20 maio 2018

Post escrito antes do jogo começar. Não me lixem, rapazes...

Temos então mais uma taça, não foi fácil, tivemos que aviar vários colossos, o Oleiros, o Famalicão, o Vilaverdense, o Cova da Piedade e o Aves, é claro que também aviámos o Fócuporto mas isso agora não interessa para nada, o que interessa é que este era o jogo do século, a festa do futebol, a salvação das florestas amazónicas, o espevitar da reprodução dos pandas no seu estado selvagem, o regresso dos golfinhos ao Mondego, para o mundo ser perfeito só faltava a demissão do homem, e eu envergonho-me de presidentes nossos desde quase sempre, ainda sou do tempo em que tínhamos o Sousa Cintra, naquele tempo era um empecilho, agora é quase um cavalheiro da bola, mas ganhámos e foi merecido, quem ganha merece sempre, é uma verdade válida desde que o Mourinho ganhou a Champions pelo Inter, foi bonita a simbiose dos jogadores com os adeptos, quase se misturando as funções, depois do presidente-adepto, os jogadores-adeptos, virá o dia em que teremos o presidente-jogador ou o roupeiro-presidente, tal e qual como nas famílias, todos a fazer tudo, o pai executivo a levar o lixo à rua, a mãe em licença de maternidade numa call para fechar o forecast, só nos falta o ex-presidente-adepto mas só mesmo adepto, havemos de ter saudades de saber que anda à procura da filha desaparecida mas afinal não, havemos de ter saudades daquela personagem pitoresca, a querer que os jogadores sejam seus amigos e os jogadores a tratá-lo como se fosse um tio-avô meio senil, dos que dizem coisas inconvenientes à mesa no Natal e que só queremos que seja hora de alguém o levar a casa, ganhámos, dizia eu, e isso é que é importante.

9 comentários:

  1. Cláudia Filipa20.5.18

    E agora vou ali ler o Pipoco

    Não é que esta informação interesse muito, a não ser a mim própria, e as coisas são como são, basta que me interesse a mim e a coisa dá-se, e a verdade é que já tinha saudades de ler o Pipoco. Então, gostei de saber que os dias Pipoqueanos passaram por estradas secundárias, sorriso na cara e aproveitamento do que a vida nos dá de melhor. Bem, devo dizer que não vi Kill Bill2, não sei como terão sido os créditos finais, mas, estou a confiar que esta não é uma Pipoqueana malandrice, não, confio que foi mesmo assim que as coisas se passaram;

    Agora estou na parte em que sangra um coração de Leão, todos os cuidados são poucos, mas, depois de ler, e é um texto Pipoqueano, ter saudades de, não é por acaso, pois, tendo em conta os últimos acontecimentos, que foram um terrível culminar, penso que posso dizer, sem receio de receber um rugido brutal, que sim, Pipoco, os rapazes não o desiludiram, e, sim, neste momento, creio que a atitude certa é mesmo felicitá-lo pela não conquista desta taça...

    ResponderEliminar
  2. Anónimo20.5.18

    Hã hã...

    ResponderEliminar
  3. Só por perguntar (e distrair): foi pai recentemente, Dom Pipoco?

    Então, Parabéns!!

    ResponderEliminar
  4. Era para ser muito isto, mas estamos a falar do Sporting e tudo é possível. E, claro está, foi possível ao Aves vir ao Jamor dar uma trolitada tão grande no Sporting como aquela que levou o pobre do Dost na terça-feira.

    ResponderEliminar
  5. Anónimo21.5.18

    "antes de o jogo começar"

    ResponderEliminar
  6. Brilhante. O Bruninho é brilhante!
    O FCP vence o campeonato a um sempre aturdido SLB (com o Vitória inconsolável pela *injustiça do futebol, injustiça e estupidez ao que parece) e o paspalho do Bruninho, que é paspalho sem carácter nem educação logo desde a segunda semana (ok, ok, os outros são só corruptos meio ordinários), quando falou dos glúteos do futebol made in pt, conseguiu o monopólio da comunicação social!

    O homem é genial.
    Daqueles génios sociopatas que tomam conta do asilo enquanto os notáveis o tomam por psiquiatra que bate nos outros pacientes.
    Agora que está tudo nas solitárias é que já não tem tanta piada.

    Este homem há-de ter futuro na Turquia.

    Parabéns também ao Estado pt pela completa incapacidade e desinteresse em controlar esses energúmenos das claques que têm de ser escoltados como gado para o interior dos estádios.

    Bravo!
    Viva a luta livre americana. Pelo menos são honestos. Toda a gente sabe que é na brincadeira.

    No futebol também toda a gente sabe, mas desde que o clube do seu *coração vença está tudo bem. Até vale usar saca olhos.

    ResponderEliminar
  7. A propósito, não foi o SCP que perdeu a taça. Foi o Desportivo das Aves que a venceu.

    ResponderEliminar
  8. Anónimo26.5.18

    Tio, avança com a candidatura?

    ResponderEliminar