14 setembro 2017

E o Tony Carreira dos blogs, quem é?

Dizei-me cá...

25 comentários:

  1. Anónimo14.9.17

    A Picante, claro...
    (não vai ser publicado, eu sei, eu sei... Uma pena.)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo14.9.17

      Ah ah ah ah ah ah ah ah

      Eliminar
    2. Anónimo14.9.17

      também voto na picante. também não vai publicar. ou então sim, a troco de um chorrilho de tretas.

      Eliminar
    3. Anónimo15.9.17

      Por causa do capachinho, não é? Até capachinho ela usa.

      Eliminar
    4. Anónimo15.9.17

      (pronto pronto, já percebi: não vale chamar nomes, nem dos mais pequenos.)

      Eliminar
  2. Ainda bem que puxa o assunto, vou contar uma coisa.
    Um dia, há uns dez anos, eu estava num lugar onde estavam também outras mulheres, muitas. E alguém mencionou o Tony Carreira. Eu emiti a minha opinião sobre a música dele dizendo coisas como "é horrível" e "não compreendo como tanta gente gosta daquilo" e afins.
    E depois levei uma estalada sem mão. Algumas das mulheres presentes indignaram-se, zangaram-se e disseram-me, bem sérias olhando-me de frente, que o TC já curou depressões com a música dele, que é mesmo verdade que ele é maravilhoso e que elas sabem bem do que falam.
    Engoli as minhas palavras, claro, pensei no que andarão a fazer alguns homens para deixarem tanto caminho livre permitindo que um Tony Carreira se tenha tornado tão poderoso, mas na verdade passei a admirá-lo mesmo não lhe ouvindo eu música alguma. O que vi na reação daquelas mulheres impressionou-me muito.

    Isto do plágio não vinha nada a calhar. Que pena.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso é o mesmo que pedir Xanax e darem-lhe um genérico.
      Faz o mesmo, mas não é o verdadeiro.

      Eliminar
    2. Cláudia Filipa14.9.17

      Tão giro, Susana, de formas diferentes acabam por acontecer-nos coisas tão parecidas. Também vou contar uma coisa.
      Também há uns anos, andava eu de férias pelo Norte, fiquei hospedada num sítio onde também estava o Tony e a sua equipa, ia acontecer, naquela localidade, um concerto do Tony.
      Decidimos ir, assim de uma forma brincalhona, todos muito armados em cool, lá íamos dispostos a gozar com a “música pimba”.
      Digo-te, há alturas em que não gosto lá muito de mim e essa foi uma delas, senti-me uma estúpida, quando vi a alegria das pessoas que estavam ali a assistir ao concerto, todas felizes por ali estar, sabiam as letras todas e ainda interagiam connosco de uma forma mesmo simpática, afinal, estávamos ali todos para ver o Tony. Penso que todo o meu pequeno grupo sentiu o mesmo ao mesmo tempo, vergonha de estarmos ali feitos palermas a fazer muita questão de mostrar que, não, nada daquilo tinha nada que ver connosco, foi assim como se estivéssemos a desrespeitar aquela gente toda, resultado, juntámo-nos à alegria dos fãs, já sem gozos parvos.
      E o Tony lá estava, todo profissional, preocupado em dar aos fãs o máximo, tudo aquilo a que tinham direito, e acessível e simpático, sem quaisquer tiques de vedeta.
      Foi a única vez que vi um concerto do Tony, mas depois deste dia, ficou-me uma simpatia, um respeito pelo homem, farto-me de brincar na mesma com as letras, mas já sem aquela intenção parva que levei para aquele concerto (e tenho pena que o Ruben não tenha feito qualquer análise às letras Tonycarreireanas e só as letras do Cid tivessem sido merecedoras de tal cogitação, ainda para mais aquele tipo de cogitação do Ruben, que tem graça sem maldade)

      Olha, sabes que mais: "Isto do plágio não vinha nada a calhar. Que pena."

      Eliminar
  3. Se fosse assim por copiar o nome mas dar-lhe outra versão... não sou cá de intrigas... mas...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo14.9.17

      Ah ah ah ah ah ah ah ah

      Eliminar
  4. Anónimo14.9.17

    É a cocó.

    ResponderEliminar
  5. Anónimo14.9.17

    O Tony Carreira dos blogs, depende, se formos pela última polémica, a MAC ou a Picante, que imitam frequentemente expressões de outros blogs. Se formos pelo culto do desgraçadinho é mais difícil. Mas talvez a das nove no blog, pela antítese, de que tudo é felicidade.

    ResponderEliminar
  6. Anónimo14.9.17

    Quem é a MAC? Caramba, multiplicam-se como coelhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo14.9.17

      no meu tempo, era a maternidade alfredo da costa. pois que agora não faço ideia.

      Eliminar
    2. Anónimo15.9.17

      Não me esclareceu mas proporcionou-me uma boa gargalhada.

      Eliminar
    3. Anónimo15.9.17

      isso é que é preciso!

      Eliminar
  7. Anónimo15.9.17

    "Às nove", claro! Mas só para quem se lembra de como aquilo começou...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo15.9.17

      foi às 7?

      Eliminar
    2. Anónimo15.9.17

      Hum... acho que é original! Ninguém cria um blog de pequenos almoços para vender workshops "yes we can" ou "aceita-te como és (pois faltou ao 1° workshop e continuamos gordas que nem umas chibas)". Agora as fotografias do blog são de facto de mãos alheias..

      Eliminar
  8. Anónimo15.9.17

    caro autor deste blogue: se mantiver este post em cima ao longo do fim de semana, ou vai ter muito comentário para não autorizar, ou vai ter aqui um recorde / um destaque / ou por aí.
    saudações
    (e nem um nome daqueles pequenos, só?)

    ResponderEliminar
  9. Eu vinha toda lampeira dizer que é o Pipoco Mais Salgado, afinal move multidões na blogosfera de atrativo que é, mas entretanto percebi que o fulcro da questão é o plágio, de maneiras que, sinceramente, não sei.

    ResponderEliminar
  10. huhuhu que se abriu uma caixa de pandora aqui!
    ninguém plagia... é tudo adaptador profissional!

    ResponderEliminar
  11. Anónimo16.9.17

    Vai guardar os comentários com o nome do adaptador só para si, Tio??!

    ResponderEliminar