27 julho 2012

Está vazio o meu sótão

Ao longo do dia, eles foram saindo, devagarinho, primeiro os mais velhos rumo a Sines, ao festival não sei quê, depois os restantes, a separação ficava selada com abraços fortes, sem palavras, eles porque a emoção lhes toldava a voz, eu porque fico sempre sem palavras quando percebo que doze mamíferos conseguem despejar por dia um frigorífico dos grandes cheio de provisões, isto para além de ainda não lhes ter perdoado terem descoberto o compartimento secreto onde guardo os Haagen Dazs no congelador, "para o ano havemos de voltar", dizem eles com as suas vozes angelicais, "nem que vocês se fodam", penso eu enquanto lhes sorrio e aceno com a cabeça que sim.

10 comentários:

  1. agora que o sotão tá vazio, o melhor é encher a cama com uma mulhiere do nuaarte caráaguu que guasta de istare à xua beeira....

    (ontem comi ostras a pensar em si)

    ResponderEliminar
  2. Toda uma descrição para no fim o remate me arrancar uma gargalhada. Muito bom.

    ResponderEliminar
  3. Madalena28.7.12

    Eu digo o mesmo quando os meus me desamparam a loja, e só são dois :)

    ResponderEliminar
  4. marina28.7.12

    olha o tio pipoco a dizer asneiras!!

    ResponderEliminar
  5. Anónimo28.7.12

    é, sem o 'dulce de leche' também ficaria muito chateada

    M

    ResponderEliminar
  6. admita lá que já está com saudades Tio Pipoco :)

    ResponderEliminar