28 dezembro 2015

Grandes dúvidas para 2016 nisto dos blogs

Que causa defenderão as defensoras de causas fracturantes, agora que o piropo foi criminalizado?

E a amamentação, continuará a ser tiro e queda para caixas de comentários cabeludas ou haverá quem perceba que não há tema melhor para ressuscitar um blog de mulher?

E o definhar dos blogs irónicos, que efeitos devastadores terá nas visitas dos blogs que gravitam ali à volta?

E as criancinhas, continuarão a vestir todas de igual e a despertar em nós o nefasto sentimento da vergonha alheia?

E os pais das criancinhas, continuarão a fazer de conta que aquilo não é nada com eles, que é só uma fase das mães até encontrarem uma ocupação a sério?

E os hotéis da gama média-baixa, continuarão a acreditar que é nos blogues que nos enfadam que está a sua salvação nos meses que não são Agosto?

E os blogues escritos por homens, continuarão a ter qualidade infinitamente superior aos blogs escritos por mulheres?

E continuará a haver quem creia que as bagas e as papas e o chá e as dietas da doutora não sei quê é que resolvem aquela situação das bolachas comidas no sofá enquanto elas estão alapadas a ver programas de talentos?

E continuará a haver quem ache boa ideia brindar-nos com resumos do que escreveu lá atrás e aquilo, que já não era bom em dose diluída, é ainda mais nocivo para as pessoas em geral na forma concentrada?

E continuaremos a rebolar de riso de cada vez que lemos bons conselhos para sermos felizes e termos calma, sempre a aborrecer-nos, a enervar-nos e o caralho? (ah, como esses blogs têm a capacidade de me irritar a sério...)

E continuará a haver mulheres que puxam os cabelos umas às outras em caixas de comentários e nós ali a ver aquilo e a não podermos fazer nada porque aquilo são só blogs? 

13 comentários:

  1. E as carências afectivas pululantes dos que vivem do piropo?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pseudo28.12.15

      JM, eu juro que li "das que vivem do Pipoco".

      Eliminar
  2. Um flagelo, falando por mim, não queira saber.

    (Quem diria, um post sobre amamentação aqui, hein?)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agora a sério, Mirone, que será de vós?...

      (a amamentação é um tema subliminar na minha obra, como sabe)

      Eliminar
    2. Olhe, na volta corto os pulsos. Acha?

      Pipoco, pensei que soubesse que há vida para lá dos blogs. Para lá dos blogs a minha vida continuará como tem sido até aqui (reservada, com meia dúzia de episódios partilhados só porque me apetece). Nos blogs a minha vida continuará também igual, comentarei alguns dos que leio (comento menos de 10 blogs, basicamente os da minha lista da lateral, os que me divertem - por falar nisso tenho de a actualizar urgentemente, falta-me ali uma blogger por quem nutro o maior dos carinho). O meu continuará pequenino e sobre nada, sem grandes ensaios ou pretensões. Estou bastante segura do que valho enquanto pessoa, e do que posso valer ou não enquanto autora de um blog, não dependo da aprovação de estranhos.

      Eliminar
    3. Mirone, tem um belo blog, palpitante, dinâmico, uma coisa em bom. Tudo se vai arranjar, vai ver...

      Eliminar
    4. Eu sei tirar nódoas de sangue, vai correr bem de certeza.

      Eliminar
    5. Se vir que a coisa se começa a complicar, sou menino para lhe oferecer um link ali à direita. Deus, quando fecha uma porta, abre sempre uma janela...

      (um portão dos grandes, neste caso)

      Eliminar
    6. Um portão?! Pfffff... Ou bem que cria um blog para me venerar e prestar culto ou nada feito. Olha agora um portão... Um portão, onde é que já se viu?

      (Traga a água oxigenada que tenho uma faca apontada à jugular).

      Eliminar
  3. we will always have Pipoco para nos ajudar a pôr as coisas em perspetiva. (Só me ofendeu os blogs escritos por homens serem sempre melhores do que os blogs escritos por mulheres. Há por aí pelo menos dois de homens que são muito piores do que o meu, sendo que só conheço 5 blogs escritos por homens e desses 5 só leio dois). Bonne Année

    ResponderEliminar
  4. Ainda ninguem pegou no bullet provocante dos blogs dos homens serem melhores que os das mulheres... talvez esteja subtil de mais tio pipoco :) ainda assim, se fizer as contas tipo média aritmética, acabo por concordar que os blogs masculinos batem os femininos (menos na regularidade, mais na qualidade).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Infelizmente, essa é uma realidade indesmentível.

      Eliminar
  5. Anónimo29.12.15

    é sempre bom de ver as opiniões do Pipoco alinharem-se com as das broncas da blogosfera.

    ResponderEliminar