01 abril 2013

Pipoco tem dó dos leitores que não lêem posts grandes como o que está ali em baixo e oferece-lhes um post curtinho

Ela é fabulosa. Óculos de massa pretos, não adoça o café, tom de voz a meio caminho entre voz de cama e voz de locutora da Rádio Oxigénio, de vez em quando falamos de teatro, tem Mahler no Ipod, quase me ganhou a jogar xadrez.

Hoje enviou-me uma mensagem profissional que terminava com um "smile". Era fabulosa, não sei se já tinha dito.

35 comentários:

  1. Ao passar pela net encontrei o seu blog, estive a ler algumas coisas e posso dizer que é um blog fantástico,
    com um bom conteúdo, dou-lhe os meus parabéns.
    Se desejar faça uma vista ao Peregrino e servo e deixe o seu comentário.
    Sou António Batalha, do Peregrino E Servo.

    ResponderEliminar
  2. :) :( ;) não seja tão elitista. Poderá resumir tudo num smile para deixar de a achar fabulosa? Assim acaba por morrer sozinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo1.4.13

      Ou de tédio a jogar xadrez.

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Dependerá do nível de familiaridade, mas não é incomum por aqui, onde a hierarquia é horizontal, receber emails profissionais dos meus supervisores com smileys.

      E pondo de parte o snobismo sempre inerente a este tipo de posts, saber estar não tem nada a ver com usar ou não usar smileys, mas saber com quem se tem ou não relação suficientemente informal para o fazer.

      E dadas as menções a jogos de xadrez (pois, sim), cafés e conversas sobre teatro, parece-me óbvio que não será relação estritamente profissional, pelo que, a não ser que a mensagem seja oficial e não enviada de forma privada, ou se seja adepto do distanciamento hierárquico vertical e reverente (oh sr. engenheiro, por quem sois), não me parece que seja falta de saber estar.

      Mas claro, depende sempre do contexto.

      Eliminar
    2. Luna, a nossa divergência de ponto de vista reside no facto de eu ter dificuldade em conceber que o conceito de "relação suficientemente informal" se possa aplicar a um contexto profissional.

      (nada tem a ver com snobismo nem com verticalização da estrutura hierárquica)

      Eliminar
    3. Como lhe digo, aqui as relações profissionais são muito mais informais do que em Portugal, e admito que em especial a nível académico.

      Dando um exemplo concreto, há tempos recebi mail do meu supervisor, partilhado com mais dois Professores e com outro aluno, a anunciar a publicação do nosso primeiro artigo em colaboração conjunta. Acabava com qualquer coisa como "fico à espera dos próximos 27. :)".

      Apesar do teor da mensagem ser profissional, a mensagem não pretendia ser formal, mas apenas informar as pessoas envolvidas, e que se tratam pelo nome próprio e de forma informal, que o artigo tinha sido aceite, pelo que não me parece que a introdução de um smiley seja inapropriada. Já seria diferente se fosse uma mensagem oficial dirigida ao chefe de departamento dando conta dos progressos obtidos, por exemplo.

      Ou seja, para mim tudo depende do grau de informalidade que a mensagem em si permite, o grau de privacidade - é dirigida em tom pessoal apenas a pessoas específicas com o mesmo grau de familiaridade entre si? ou é um memorando para toda a empresa? -, o teor da mesma, e o contexto em que o smiley é utilizado.

      Pessoalmente, simpatizo com o smiley.

      Eliminar
  4. Luna, reconheço que há outro pormenor relevante que nos distancia neste tema: pessoalmente detesto smiley's, nem sequer os uso em contexto informal.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo1.4.13

      Pipoco, o que você detesta são os smileys. Aquilo do apóstrofo não é para o plural, lembra-se?

      Eliminar
    2. E aqui voltamos à premissa inicial: gap geracional. A comunicação via internet popularizou-se durante o meu secundário/primeiros anos de universidade, e certas expressões tornaram-se comuns e banais, e tornaram-se parte da comunicação digital.
      Pouco tempo depois a escrita abreviada de SMSs com Ks e tal , popularizou-se, mas dado eu já não estar nessa janela geracional, não acompanhei a tendência e como tal abomino-a, nunca a tendo adoptado.
      Ou seja, até o nosso sentido estético do que é aceitável ou não é influenciado pelas modas em voga na altura em que adoptámos certos meios de comunicação, e a normal resistência em adaptarmo-nos a novas linguagens, mesmo que com apenas poucos anos de diferença.
      Possivelmente, para o Pipoco, escrever mensagens abreviadas com Ks é equivalente ao uso de smileys, para mim não.
      Posto isto, o mais importante é que as pessoas saibam ser educadas e apropriadas na sua forma de comunicar consoante o contexto, independentemente de usarem ou não certas expressões de comunicação.
      Eu nunca usaria um smiley numa missiva formal, mas não tenho problemas em usá-los em contextos informais, mesmo que em assuntos profissionais.
      Usando um exemplo mais subtil, dou como exemplo os mails que troco com o meu orientador. Se é uma comunicação corriqueira e informal, sou capaz de começar o mail com "Hi Wim", se for algo mais formal e a ser visto por outras pessoas, sempre "Dear Wim", porque aí a hierarquia deve estar patente para as outras pessoas que recebem o email e o tom informal não deverá poder parecer desrespeitoso. (e se fosse em portugal em vez de "Dear Wim" usaria "Dear Professor")

      Eliminar
    3. Ah, e só para acabar: para mim é muito mais abobinável o acordo ortográfico que o uso de smileys. antes um smiley que ler textos e tentar reconhecer e perceber o que querem dizer certas palavras, com a nova ortografia, como já me aconteceu várias vezes.

      Eliminar
    4. Luna, o tema é dilacerantemente simples. Trata-se de um mail pofissional com um smiley que me desagradou. Independentemente das convenções da comunidade académica de Leiden, independentemente da minha disfunção geracional, os mails profissionais com smileys desagradar-me-ão sempre, sejam enviados por pares, reportes directos ou indirectos, superiores hierárquicos, stakeholders, mulheres bonitas ou homens com bigode.

      Eliminar
  5. Lembro perfeitamente. Tinha a ver co Lamborghini's, não era?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo1.4.13

      Isso! Lamborghinis!
      (Um apóstrofo mal colocado pode ficar muito mal num mail profissional! Veja lá isso, Pipoco!)

      Eliminar
    2. Genitivo, Pipoco. Genitivo.

      Eliminar
  6. Obrigada pelo post curtinho.

    ResponderEliminar
  7. Era.

    Vou só aqui fazer um smile, para ficares com a impressão que sou mais nova. :P

    ResponderEliminar
  8. muito interessante, sim senhor. o Pipoco deita a perder o amor da sua vida por um maldito sorriso...

    (tivesse eu uns óculos de massa e uns cavalos em vez da égua e atirava-me já!... agora ficava aqui bem uma p*rra de um smilezinho, mas não arrisco. nem o calão arrisco.... cumprimentos.)

    ResponderEliminar
  9. Anónimo1.4.13

    Amigos eu sou uma hipopotama de oculos de massa castanhos que nao sei nada de teatro e jamais joguei xadrez mas nunca e é esta a palavra a reter, nunca usei smiles em email ou sms profissinais.... Jamais! E que fique bem claro que trato muitos dos meus clientes e todos os meus colegas de trabalho por tu. E mando-os fuder se preciso for mas jamais enviei um smile ... com disse o pipoco... saber estar! Mai nada!!! A nini das meias altas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. e este comentário ilustrou exactamente o que disse antes ao Pipoco. :) (smiley irónico)

      Eliminar
    2. Anónimo2.4.13

      Luna smiles é de putos imberbes..... nao de homens ou mulheres. Ponto. Got it? Esta é a minha opiniao claro... pode have outras...Nini das meias altas.

      Eliminar
    3. "smiles é de putos imberbes"

      :DDDDD Really?? Não esperem... Eu traduzo: Ahahahahahah!! (é que eu ás vezes esqueço-me que não sou um puto imberbe, e que sou antes uma mulher (que gosta de se achar) de pêlo na venta)

      Eu também quando me vêem cá com "carinhas"... Ui.. Boto a fugir! Nem quero saber se são inteligentes, críticos, dedicados, trabalhadores... Nada disso... "Vade retro!!"

      Ahahahahah! (Vê Pipoco como eu aprendo rápido) Ai... O que eu já me ri hoje com isto! :) (Ups!)

      Eliminar
  10. Anónimo1.4.13

    Se ele estiver mesmo apaixonado, minhas senhoras, podem ter a certeza que até de smiley's ele vai gostar, só porque sim, só porque não há como não gostar.
    ;)
    AnaB

    ResponderEliminar
  11. antes isso que um erro ortográfico!

    ResponderEliminar
  12. Tanto barulho por causa dum risonho...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo3.4.13

      Concordo Maria. Pipoco espera pela mulher perfeita e essa não existe. Entretanto, vai descobrindo pequenas e singulares imperfeiçoes para deixar a sua consciência tranquila que ainda não é aquela.
      Pipoco, fartura a mais, é o que é!!!

      Eliminar
    2. Não vejo mal nenhum no smile. Acho simpático, até. Também na faculdade cheguei a receber emails de professores com esse mesmo smile.
      Quando se escreve, não passamos o tom das palavras. Um smile no momento certo pode dar aquele tom de simpatia que simples palavras por mensagem não passam.

      Eliminar
  13. Nem de propósito... Recebi agora um mail do meu chefe (professor catedrático com idade para ser meu pai) que acaba precisamente com... um smiley!!! OMG!!! E agora?? Anos e anos de trabalho árduo e sério e agora ele vai e pespega-me com uma carinha feliz!! O que se segue?? Uma carinha com a língua de fora??
    Anda tudo louco! Estamos perdidos minha gente... Perdidos!
    {se agora eu soubesse como se faz um smiley irónico-sarcástico tudo isto tinha outra piada}

    ResponderEliminar
  14. :)) :DD \0/ ;) :)) :DD \0/ ;) :)) :DD \0/ ;) :)) :DD \0/ ;) :)) :DD \0/ ;) :)) :DD \0/ ;) :)) :DD \0/ ;) :)) :DD \0/ ;) :)) :DD \0/ ;) :)) :DD \0/ ;) :)) :DD \0/ ;) :)) :DD \0/ ;) :)) :DD \0/ ;) :)) :DD \0/ ;) :)) :DD \0/ ;) :)) :DD \0/ ;) :)) :DD \0/ ;) :)) :DD \0/ ;) :)) :DD \0/ ;) :)) :DD \0/ ;) :)) :DD \0/ ;) :)) :DD \0/ ;)
    Eu, sou fabulosa!

    ResponderEliminar
  15. Anónimo3.4.13

    Pela quantidade de icones graficos com caretas que utilizou, o/a Sexo e a idade deve ser supervisor ou professor ou aluno, ou ainda professor catedratico com idade de ser pai de alguem....

    ResponderEliminar
  16. Queres falar nos "lol"'s?

    ResponderEliminar
  17. Pipoco, o blogger mais exigente da blogosfera.

    ResponderEliminar
  18. Anónimo5.4.13

    Parece que estava a descrever um querido que apareceu no meu caminho há pouco tempo. E que após uma breve troca de sms eu até achei que o rapaz era culto e engraçado. Até que num desses sms ele escreve ''obrigadA''.

    ResponderEliminar