12 janeiro 2018

Cracóvia

Correr junto ao Vístula. Jantar no bairro judeu. Ir a um concerto de Chopin. Ir ao museu da cidade que fica na antiga fábrica do Oskar Schindler. Colocar um kipá e visitar a sinagoga velha. Beber cerveja numa esplanada com neve. Pensar que afinal talvez as bascas não sejam as mulheres mais bonitas do mundo. Andar pela cidade à noite. Ler. Ir à mina de sal, mas só se já não houver mais nada para fazer.

8 comentários:

  1. amigo querido que esteve seis meses na polónia diz que são as mais bonitas do mundo.

    ResponderEliminar
  2. Anónimo12.1.18

    Ora, em todos os países há exemplares mais bonitos do Mundo. Que clichê.
    Gostei foi do F interrompido.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo13.1.18

      Em Cracóvia há a maior concentração de mulheres bonitas por metro quadrado de toda a Europa. É um fenómeno demasiado evidente para não ser notado.
      sc

      Eliminar
  3. Anónimo13.1.18

    Correr dá cabo dos joelhos.

    ResponderEliminar
  4. Ninguém teve a generosidade de me avisar`atempadamente, sc...

    ResponderEliminar
  5. Anónimo13.1.18

    Ou então a memória já não é o que era...
    sc

    ResponderEliminar
  6. Anónimo13.1.18

    Sérgio conceição, eu estive lá e não vi nada disso. Vi mulheres normalíssimas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha, um anónimo de Ermesinde...

      Eliminar