28 abril 2020

Um post por dia até ao fim de Abril - Dia 44

Eu, que já entrei no Ganges e no glaciar de Galdhopiggen, que já tive um pé no sul e outro no norte do mundo, que já estive no Monte Branco e nos Himalaias, que já dormi nos relvados do Champ de Mars e no Bauer de Veneza, que já fui a Nova Iorque num dia e regressei no outro, que já estive em Praga e ainda era a Checoslováquia e em Zagreb e ainda era a Jugoslávia, nunca conheci uma mulher que não gostasse de maus rapazes.

10 comentários:

  1. Que tipo de maus rapazes, a tempo inteiro ou só aos bocadinhos? E... são ele os maus rapazes, ou as mulheres que conheceu más raparigas? Ah, pois, quisto não é só atirar para o ar.

    Boa tarde :-)

    ResponderEliminar
  2. O que só significa que ainda não conheceu Mundo que chegue...

    ResponderEliminar
  3. Cláudia Filipa28.4.20

    Desta vez, em vez de vir "enervar-me" "derivado" dessa temática das mulheres gostarem de maus rapazes, vou contar-lhe uma história totalmente verídica. Já estive quase a contá-la, noutras alturas desta problemática, vai ser hoje:

    Era uma vez uma boa rapariga que não achava graça nenhuma a maus rapazes, no entanto, os maus rapazes, até costumavam simpatizar com a boa rapariga. Um dia, apareceu na vida da boa rapariga, um típico desajustado James Dean, ou, mais actual, um elemento de uma qualquer velocidade furiosa da vida. Fisicamente muito parecido com Paul Newman. Típico mau rapaz, dos que faziam asneiras para irritar o pai, dos que tinham começado a fumar aos onze anos, dos que tinham fugido saltando muros de colégios e depois aparecido como se nada fosse, dos que chumbavam e desistiam de estudar, dos que tinham fugido de casa, dos que coleccionavam namoradas, dos que conduziam motas em velocidades proibitivas, nem car tuning faltava na vida deste mau rapaz, senhores, e, car tuning, é bater no fundo da azeitice, para além da mau rapazice. Decidiu o mau rapaz que haveria de sair com a boa rapariga. Insistiu, insistiu, insistiu, insistiu e prometeu à boa rapariga que, se aceitasse sair com ele uma única vez, nunca mais a chateava, e a boa rapariga poderia escolher a saída que quisesse. Foi então que a boa rapariga decidiu sair com o mau rapaz e arrumar o assunto (admite a boa rapariga que aquilo da parecença com Paul Newman contribuiu bastante para a decisão, enfim, até as boas raparigas estão longe da perfeição). Ir ao Estádio da Luz ver um jogo internacional do Benfica e a seguir comer um hamburguer, foi a escolha da boa rapariga. Bastante coerente, não foi, Pipoco?
    O mau rapaz apareceu sem o "tuning" e vestido de forma tão aprumada que ninguém diria ser um jogo de futebol o destino, é que nem estava de ténis, estava de sapatos e tão engraxados que brilhavam à distância, para além disso ainda tinha uma camisola verde por cima da camisa, verde, para ir a um jogo do Benfica, e, sim, claro, o mau rapaz era do Benfica, a boa rapariga, depois de se ter espantado, percebeu que aquilo era para, como costuma dizer-se, "puxar a cor dos olhos". Quando saíram do carro, ofereceu o braço à boa rapariga, o mau rapaz esmerou-se o tempo todo. Mas, mais surpreendente, foi, no intervalo do jogo, no meio de uma data de homens, e bem sabemos como os homens ficam embaraçados nisso de mostrar emoções no geral e, ao pé de outros homens, em particular, e, não esquecer, este era um mau rapaz, estava a boa rapariga a dizer palermices e a rir e, o mau rapaz, de repente, abraçou com força a boa rapariga e deu-lhe beijos nos cabelos, quando a largou estava da cor da canção da Fafá de Belém (coisas do Benfica). Foi, o tempo todo, um cavalheiro, o mau rapaz, e nunca mostrou nenhum sinal de frustração pelo que não aconteceu, tratou a boa rapariga com todo o carinho.
    Apaixonou-se a boa rapariga pelo mau rapaz? Não. Contribuiu o mau rapaz para a colecção de histórias bonitas, de variadíssimas temáticas, que fazem parte da vida da boa rapariga? Sim.
    Seria este, afinal, apenas um mau rapaz entre aspas? Muito provavelmente.

    ResponderEliminar
  4. Anónimo28.4.20

    Esses sempre andaram de máscara...

    ResponderEliminar
  5. Sabe porquê? Entretido que tem andado, nessa afã, ou paixão, o que quiser, de conhecer mundo, tem-se esquecido do essencial: conhecer as pessoas. Neste caso, as mulheres.

    É certo que também depende do conceito que tiver de 'maus rapazes'...

    ResponderEliminar
  6. Eu cá não gosto!
    ~CC~

    ResponderEliminar
  7. Enfim, os bons rapazes gostam das más mulheres, e o mundo continua de pernas para o ar com o sangue todo a acumular-se no cérebro.

    ResponderEliminar
  8. Anónimo29.4.20

    Que tédio.
    Não se cansa de escrever o mesmo post todos os dias?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não seja injusta. As palavras estão sempre arrumadas de maneira diferente...

      Eliminar