Olha!...arrependeu-se e retirou o post em que falava à moda dos antigos estivadores. Voltou aos fantasmas delicodoces, porquê Tio? Bolas!! Estava tão giro...ahahahahahahaha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora, foi só para gerar tráfego adicional...

      (gostou? estava genial, não estava?...)

      Eliminar
    2. Anónimo27.4.18

      Gostei, pois.
      :-)

      Eliminar
  6. Seria uma excelente profissão, sem dúvida. Também gostava...
    ~CC~

    ResponderEliminar
  7. Anónimo27.4.18

    Vá lá espantar os fantasmas, mas sem deixar de, até domingo, ir assistir aos Dias da Música no CCB. Depois, conte-nos como foi...

    ResponderEliminar
  8. f......
    só aqui o ó é que trabalha por estas bandas?
    qual Eco qual quê?!
    rever mas é Laplace, Dirac, transitórios, correntes de curto circuito, componentes simétricos, verificação de sistemas IT médicos, Revit, psicopatologia da personalidade, sei lá que mais, a trapalhada das novas minutas e modelos de relatórios técnicos que a DGEG anda a publicar às pinguinhas, como quem bebe cerveja morna à colher...

    Dias da música...
    f.......

    já cantava a Banda do Casaco, *uns na guerra outros na feira*...

    ResponderEliminar