31 outubro 2016

Ponte

Talvez o mundo perfeito fosse um mundo onde as televisões só passassem filmes de Tarantino e Burton, alternado com Woody Allen anteriores ao Vicky Cristina Barcelona e nunca transmitissem o Titanic nem o Música no Coração nem telenovelas nem programas de descoberta de talentos, os restaurantes haviam de servir os melhores vinhos a copo e nunca haveria bife nem filetes de pescada nem lombo assado nem manteiga de pacote, cada rua havia de ter uma livraria e nenhuma delas venderia livros escritos por jornalistas nem por bloggers nem de auto-ajuda, os programas de rádio variariam entre o Som da Frente e os cinco minutos de jazz, mas em emissões de doze horas sem ninguém falar, as notícias seriam sobre coisas de ciência e livros e longas sessões de análise às vitórias do Sporting, mas sem ouvirmos o Jorge Jesus nem o Bruno de Carvalho, as férias seriam em sítios com neve e as pistas haviam de ser todas encarnadas e com cinquenta quilómetros sempre a descer, alternadas com uma semana de praias onde se pudesse mergulhar e caçar um sargo para o jantar,  não existiriam blogs com coisas a saltar quando estamos a tentar ler e os bloggers não se atreveriam a dizer-nos que maus produtos são bons só porque lhes pagam, seria proibido que as bloggers escrevessem mais que um post por ano a dizer-nos que se levantaram e que regressaram mais fortes, os filhos das bloggers que foram atormentados a sua vida exposta no blog da mãe haviam de ter daqui a vinte anos blogs sobre cuidados geriátricos, onde mostrariam como colocar fraldas Lindor nas mães e onde aconselhassem e emplastros Leão, com as mães sorridentes, com os seus óculos progressivos da Multiópticas, o segundo par é grátis, ostentando sem lamúrias a sua falta de cálcio, felizmente há leite Mimosa enriquecido e Calcitron.

(boa merda, isto de começar a escrever sem saber sobre que será o post, publicar e só quando releio é que percebo que tinha aqui assunto para dois posts e só escrevi um)

24 comentários:

  1. Se me permite gostaria de fazer a ponte entre um comentário pertinente e a divulgação do meu espaço, assim uma espécie de diga lá se gosta do que escrevo,uma sondagem daquelas todas modernas, na sua caixa de comentários, se calhar tinha assunto para dois comentários, deixe lá fica assim.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lady Kina31.10.16

      Ãh?

      Eliminar
    2. Basicamente gostaria de saber a vossa opinião acerca do que escrevo, utilizando para isso esta caixa de comentários tão requisitada, com todo o respeito que este blog bem como o seu autor merecem.

      Eliminar
    3. Isto é um comentário sobre cantinhos, não é?

      Eliminar
    4. Meu caro Poeta, desafio aceite.

      (aguenta-se?)

      Eliminar
    5. Aguento, afinal a Blogosfera estava a precisar de um desafio, proponho que faça um post para avaliar a minha poesia ou outra coisa qualquer se este pedido for demasiado impetuoso da minha parte, por vezes o meu entusiasmo pela escrita leva-me a ser algo impaciente, mas tudo se arranja,acho.

      Eliminar
    6. Lady Kina31.10.16

      Sugiro, já agora, a criação de um cantinho cultural, poderia chamar-se "A Portinha das Artes", por exemplo: já temos poesia (pelo Poeta), música (piano, pela Cuca), pintura (pela Palmier)... que mais?

      Eliminar
    7. Eis aquilo a que me proponho fazer, nada mais do que elaborar um poema novo por dia durante um ano inteiro, todos originais escritos por mim, partilho aqui este desafio convosco, para quem quiser seguir,com tranquilidade.

      Eliminar
    8. Lady Kina31.10.16

      Ãh?
      (percebi lhufas)

      Eliminar
    9. Anónimo31.10.16

      Poeta, fui ler o seu blog e tenho a dizer que daqui para a frente só pode melhorar.

      Um poema por dia durante um ano?! Poesia a metro, para cumprir metas, portanto.

      Eliminar
    10. Não ligue meu caro. "Ãh?" pela cara Lady Kina é coisa que se assemelha a um beijo na face em dias de lâmina pouco afiada.

      Já deve ter reparado que o público é exigente.
      Não se deixe dissuadir.

      Eliminar
    11. Faço poesia apenas por gosto, mas gosto de desafios a ver vamos se será cumprido, espero que sim.

      Eliminar
    12. Achei a ideia genial, Lady Kina. E acho que o meu desempenho ao piano ia lindamente com os quadros da Palmier.

      Eliminar
    13. Quanto à poesia do Poeta, deixei-me de comentar poemas desde que o Dylan ganhou o Nobel.

      Eliminar
  2. Ainda bem que escreveu um post maiorzinho. Eu Estou na sala de espera do oftalmologista e esqueci-me de trazer o livro, portanto deu-me um jeitão o seu post.
    E já agora: estava a dar na televisão que está aqui para as pessoas se entreterem (coitadinhas das pessoas, que não conhecem este blogue) e estava a dar uma coisa sobre o concurso de melhor blogue do ano, achei mesmo giro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Susana, é avisar-me com antecedência e eu escrevo um post com muitas palavras.

      Eliminar
  3. Pipocante Irrelevante Delirante31.10.16

    Já me contentava com um Mundo em que a noite de cinema de Halloween não fosse preenchida com o Crepusculo, porque mete vampiros...

    ResponderEliminar
  4. Eu acrescentaria a esse mundo perfeito as sandes mistas de courato e bucho do Ze dos Couratos. Então sim, estaria em estado de graça permanente.

    ResponderEliminar
  5. Salvo uma ou outra questão que se prende com escrever livros e respetivos autores, concordo em absoluto e cada vez me rio mais com a sua snobice ou lá o que é. Adorei a parte final. Deus assim o conserve. Aquele abraço

    ResponderEliminar
  6. Eu gosto da música no coração!! Quero um mundo com esse filme.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Junto-me à Cuca, eu também!
      E, ademais, esse filme tem um excelente exemplo de gestão de equipas. Quem me dera.

      Eliminar
  7. ...isto de começar a falar sem saber sobre que será o discurso...

    o meu caro está no caminho certo para se tornar político profissional
    (ele há os diletantes...)

    ...e há certas injustiças acerca de Allen, da Antena 2 por omissão, de J.Jesus pelo sentido lírico...

    No restante está perfeito, esquecendo a injustificada ausência da etiqueta "descontos até 50%" em todos os posts.

    ResponderEliminar
  8. grande Pipoco, escrever sem ideias, quase me deu vontade de fazer uma rentrée

    ResponderEliminar