28 novembro 2016

Post das oito

Aprende a cozinhar.Ainda não inventaram melhor remédio para expulsar demónios que cozinhares para ti. Não guardes o teu melhor vinho para uma data especial que pode nunca acontecer. Guardá-lo para beber com o teu pai, isso sim, pode ser. Escolhe sempre bons livros, nunca se sabe quando uma mulher bonita te verá a lê-los. Não há nada mais afrodisíaco para uma mulher bonita que observar um homem absorto na leitura de um bom livro. Não escolhas Ulisses, de Joyce, não dá grande resultado. Aprende a gostar de coisas realmente valiosas. A tua lenha a arder na lareira enquanto Miles Davis toca baixinho, sem te distrair das letras de Herberto Hélder é uma coisa valiosa. Abraçar a tua mãe também. Adopta um cão. Um cão grande. Ele far-te-à feliz enquanto corre ao teu lado, os dois a cheirar a giesta e molhados da bruma da manhã. Vai aos Açores. Dorme pelo menos uma vez ao relento na ilha das Flores. Não acredites em tudo o que escrevem as pessoas dos blogs. A não ser que seja o blog do Pipoco Mais Salgado.

30 comentários:

  1. ah os bons livros...
    O que é isso e será que todas as mulheres bonitas irão entender esse significado do "bom livro, talvez, só talvez, algumas achem outras coisas mais interessantes.

    ResponderEliminar
  2. descoberta tardia a da cozinha, posso garantir: das melhores terapias de sempre.

    ResponderEliminar
  3. Pipocante Irrelevante Delirante28.11.16

    Todas as mulheres são bonitas. Com excepção das feias. A essas, não há plástica ou maquilhagem que as salve.

    ResponderEliminar
  4. Pipocante Irrelevante Delirante28.11.16

    Aprende a cozinhar, mas não queiras ser um chef.

    ResponderEliminar
  5. O que vai ser o almoço sô Pipoco? E qual o livro que anda a ler?

    :=))

    ResponderEliminar
  6. Excluindo a última frase, assino por baixo deste seu belo texto que reflecte tudo o que penso...
    Serei eu, a sua alma gémea?

    ResponderEliminar
  7. Já quase não se veem pessoas a ler. É tão raro. Mas há dias vi! Eu estava num lugar de restauração desses que não vou revelar quais para o Pipoco não ficar todo - como é que hei de dizer - todo desiludido comigo, eu acompanhada de uma das minhas filhas, e numa mesa ao nosso lado um senhor com um livro que se via ser já velho (o livro). O senhor também não era novo. Eu a aguentar-me para não perguntar: o senhor desculpe, mas podia dizer-me o que está a ler? até que chega o momento em que ele fecha o livro e eu leio-lhe a capa: "Um almoço nunca é de graça" de David Lodge. Deste autor apenas comecei a ler "A Troca" e não acabei, não me interessou. Mas foi há séculos. Neste momento, não tenho qualquer opinião formada, que preste, sobre David Lodge.
    Assim, dadas as circunstâncias, pergunto: o amigo Pipoco é rapaz para ser visto com David Lodge na mão ou de modo nenhum?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nunca li nada de David Lodge, Susana...

      Eliminar
    2. Li eu, "Um Almoço Nunca é de Graça" e não gostei. Tanto que já nem me lembrava do nome do autor. Ainda andei a ver se o encontrava para deixar algumas citações das partes que não me agradaram e ainda recordo, mas devo-o ter no sótão, numa daquelas caixas onde guardo livros antigos e que não me cabem nas estantes. Amanhã, vou procurar.
      Como me ensinou que nunca se deve pedir desculpa pelas coisas que se escrevem nos blogs, não o vou fazer, apesar de me ter intrometido na conversa. Como sei que não irei obter retorno, ficamos quites. Certo, caro Pipoco?

      Eliminar
    3. Anónimo29.11.16

      Susana, o David Lodge é uma delícia dentro do segmento "mais ou menos levezinho". Se quiser pegar no mais pesado leia "Um homem em partes". "Terapia" também é delicioso e cheio de humor. (mas tendo em conta as ultimas novidades do autor deste blog, é capaz de não ser recomendável falar dele aqui...)
      sc

      Eliminar
  8. Diz às pessoas de quem gostas o quão importante são para ti, todos os dias de preferência, se por acaso te cruzares com o Pipoco numa livraria daquelas à séria, escolhe bem o livro em que pegas, atenta que a qualidade ou o perfume do mesmo, será sempre importante.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ehehehehe

      É isso tudo, Amigo Poeta.
      Embora o conselho não me sirva de muito, pois eu e D. Pipoco, mesmo que nos encontremos, não nos reconheceremos.:)
      Quanto à escolha do livro, aposto que as nossas mãos iriam em simultâneo direitinhos ao mesmo...

      Eliminar
  9. Gosto tanto destes posts motivacionais! Uma pessoa lê e quer logo ser melhor!

    ResponderEliminar
  10. Uma mulher bonita não acha afrodisíaco observar um homem absorto na leitura de um bom livro, ele é que julga isso.
    Não há nada mais afrodisíaco do que o sentido de humor. Pode um homem desdobrar-se em rasgos culturais que, se não souber fazer rir uma mulher... e isto é válido para todas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Pipoco estava a tentar fazer as colegas sorrir, com o próprio post, mais inglório dos esforços!

      Já se tem aqui afirmado que o PMS é um blog de encontros gerido pela máfia russa.

      Eliminar
    2. Hummm, estou fora (como sempre). Acho eu. (Sou colega?)

      Entre essa e a chinesa, venha a Camorra e escolha. Acho que também estou fora.

      Eliminar
    3. Ah, cara Linda Blue, só o primeiro comentário é gratuito. Depois disso não há maneira de sair. Começamos a observar sombras na orla da visão, automóveis negros de marca alemã estacionados à noite perto de nossa casa, homens tatuados, barba rija, rabo de cavalo, pulseiras de ouro, a fingir ler Proust às três da madrugada quando passamos pelos negros automóveis para ir à reciclagem...

      Eliminar
    4. Entramos em delírio, Onónimo? Diz-me essas coisas logo a mim, que quem me dá uma tatuagem, tira-me tudo? E a pulseira é só a cereja no topo do presunto, presumo. Não me assuste, que me vou já daqui.
      Já agora, acho que moro num bairro que parece uma aldeola do Alentejo profundo, só que com menos senhoras de bigode e homens de chapéu preto. Ou então, sou muito distraída, e é a esses mesmos que devo temer.
      Quanto a mim, é como lhe digo: um homem até pode andar agarrado a um manual de física quântica em esperanto, que, se não me fizer rir, nem o vejo. (E não gosto de palhaços, lá por causa do Batatinha...)

      Eliminar
    5. A exclusão mútua é o nosso eterno fardo. Se queremos agradar às mulheres que gostam de rir como poderemos agradar àquelas que, mais sisudas, só se interessam por física nuclear em esperanto?
      Escolher é, logo à partida, renunciar a uma enormidade do universo de potenciais candidatas. Que é também o erro do caro Pipoco, andar por aí em obscuras livrarias à procura da mulher perfeita, coisa que, é sabido, apenas se encontra no silêncio do mármore, em museus.

      Eliminar
    6. Nem mais! Só um escultor pode esculpir, no mármore frio, a beleza da mulher perfeita. Todos, nós, humanos somos naturalmente imperfeitos. Por isso mais interessantes...
      Escolha sempre, caro Onónimo, agradar a uma mulher que gosta de rir; por vezes, até de si mesma. Essas, sim, valem a pena ser conquistadas...Já, agora, vale a pena fazer ver isso ao PMS.

      Eliminar
    7. O Pipoco bem sabe. O Pipoco é o avatar de um computador quântico 79 anos no futuro a comunicar connosco através deste blog reencaminhando mensagens de um servidor instalado fisicamente no nepal, ninguém sabe bem onde, alertando-nos para a o advento da era da mulher de plástico e, por conseguinte, o fim da humanidade. Ocasionalmente entra em BSOD e não percebemos patavina. É-lhe difícil sincronizar o discurso para um nível tão biologicamente lento, electroquímico, como o nosso.

      Eliminar
    8. Ahhhhhhhh, quer dizer que tenho andado este tempo todo a falar pró boneco?
      Não, não e não! Prefiro pensar que o Pipoco é um bon-vivant: alguém com um charme irresistível, porém sensível e tímido.
      (nós, mulheres, adoramos os homens tímidos)
      Acredito, isso sim que, por vezes, simule entrar num estado de Blue Screen of Death (BSOD) só para se esquivar a responder.
      ( em virtude da sua extrema timidez, claro)

      PS- Gostei muito deste bocadinho de prosa, mas agora tenho de ir... sabe aonde vou? Pois, como todo o bom humanóide, com o esqueleto a ficar deteriorado, vou fazer uma TAC à coluna! Já viu coisa mais comezinha?!?!

      Eliminar
  11. Anónimo30.11.16

    achei graça ao seu post, mas o tio sabe lá o que é afrodisíaco para uma mulher. pode saber o que é para si, agora...
    vw

    ResponderEliminar
  12. Cláudia Filipa30.11.16

    - Desde segunda-feira que temos tido um post às oito, uma pessoa até começa melhor o dia...
    - Mas, mas é sempre o mesmo...
    - Pronto, tinha de ser, ó pá, esta gente! Nunca está satisfeita!...
    - Então!!! Mas não é? Mas, sim, posso dizer isto de outra maneira...seiiiiii de cooor hum, hum, cada fraaaseee hum, hum deste post, hum, hum, cada vírgulaaa...
    - Ó pá cala-te, depressa, cala-te já...
    - Então!? Estou a fazer por merecer um post, estou a cantar-lhe e tudo...
    - Mas não podes cantar-lhe essas coisas, oh, por favor! de que te serve saber o post de cor? Mas qual foi a parte em que o homem diz que ouve Miles Daves baixinho enquanto lê coisas de Herberto Hélder que não percebeste? Com leitores destes quem é que consegue sentir-se motivado...
    - Já sei! Vamos sair da caixa de comentários a cantar-lhe Emmenez-moi!
    - Boa! É isso mesmo! Achas que assim não vai resistir-nos?
    - Claro que não! Tenho a certeza de que vai pensar, ah! os meus leitores são de uma beleza estonteante! Merecem tudo, até um post novo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cláudia Filipa30.11.16

      - DAVES!? Escreveste DAVES!? É DAVIS, oh! Por favor, mas por que razão não entregaram a responsabilidade de escrever o comentário a quem disse que já sabia o post de cor?
      - Oh! E agora? Talvez não tenha reparado...
      - Não, não reparou, sabes aquilo dos pormenores não sabes? Pois...um novo post? Depois disto? Esquece lá isso...
      - Oh!

      Eliminar
  13. eu, que sou uma mulher bonita, só passo o Herberto. Parece-me sobrevalorizado. de resto o cenário é perfeito! ;)

    ResponderEliminar
  14. Anónimo2.12.16

    para mim este post é o melhor que li na blogosfera nos ultimos anos... contem uma verdade universal! obrigada!

    Claudia

    ResponderEliminar
  15. Anónimo2.12.16

    Para mim, que acompanho este blog há uns tempos, este é um post repetido pela enésima vez...

    ResponderEliminar
  16. Caraças, mas os comentários são excelentes! Falamos de Mulheres, máfia russa, Proust, sussurros do futuro, computadores quânticos, anónimos do Bloco...

    ResponderEliminar