07 novembro 2017

Nem às boas, quanto mais...

"Um homem habitua-se, não é Doutor Pipoco?", lançou-me, esmorecido, duas garrafas de mini já esvaziadas e ainda não são nove da manhã, o homem antigo, queixando-se da má fortuna.

E eu, que tinha tempo, tentei convencê-lo que não, às más coisas um homem não tem que se habituar.

7 comentários:

  1. Uma mulher muito menos <3

    ResponderEliminar
  2. Anónimo7.11.17

    "homem antigo" significa 'homem já de certa idade', ou homem de outros tempos, de outras eras, Doutor Pipoco? :DD


    ResponderEliminar
  3. um homem antigo não se queixa da má fortuna. um homem velho, sim. e habitua-se.

    ResponderEliminar
  4. Anónimo7.11.17

    Não te sabia médico. Mas, sim! Havendo tempo, também se bebia uma mini, não fossem 9 da manhã...

    ResponderEliminar
  5. Anónimo7.11.17

    A bem dizer, um homem e quem diz homem, diz mulher, não se deve habituar é a nada, não é Doutor Pipoco? Até porque, diz o povo e com razão; não há mal que sempre dure nem bem que não acabe...mais vale ir bebendo umas minis.

    ResponderEliminar
  6. O pobre homem está a fazer algo mal. Pela manhã é um bagaço, não duas mini. Diga-lhe, com um abraço do ó.

    ResponderEliminar
  7. Anónimo12.11.17

    Tio mais tio desta vida, o que o bom homem queria dizer lá à sua maneira é o que você afirma muito com a sua tirada de "as coisas são como são".

    (E porque é que eu lhe estou a dar dicas? Talvez por ter partilhado uma mini com alguém que podia ser eu)

    ResponderEliminar