10 julho 2018

Agora que os meninos das grutas estão salvos...

...já se pode perguntar se sempre é o treinador, que também é monge budista, que partilha a sua comida com as crianças e as ajuda com meditação, que será o último a sair da gruta, que é um tipo impecável e bom amigo, que perdeu toda a família aos onze anos, já se pode perguntar, dizia eu, se é este rapaz quem vai pagar a conta do salvamento?

19 comentários:

  1. seria de sugerir que se ninguém pagar as despesas, se torne a mandá-los para a gruta?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que não, Ana. Isso duplicaria os custos...

      Eliminar
    2. ah... tem razão. eu e as contas...uma desgraça...

      Eliminar
    3. Ana, a minha vida é ver mais além...

      Eliminar
    4. engraçado, a minha também...excepto as contas...

      Eliminar
  2. Anónimo10.7.18

    então há de ser o moço da Tesla, que faz questão de ser notícia ao mesmo tempo dos pobres catraios e seu jovem guru valente.

    ResponderEliminar
  3. Sempre ouvi dizer que um parvo calado passa por esperto.

    ResponderEliminar
  4. ladykina11.7.18

    Consta que nem os pais das crianças, num tempo de desespero em que estas se mantinham por salvar, quiseram saber de culpar o rapaz pela situação, e vem-me agora este pedir contas?! Ora faça-me um favor.

    ResponderEliminar
  5. Anónimo11.7.18

    Então mas deveriam ser deixados dentro da gruta,à morte, uma vez que o salvamento seria muito caro? Quem paga? Terá que ser o Estado não? Afinal o papel do Estado não é esse também?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Evidentemente a operação devia ter avançado como avançou, o meu ponto não é esse. A minha questão é se ninguém deve ser responsabilizado. O que aconteceu foi uma negligência que custou uma fortuna aos pagadores de impostos tailandeses.

      Eliminar
    2. ladykina11.7.18

      É. Diz que já convocaram uma manifestação e tudo, vi no facebook: "Contra As Cheias Nas Grutas", aliás duas, que a outra é menos específica- "Contra As Grutas". Que deviam explodir com aquilo tudo e com o treinador lá dentro, que é para aprender. Acho bem.

      Eliminar
    3. A sério que já convocaram uma manifestação e tudo, no facebook: "Contra As Cheias Nas Grutas", aliás duas, que a outra é menos específica- "Contra As Grutas". Que deviam explodir com aquilo tudo e com o treinador lá dentro, que é para aprender? Caramba, ele há pessoas...
      Eliminar

      Eliminar
    4. Anónimo11.7.18

      Eu percebo a sua questão, e aos poucos a informação que chega vai dizendo que à entrada da gruta existia uma placa de proibição ( por algum motivo lá estaria) , o problema aqui é que o responsável é o tal bom rapaz, ex budista que de seu não deve ter um chavo. Até poderá ser responsabilizado por negligência agora pagar com aquilo com que se compram os melões, aí duvido.

      Eliminar
    5. Havia uma placa a interditar a entrada a partir de Julho. Acontece que os rapazes foram explorar a gruta ainda em Junho.

      Mas o dinheiro não será problema, podem descansar as pessoas preocupadas com contas. A gruta vai ser convertida em atração turística pelo governo tailandês, depois de feitas algumas obras. O valor gasto com o resgate será recuperado em pouco tempo.
      Holltwood também já prometeu um filme.

      "Vão vir charters" de dinheiro para pagar o resgate.


      (A sério?! Que desilusão...)

      Eliminar
  6. Se eu fosse a si, perguntava se o rapaz treinador poderia vir treinar o Sporting e, já agora, dar uma mãozinha à direção que está a precisar de meditar seriamente sobre que futuro pretende para a instituição ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo11.7.18

      Contas à parte este é sem dúvida o Melhor comentário!

      Eliminar
  7. Cláudia Filipa11.7.18

    O seu mal foi falar em "contas", a coisa soa logo muito fria;

    Repare, trata-se de um rapaz cheio de bons predicados, aliás, foi pelo seu post que fiquei a conhecê-los, e confesso que essa parte de ter perdido a família aos onze anos acabou logo comigo, portanto, pode emborcar-se com uma data de crianças numa gruta sem avaliar os riscos que, como veio a verificar-se, era mais que provável que pudessem vir a correr;

    Aos poetas perdoa-se tudo, Pipoco, todas as irresponsabilidades, e os poetas também sabem que, se a coisa correr mal, estarão lá os homens dos números, os que avaliam as coisas ao milímetro, os que têm de estar sempre a fazer cálculos de risco, para os salvarem, então, está lá o Estado, com o dinheiro de todos para pagar, a equipa de mergulhadores que sabe o que está a fazer, por acaso até morreu um, mas isso não interessa nada, para o filme fica só o final feliz, e o poeta que não tem culpa que existam grutas, nem cheias nas grutas, nem qualquer culpa por se ter lá ido meter com uma data de crianças.

    Caramba, o homem é um monge budista, seu insensível desalmado dos números, não ande aqui a irritar as pessoas com picuinhices!

    ResponderEliminar
  8. Anónimo12.7.18

    De notar que o treinador não levou as crianças para a gruta, mas foi o primeiro a ir procura-las quando os pais alertaram para o desaparecimento das mesmas. E o seu comportamento foi exemplar e essencial para manter as crianças salvas.

    ResponderEliminar
  9. Ora, ora, é mais dinheiro a sair do saco azul do Sporting.

    ResponderEliminar