21 fevereiro 2011

Generation gap

Ela diz-me que se nota que eu sou de outra geração porque ainda uso relógio, gosto de relógios, ela diz que o relógio é um objecto inútil, monofuncional, ninguém precisa de um objecto que só dá as horas.

Ainda tentei dizer-lhe que o meu relógio também me informa da data, mas acho que ela já não me ouviu.

13 comentários:

  1. Anónimo21.2.11

    Usar relógio é de outra geração?!

    Onde é que isto vai parar? Homens com cachecóis ridículos sem qualquer função (até no verão) é que é desta geração e com camisolas com decotes quase até ao umbigo para mostrar o peito depilado à lâmina.

    ResponderEliminar
  2. Bom então que direi eu que adoro relógios, que mudo consoante a roupa e para a praia não dispenso os meu swatch?
    É muito triste ouvir este tipo de coisas ...
    E como diz o anónimo é muito mais giro andarem de écharpe (belhequeeee que já não se aguenta) e depilados arghhhhhh

    ResponderEliminar
  3. Ela é a filha?

    Eu só saio sem relógio quando por alguma me infelicidade me esqueço.

    ResponderEliminar
  4. Anónimo21.2.11

    Escangalho-me a rir com as "máximas" da sua filha.

    Maria Helena

    ResponderEliminar
  5. Assim sendo, ela não é deste mundo... Aparentemente, eu sou de uma geração diferente da sua (tenho 28 aninhos) e adoro relógios! Inclusive, não sei viver sem relógio, possivelmente fruto da minha actividade profissional (ão é muito correcto estar a dar formação e sempre a ver as horas no telemóvel...). Mas, mesmo que tivesse outra actividade, ia gostar e usar sempre relógios... Há lá acessório mais bonito e elegante?! não, não há! :)

    ResponderEliminar
  6. Eu uso relógio, gosto e não me importo. Olha agora!

    ResponderEliminar
  7. Não vou dizer que é um objecto inútil, mas que passo bem sem ele... ai isso passo! E ao fim de 24 anos continuo a tentar achar um bom motivo para usar relógio! LOL É que eu até tenho uns giros... mas não me devo dar bem com eles! LOL

    ResponderEliminar
  8. Eu também uso relógio e gosto, é tão bom saber a quantas andamos no tempo, e quando alguém faz a pergunta "Que horas são?", em vez de parecer uma parvinha que rebusca na mala gigante o telemóvel para ver das horas e tirar tudo menos o dito objecto, faço aquele movimento giro de espasmo no braço. Simples e funcional.
    E o meu também diz a data, para não andar perdida no tempo...
    Gostei do blog, vou linkar.

    ResponderEliminar
  9. Nenhuma Srª digna desse nome deveria dizer que um relógio é uma peça inútil, acima de tudo o relógio é uma afirmação pessoal, um objecto que demonstra personalidade, e se não for nenhuma destas opções é mais do que nada uma jóia!

    ResponderEliminar
  10. Ah e esqueci-me ainda de referir que jamais Srª digna desse nome usa um swatch ou qualquer outra marca que é tudo menos marca de relógios, relógios a sério. Tá a ver Pipoco?
    Mas isso era toda uma outra discussão...

    ResponderEliminar
  11. E preenche e define um pulso.

    ResponderEliminar
  12. "Ela" deverá ter um touch screen que lhe d+á as horas e muito mais.
    São deliciosas, as máximas "deles".

    ResponderEliminar