26 maio 2017

Olá bom dia, sou o Pipoco Mais Salgado e venho contar-vos coisas da minha vida

Descobri que se pode ficar com fama de corajoso se fugirmos na direcção do inimigo.

Fui ao MAAT. A único quadro que percebi em condições foi o que explicava a saída de emergência.

Há uma gelataria nova no início da Rua da Misericórdia. O dono explicou-me que dá aulas na faculdade de medicina mas, com os cinquenta anos, decidiu ter uma gelataria. Fiquei a matutar que volta darei eu à minha vida quando chegar aos cinquenta anos, para além de comprar em Porsche descapotável como todos os homens de cinquenta anos. Os gelados são bons, principalmente o de caramelo salgado.

Fui jantar ao Eduardo dos Petiscos, a pensar que aquilo era uma espécie de Eduardo das Conquilhas, onde já fui feliz. Não era, nem sequer havia conquilhas. É uma bela merda, o Eduardo dos Petiscos.

Fui ao Sushi Café Avenida, mas com calças de ganga, t-shirt e barba de três dias. O serviço foi dez vezes pior e vinte vezes mais demorado do que das vezes que lá vou com o meu fato às riscas.

Agora vou correr, não tarda está a chover.

25 comentários:

  1. O que se passa com o corrector?

    ResponderEliminar
  2. Anónimo26.5.17

    Disse as palavras mágicas, caramelo salgado... Vou averiguar e, se não for tão bom como estou à espera, vou culpabilizá-lo ad infinitum.

    ResponderEliminar
  3. Que vida tão atribulada, quase me pôs a chorar :-))

    ResponderEliminar
  4. Lady Kina26.5.17

    Acha então que foi bem servido por ter levado o fato às riscas?
    Experimente lá voltar com um em condições...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lady Kina26.5.17

      (também tenho direito a comentar as rupinhas duzoutros, certo?)

      ;DDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDDD

      Eliminar
  5. O gelado de caramelo salgado é tão bom... (gostei muito deste post :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Chegou a chover? Fui correr à hora mágica, já tinha saudades e agora se deus quiser hão de ser 3 meses disto, assim haja calor. Mas o Pipoco é mais da turma que acorda cedo, não é?

      Eliminar
  6. Político
    qed há uns bons comentários atrás - acerca de coisas acerca de mulheres
    +
    Fato às riscas
    Céus! às riscas! minha Nossa Senhora...
    +
    Adepto do SCP
    óbvio disfarce

    =
    P.Portas
    (ou S. Lopes, em recurso)
    da beijoca de feira ao alegado lobbying nacional, internacional e extraterreno (é só o que ouço dizer e o que leio - escrito), especialização em submarinos e fotocópias (pobre homem, não lhe deram acções para devolver ao dobro do valor)

    mas, recordo agora, neste torpor que me apaga o espírito:
    não é hoje novamente (!) greve das profissões de desgaste rápido da função pública?

    ahhh, quando a reposição da Igualdade de tratamento (que me parece ter uma certa precedência em relação aos "direitos adquiridos") chegar à construção civil dão-nos logo a reforma aos 30.


    pronto, pronto, bem sei que estou necessitado de um alprazolam. fosse funcionário público ia já um zolpidem.

    (não, não sou vermelho, repudio essa gente iludida a oscilar para o fundamentalismo, nem sou coisa nenhuma, embora tenha um certa simpatia pela carta dos direitos humanos e pela declaração de amesterdão)

    Abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lady Kina26.5.17

      Mas essa cambada que se diz funcionar para o público em geral, portanto, para ninguém em particular, que pratica insólitos como seja recusar-se a fazer aquilo que nunca faz, ainda por cima é drógáda??!!! Fico indignada com isto, e incrédula, e revoltada, e triste, e tudo!!!

      Eliminar
    2. Não é esse o argumento minha Bela Flor.

      Que insanidade levou boa parte dos funcionários públicos (e essa praga de imbecis que enche os sindicatos, gentios que nunca fizeram nada na vida além de serem sindicalistas) a considerar que o tratamento igualitário tem valor inferior aos benefícios concedidos por miseráveis políticos na época de caça ao voto há milhares de anos?

      Não é tempo de alguém se erguer como fez o homo não sei quantos (não sei mesmo sem ir à enciclopédia - enfim, isto não dá para tudo...; bem, em rigor é melhor não saber para não converter isto em blog das bolinhas)?

      Por favor explique, assim como tiveram a caridade de explicar ao Pipoco a diferença entre jasmim e alfazema.
      Poças!

      (se apanhasse um colaborador assim na blogo a estas horas dava-lhe nas orelhas, o mandrião)

      Eliminar
    3. Lady Kina26.5.17

      Prezado ex-cônjuge virtual (ah, que saudades me inflamam agora daquela nossa Quinta e da memorável Boda!),

      fui há anos (que ainda nem fizera eu os 40 e já estava toda desgastada) proibidíssima pelo meu personal coach para assuntos do espiritual (benza-o deus nosso senhor jesus cristo) de meter-me em certo tipo de discussões que possam transcender o alcance e os limites de shows televisivos do género prós-e-contras, e negado que me foi escutar comentadores políticos, é que nem os desportivos, que não ousasse acercar-me de reuniões que pudessem vir a corromper-me algum resto de juventude mental, portanto, nunca mais pus os pés no(s) sindicato(s). Já não sei das tramóias que os movem, nem quero saber. Nem posso. Leio blogues e faço figas.


      ("blog das bolinhas"??? ehláaaaa... isso é onde?)

      Eliminar
    4. Minha Doce Virtual Esposa,

      Conheceis sobremodo esta minha, ocasionalmente penosa, predisposição para deixar ínfimas provocações implícitas nos opúsculos que me digno escrever.

      Deste sempre seu jardim, minha lúbrica Flor,
      ó

      Eliminar
    5. Lady Kina26.5.17

      "ó" digo eu-

      custava-lhe alguma coisa ter perguntado "qual boda?", custava?

      HUMPF

      Eliminar
    6. A Nossa BODA CIGANA, no Convés da Cimitarra da Formidável e Assustadora CAPITÃ CUCA PIRATA, 7 dias de rum, borga e purpurinas, sem sabermos bem com quem nos deitávamos e com quem acordávamos, espantados por ocasionalmente se tratar de pessoas diferentes?

      Essa BODA?! Mil milhões de coriscos, como poderia ter esquecido?!

      Eliminar
    7. Ex!!!! Ex esposa!!!
      Grrrrrrrr

      Eliminar
    8. Lady Kina26.5.17

      Olha quem ela é!!! Vê lá se queres que te mostre as mamas, vê!



      (Onónimo, referia-me à NOSSA boda, aquela que consumámos na Quinta do Ferreira, está a fazer confusão com o seu segundo matrimónio, razão tive eu em terminar tudo, cá agora tomarem o meu nariz pelas pernas de galdérias anarquistas!)

      (não me diga que a piada do "Boda" não é popular nos meandros da construção civil?!...)

      Eliminar
    9. Ahhh, Maravilhosa Pirata, não digo em lado algum ser apologista da enfadonha monogamia. Como tenho dito, tenho um Coração demasiado grande. Seria um desperdício ocupá-lo uma única pessoa!

      Eliminar
  7. Olá bom dia!...

    Acho muito bem que venha contar coisas da sua vida a quem vem aqui para o ler. Depois, para que serve um blogue senão para contarmos as coisas da nossa vida?
    Já me fez ganhar o dia com uma bela risada. Afinal a sua vida, Dom Pipoco, não é feita só de situações enfadonhas. Por acaso, até se assemelha um pouco à minha...

    Tenha um bom fim-de-semana.

    ResponderEliminar
  8. Anónimo26.5.17

    Fato às riscas é tão pretensioso e fica tão mal a baixinhos robustos D. Salgado. Ts ts...

    ResponderEliminar
  9. Basicamente, a obra do MAAT é igual ao Eduardo dos Petiscos =P

    ResponderEliminar
  10. Olha um post tão giro para eu copiar...

    ResponderEliminar
  11. Olhe, podia juntar tudo o que se encontra neste post e dar aulas na minha faculdade (não é a de Medicina) e fazer petiscos (mas dos bons), tipo lambujinhas ou ameijôas e distribuí-las pelos alunos. Numa escola de comunicação, ninguém levaria a mal, acredite! x)

    Estranha Forma de Ser Jornalista
    http://estranhaformadeserjornalista.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  12. Anónimo28.5.17

    Fui lá experimentar o caramelo Salgado e não está aprovado, tem demasiada manteiga. O senhor estava a fazer no balcão do fundo e fomos conversando. É simpático e tem um sorriso bom.

    ResponderEliminar