26 abril 2016

Guerra dos Blogs

A nossa Palmier, uma das mais brilhantes bloggers da sua geração, a Palmier que, quando nos conta histórias da Tia Mimi e da criada Maria das Dores, nos toca no mais fundo das memórias que nunca tivemos mas gostaríamos de ter tido, a Palmier dos cabelos ao vento em automóveis velozes, a Palmier que tanto é capaz de nos maravilhar com o detalhe do fascinante mundo da construção civil como nos amolece o coração com as tropelias da sua pequena cadela Fox Terrier, a Palmier que parece que sempre fez parte das nossas vidas, ao ponto de quase nos apetecer tratá-la por Tia Palmier, pois dizia eu que a nossa Palmier está ali numa tristeza sem fim, enroscada a um canto, a dormitar, implorando por uma boa brincadeira com alguém que seja uma referência nisto dos blogs, alguém com poderes para a tirar daquela letargia, uma sumidade capaz de a entreter com elegância, com graça, com inteligência, com criatividade, que a estimule verdadeiramente.

Que me sugerem?

9 comentários:

  1. Por mim está bem assim. Tratá-la por Tia e referir-se pequena Cutxi como fox terrier parece-me lindamente se é uma blogo-guerra que quer encetar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu apostaria mais naquilo de "blogger da sua geração"...

      Eliminar
  2. Cláudia Filipa26.4.16

    Pipoco, antes de comentar aquilo dos retratos penso ser urgente dizer-lhe aquilo que já está fartinho de saber e que eu acho desde que por aqui ando, que a Palmier gosta mesmo, mesmo é de brincar consigo, e se o Pipoco esmorece, Palmier também esmorece, e Pipoco é extremamente mau, nem àquilo do roubo do seu veículo ligou nenhuma. Faça qualquer coisa, homem, mas está à espera de quê? (talvez o que acaba de fazer já resulte)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A questão é que aquilo dos retratos está mesmo uma coisa em bom mas é este post que garantirá um pico de audiência.

      (que é isso de "roubo do carro"?...)

      (é que eu nem todas as semanas leio a Palmier...)

      Eliminar
    2. Anónimo26.4.16

      Parece-me que a Cláudia não é leitora da Palmier, caso contrário saberia que a Palmier gosta de brincar (e brinca)com toda a gente.

      Eliminar
    3. Ora, anónimo, está bom de ver que são manobras de diversão...

      Eliminar
    4. Cláudia Filipa26.4.16

      Olhe lá isso "das defesas" Anónimo, olhe que o pelouro é meu.
      Leio a Palmier anónimo, claro, mas é possível andar pelos blogs e não ler a grande Palmier? Não se preocupe, a Palmier não se vai aborrecer nada com isto e mais, sabe que tenho razão...

      (eu calculo que raramente leia a Palmier, Pipoco, deixe lá, foi uma coisa sem importância...)

      Eliminar
  3. nã sei se tenho tempo para uma guerra... pode ser antes uma batalha? algo épico, mas menos mortal...?

    ResponderEliminar
  4. Olha, canta-lhe a música do Robie Williams...

    "LET MEEEEE EEEEE ENTERTAIN YOU!"

    Se não souberes cantar faz playback que tb resulta e o instrumental até fica mais fixe...

    :)

    ResponderEliminar