13 maio 2017

Se calhar era hoje

A julgar pelo número de mensagens que tenho no telefone, se calhar era hoje o jogo daquilo lá do Benfica.

6 comentários:

  1. Anónimo13.5.17

    Dizem que sim...

    ResponderEliminar
  2. Um fim de semana à moda antiga, Fado, Futebol e Fátima, em ordem inversa. O Povo deve estar orgulhoso, os políticos satisfeitos, os jornalistas eufóricos. Ainda bem que Deus me pôs pessimista para não perder a lucidez.

    ResponderEliminar
  3. :D Don Pipoco, celebre comigo a vitória do nosso querido #Salvadorable numa coisa que faz parte do nosso imaginário, o Festival Eurovisão da Canção, e deixe pra lá isso da bola, que para o ano há mais.

    ResponderEliminar
  4. Anónimo14.5.17

    Fado...futebol...Fátima...e o SCP continua na mesma com o seu fado e sem um milagre de Fátima...só nos resta continuar a acreditar que mais ano menos ano será a nossa vez de fazer a festa!

    ResponderEliminar
  5. Cláudia Filipa14.5.17

    Pipooocooooo, não lhe dizia, ali num outro comentário, que haveria de ser um dia benfazejo para mim? Pois que, o serão de ontem, foi para o meu guilty pleasure, eu criancinha, Pipoco, ali, de olhos esbugalhados para a votação, e ontem, foi ontem Pipoco, olhe que nem liguei ao Benfica, afinal, como diria o RAP, não em relação ao Benfica, em relação ao Benfica, para o RAP, isto seria uma blasfémia, mas pronto, para mim, o Benfica ganhar já começa a ser segunda-feira, então, nem queira saber, eu ali, a voltar a ter cinco ou seis anos, só que agora, Portugal, twelve points, le Portugal, douze points, over and over again! Repare Pipoco, se nós também já conseguimos ganhar o Festival da Eurovisão, com um momento daqueles e com pontos para dar e vender, que não fazemos por menos, o seu Sporting, um dia, pronto, poderá ser remoto, bem entendido, mas, enquanto há vida... ora, não é nada, é para o ano, é para o ano... vá, um abraço para si.

    (Isa, continuando nosso Pipoco neste silêncio, pelo menos eu celebro consigo) :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cara Cláudia,

      Pipoco, qual demiurgo, afasta-se regularmente dos assuntos mundanos. Ocasionalmente partilha connosco a abstracção das suas longas meditações acerca de assuntos tão etéreos quanto "Os Problemas d'A Mulher", esse outro Ser taumatúrgico com o qual está condenado a pelejar pelo resto da eternidade.

      Todos temos o nosso fardo.
      Diria Escrivá, aproximadamente, aquela cruz negra ali na parede, sim aquela, é a tua cruz.

      (tenho para mim que o resultado do SCP, ou a falta dele, é em parte culpa d' A Mulher)

      Eliminar