14 outubro 2012

Em verdade te digo, Ruben Patrick

De nada te valerá a felicidade que sentirás enquanto a observas, sorridente, volteando pela sala, levantando discretamente na tua direcção a flute de champanhe quando o teu olhar se cruzar com o dela, de nada te valerá a taquicardia que o conjunto Thierry Mugler - Jimmy Choo te causar, a vertigem do corte, a elegância do stiletto, de nada te valerá a graciosidade do cruzar de pernas nem o dares-te conta que ela sabe exactamente para que serve cada um daqueles copos, de nada te valerá a admiração pela elegância ganhadora com que ela abandona a mesa de poker, de nada te valerá o deslumbre com que a ouvirás falar-te de Bergman ou de Pamuk ou de Verdi.

Só saberás o quanto ela vale quando a vires sem sapatos de salto alto nem maquilhagem, com os cabelos molhados da chuva, a gritar-te aos ouvidos o quão imbecil és tu por quase a teres deixado escapar, a abanar-te pelos ombros para que te dês conta da urgência que é resgatá-la, só saberás quanto ela vale quando ela por fim te abraçar, tu ali no meio da rua sem saberes o que fazer e ela a levar-te pela mão, a ensinar-te o caminho, mais uma vez.

13 comentários:

  1. Enfim, piqueno RP, são só dez e um quarto e o Senhor teu Tio já te está a contar histórias de adormecer.... Se fosse a ti ia cear a um bom restaurante e usava os talheres a começar de dentro para fora... Sê ousado, piqueno , viver a vida é tabém saborear estas pequenas extrvagâncias !

    ResponderEliminar
  2. É verdade caro Pipoco.

    Se há coisas que fazem milagres numa mulher são os saltos altos e o excesso de álcool no homem! :|

    ResponderEliminar
  3. Anónimo15.10.12

    Soa-me familiar.
    Inês

    ResponderEliminar
  4. Só falta cantar "singing in the rain".

    ResponderEliminar
  5. Acho que vou ter de mostrar isto a alguém.

    ResponderEliminar
  6. Anónimo15.10.12

    Oh como suspiram as senhoras, Senhor!!

    ResponderEliminar
  7. Anónimo16.10.12

    Ao estilo das comédias românticas de domingo à tarde. Andou a ler o Diário de Bridget Jones?

    Marta

    ResponderEliminar
  8. A suspirar, outra vez. Tu escreves isto só para apareceres no meu blogue,não é? Vou sempre, à pressa sem saltos nem nada, mencionar-te no pasquim Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Ser assim, fazer tudo isso, é extenuante para elas. E mesmo assim é o que acontece.

    ResponderEliminar
  10. ...até ao dia em que eles ficam parados à chuva a vê-la fugir, desviando-se nos seus saltos, das poças, sem olhar para trás e não lhe dar a satisfação de a ver chorar.

    ResponderEliminar