17 dezembro 2012

E também tenho cáries nos poucos dentes que me restam

O meu barbeiro, que é meu barbeiro há mais de sessenta anos, é um homem sensível e, nestes dias aziagos, faz um sinal discreto aos que estão no salão e todos mudam de assunto à minha entrada. Bem sei que a conversa é sobre bola e eu, com um aceno de cabeça imperceptível, agradeço ao meu barbeiro o respeito pela minha mágoa.

O problema é que todos os do salão, para me animar o dia, partilham comigo velhas anedotas, do tipo das que se contam no salão de velhos barbeiros e eu, que só quero o corte do costume e que sou de poucas falas, quase que lhes imploro que voltem ao tema da bola, que sou homem para aguentar. Quase.

10 comentários:

  1. cáries tem aquele plantel, Pipoco...

    ResponderEliminar
  2. Não está a resultar, tio Pipoco?
    (eu avisei...)

    ResponderEliminar
  3. Palmier, tudo o que se escreveu sobre psicologia invertida aplica-se a este caso.
    Não está a resultar, portanto.

    (pois avisou...)

    ResponderEliminar
  4. Esta cena do barbeiro era escusada..... tremendamente aborrecida....

    ResponderEliminar
  5. Aposto que é o mesmo barbeiro a que o meu pai vai há mais de 60 anos ;) é o barbeiro das estrelas.

    ResponderEliminar
  6. Se imaginarmos que é o Fígaro, a ida ao barbeiro será tudo menos aborrecida. Os dentes, Senhor, o Miguel Stanley compõe-lhe uma cremalheira em porcelana e ainda lhe oferece uma tarde no Chiado com um(a) personal shopper... ( isto sou eu com um sorrisinho irónico , como quem diz pois que sim...)

    ResponderEliminar
  7. Pois é Pipoco...mude de clube :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Seria o mesmo que mudar de pai só porque está doente... e isso nunca se faz!

      Eliminar
  8. A que rói as unhas18.12.12

    Para quê a campanha negativa? Deixe de prantar fotos de Veneza, ora!

    ResponderEliminar
  9. Anónimo18.12.12

    So what, o Sporting perdeu, what a big deal.

    :p

    ResponderEliminar