01 dezembro 2015

De zero a cem, qual é o nível de interesse que atribuem à opinião de Pipoco a propósito do tal vídeo do senhor velhinho alemão?

(a ver se me sobe o grau de motivação com a onda de interesse que, estou certo, se gerará...)

(e, se não gerar, eu comento em anónimo e isto chega aos trezentos comentários num instantinho e ninguém percebe que sou eu a auto-motivar-me)

(não existem palavras duplamente hifenizadas, pois não?)

38 comentários:

  1. Zero. Peço antecipadas desculpas por qualquer efeito secundário desta opinião, como seja uma eventual descida de nível de auto-estima ou motivação. Mas aquilo são só anúncios e, tirando conhecidas oscilações hormonais motivados por excessos sazonais de estrogéneo, não estou a ver razões para tanto hype. Já disse que são anúncios? Para vender cenas?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É só um anúncio, para vender cenas. Que nem se vendem cá, ainda por cima. Se fosse do lídele, do sweet drop, do tio mimiro, bom, sempre podia ter uma reacção no consumidor merecedora de análise. Quando foi aquela coisa do hino de janeiro a janeiro, ninguém me apanhava no sweet drop, livra.

      Eliminar
    2. Izzie, o que me choca é o seu desinteresse numa opinião minha. Ainda que seja uma opinião sobre um anúncio que quer vender coisas que não se vendem cá.

      A sua insensibilidade é tremenda.

      Eliminar
    3. Pronto, então conte lá o que acharia de seu pai lhe pregar uma daquelas (e, de caminho, gastar parte da sua herança num enterro fake). Internamento compulsivo? Lar ranhoso? :D
      (eu e o meu pai já temos tudo combinado, vai ser uma biografia chocante e depois um lar com uma Nurse Ratched em cada esquina, que sou uma filha dilecta)

      Eliminar
    4. (considero o seu primeiro parágrafo um spoiler...)

      Eliminar
    5. Caramba, já toda a gente viu! Até eu, a princesa insensível.
      Anyhoo, eu cá tinha curiosidade em saber a sua opinião sobre a última do Picketty, que preciso de me rir. Não porque o que o P. Disse seja risível, mas porque as opiniões de conservadores me andam a divertir imenso nos últimos tempos.

      Eliminar
  2. Se não incluir as palavras lágrima, valores, solidão, comover, e derivadas, sou capaz de até ter interesse. Mas sinta-se à vontade para escrever mais do mesmo, que isto cada um sente o que sente e a mais não é obrigado, e afinal é Natal e somos todos bonzinhos e preocupados...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mirone, de zero a cem?...

      Eliminar
    2. Cem, evidentemente! Que pergunta tola, já devia saber que os seus posts só me dizem duas coisas, ou tudo ou nada.

      Eliminar
    3. Mirone, está a insinuar que algures no tempo um post escrito por mim não lhe disse nada?

      Eliminar
    4. (Ai, Pipoco, que estou aqui num dilema capaz de me pôr a ligar para a Maria Helena. Por um lado não lhe quero mentir. Por outro... depois daquele post de toda a gente querer ser gostada, caramba, também não lhe quero dar um desgosto. Podia fingir que não vi isto e deixá-lo sem resposta, mas activei a subscrição de comentários e não ficava bem comigo se não respondesse quando instada de forma directa... Bem sei, bem sei, pergunta retórica...).

      Eliminar
  3. Lady Kina1.12.15

    Ó pá, passei todo o santo dia a aspirar glaciares, que ainda não acabaram de formar-se, por isso estou uma beca desactualizada... Importam-se de partilhar sobre que raio estão a falar? velhinho alemão?!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lady Kina, infiro que o seu nível de interesse ronda os cem, portanto. Estou correcto?

      Eliminar
    2. O anúncio que anda a levar às lágrimas meio mundo.
      https://www.youtube.com/watch?v=V6-0kYhqoRo

      Eliminar
    3. Lady Kina1.12.15

      Pois se nem sequer sei qual é o objecto da sua eventual e futura opinião, é óbvio que estou interessadíssima, na ordem dos duzentos por cento, qual Black Tuesday ao contrário!

      Eliminar
    4. Lady Kina1.12.15

      Seja como for, e mesmo sem comentar (ainda) em modo anónimo, olhe que já conta com para aí para cima de uma dúzia de comentários, bem bom, não é?

      Eliminar
    5. Ora, Lady Kina, sei sempre que posso contar com as pessoas de bem...

      Eliminar
  4. Quem é o senhor alemão?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Kant, evidentemente...

      (Pipoco sabe sempre ter uma palavra pessoal para as suas leitoras...)

      Eliminar
    2. Alzheimer??!

      Eliminar
  5. Extremamente interessada em saber de que raio se fala!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nível de interesse, digamos, de oitenta e sete em cem?

      Eliminar
  6. Se é para subir a motivação, cá vai: eu estou convencida de que sou capaz de adivinhar a sua opinião sobre o vídeo do velhinho alemão, com base na informação recolhida sobre a sua pessoa ao longo destas sete décadas de blogues. No entanto, como não estou 100% certa, posso dizer que tenho 50% interesse em conhecer a sua opinião.
    (mas tenho 100% interesse em saber em quanto subiu a sua motivação no final deste post muito comentado)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas se eu arriscar, vou-lhe roubar o mote do próximo post, não é?

      Eliminar
    2. Eu posso sempre optar por não publicar antes do meu fantástico post...

      Eliminar
    3. Pois pode...
      Então vamos lá.
      Partindo de: o Pipoco gosta de pessoas em geral, gosta das suas pessoas em particular e é especialmente sensível a velhinhos e velhinhas (com ênfase nas segundas, bem sei), respeita e considera as pessoas incluindo as que não são próximas mas se lhe dirigem em particular e não é distraído quanto ao que as pessoas que passam pela sua vida fazem ou dizem,
      Concluo que: este vídeo o tocou especialmente e até talvez o tenha feito revê-lo logo de seguida, fê-lo pensar imediatamente se está a dar atenção suficiente aos seus pais e avós, se ainda os tiver, aos avós, e se sempre deu enquanto pôde, ou seja, este vídeo agradou-lhe porque o emocionou mas inquietou-o, na medida em que no final talvez lhe tenha ocorrido se os seus filhos e netos, caso os tenha ou venha a ter, aos netos, o vão deixar passar um Natal sozinho. Durante este processo não pensou que o vídeo era apenas um reclame para vender cenas como diz a Izzie.
      Em quanto acertei?

      Eliminar
    4. Hummmm...

      (cofiando a barba, ar taciturno)

      Eliminar
  7. Anónimo1.12.15

    Já não se pode mais com esse anúncio do velhinho. Confesso que por duas vezes tentei ver, mas não há pachorra. Zero, evidentemente.

    ResponderEliminar
  8. Não sei o que seja isso do vídeo do senhor alemão. Estou cem por cento interessada em ouvir a opinião do Tio Pipoco mas apenas para tentar perceber que raio é o vídeo do senhor alemão sem ter de perguntar a pessoas que depois ficam a pensar mal de mim por nem sequer saber o que é isso do vídeo do senhor alemão.

    ResponderEliminar
  9. Fui investigar o assunto. Cai sempre bem um post sobre a forma miserável como nos tentam vender coisas através da rasteira exploração da culpa.

    ResponderEliminar
  10. Zero. O assunto está bem conseguido ponto. Quem não o sente, é porque felizmente tem uma família unida.
    Eu digo que não são só os idosos que estão naquela situação.

    ResponderEliminar
  11. Anónimo2.12.15

    isso cá para mim está ao mesmo nível que o hello. é chutar para canto, bem lá no cantinho.

    ResponderEliminar
  12. Anónimo2.12.15

    Eu só gostava de saber quem é o velhinho alemão.....

    ResponderEliminar