26 dezembro 2016

Nós, os grandes bloggers de referência...

...podemos expressar a nossa exasperação com o movimento de pessoas que se deslocam às nossas lojas só para ver, podemos aborrecer-nos com tanto jantar de Natal que patrões mal-parecidos  convocam para os restaurantes onde escolhemos ir em boa companhia, podemos divertir-nos observando o cidadão a adquirir bugigangas de última hora em lojas de má fama, podemos agastar-nos com a boa-vontade com prazo de validade, podemos indignar-nos com criancinhas atoladas em brinquedos sem jeito nenhum, mas, na verdade, é só porque isto da indignação dá posts razoáveis, em verdade vos digo, nós, os grandes bloggers de referência, não desgostamos disto do natal.

18 comentários:

  1. Quando li o título percebi imediatamente que não era comigo, mas não pude deixar de opinar a respeito. De facto, isto até dá para iniciar um movimento revolucionário a partir da blogosfera. Até já tenho o meu lenço vermelho preparado. =P

    ResponderEliminar
  2. Pipocante Irrelevante Delirante26.12.16

    Science 4 you is the new lego

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nada disso, é o "rebenta a bolha!". Esgotou em todo o lado...

      Eliminar
    2. Lady Kina26.12.16

      Esse não conheço. Já experimentaste o "Quelf"?

      (não fosse a confissão um tanto embaraçosa, além de inconveniente, dir-te-ia que achava que a incontinência urinária era coisa de velhinhos, mas que já não acho)

      Eliminar
    3. Pipocante Irrelevante Delirante26.12.16

      qu'é isso?
      Mas cheira a one hit wonder

      Eliminar
    4. O Rebenta a bolha? É um spin-off de um programa de rádio com o mesmo nome. Há um tema e tem de se construir uma história a partir de uma letra (ou palavra, não tenho a certeza, que vai mudando com frequência.

      Eliminar
    5. Longe vá o mau agoiro que nada tenho contra a marca, mas a Science4you vai ir ao charco em menos de dois anos. Olhai o que vos digo... (Inundaram o mercado muito rápido e com demasiada variedade. Não lhes percebo margem de progressão ou mesmo capacidade de manutenção.)

      (Continuação de Boas Festas, PMS!)

      Eliminar
    6. Não recebeste a fábrica de perfumes, foi? Ou preferias a de batons?

      Eliminar
    7. Pelo contrário Mi, tudo o que "recebi" vou ter que ir trocar porque eles já tinham...

      Eliminar
    8. Pipocante Irrelevante Delirante27.12.16

      Tocam nas portas todas, sim. E com preços estupidamente baixos, comparativamente com o início.
      Algumas empresas crescem para lá da sua real capacidade, vamos ver se é o caso.
      (até vendem um pack de jogos tradicionais, é um must)

      Eliminar
    9. Pipocante Irrelevante Delirante27.12.16

      Pois, não sei que é isso da Bolha. Mas como todas, as da internet, imobiliário, bolsa, vai rebentar e desaparecer. Como a bota botilde ou o hula hoop.
      Não comparemos com uma Instituição, como é o Lego.

      (sim, gosto de Legos, e a pequena segue o mesmo caminho.)

      Eliminar
  3. Sim, mesmo que só falem de presentes o mês inteiro, e vivam deles, e na véspera de Natal venham dizer que o que menos importa são os presentes.

    Bom Ano. Se chegarmos ao fim deste vivos, já estamos no lucro.

    ResponderEliminar
  4. Ai, sim? Pronto!...Vós, os grandes bloggers de referência ( seja lá isso o que for ) estais no vosso pleno direito...Quem comenta é porque quer e gosta!!

    ResponderEliminar
  5. Dizer mal do Natal faz parte do ar blasèe, ou lá como se escreve.

    ResponderEliminar
  6. Cláudia Filipa26.12.16

    Foram as lascas grossas de bacalhau, ligadas por bom azeite, foi a tranquilidade dos grandes momentos, foi esquecer as horas, foi o embevecimento com os que estão e também com as memórias que os que não estão nos deixam e com elas marcaram-nos para todo o tempo que por cá continuarmos, que é aquela outra forma de estar presente e foi fazer chorar pessoas com coisas escritas que saem do coração e esse choro fazer-nos feliz por ser daqueles que acontecem por bons motivos, foi a azáfama dos últimos tempos que quase fez não dar pelo espírito, pensar que este ano tinha resolvido ausentar-se e dizê-lo aos quatro redondos do mundo e depois afinal não, cá estava ele, como sempre, pronto para a celebração. Sabe, grande blogger de referência, o Natal continua a cair tão bem a esta pessoa que comenta os seus posts.

    (acompanhei as lascas grossas de bacalhau, ligadas por bom azeite, com uma mistela transformada em sumo de laranja e maracujá, o facto de ter-me sabido bem torna a situação ainda mais grave, é que, para além de ser do Benfica, também não gosto de vinho, não guardo este tipo de informação para mim só para possibilitar ao Pipoco (mais uma vez) constatar a veracidade da teoria que diz que uma desgraça nunca vem só, tratando-se de uma mulher, claro)

    ResponderEliminar
  7. Esta blogger de não-referência continua a gostar desta "coisa" da celebração do Natal.

    Continuação de Festas Felizes, Pipoco :)

    ResponderEliminar
  8. felizmente é uma só vez por ano...

    ... stivali com a minha melhor metade, exasperado com a excursão - querida, vai à frente (eu ligo o skype para ver, penso, divertido); ...fluffy, estou a pensar levar o laurent preto-estrela com umas sandálias rupert (não sei quê, estava ruído até cá fora); querida (o que é essa merda do preto-estrela, interrogo-me enquanto vejo o clima no telemóvel), traz que parece bonito, as sandálias (deus! pelo menos as sandálias!) são pretas?; são, querido (ou "são umas queridas", as putas das sandálias, não percebi naquela azáfama) ...

    ... almoçamos com os meus pais, querido?; claro que sim! (os pais d'Ela são a porra dos meus sogros, lá vou ter de aguentar o caralho do bacalhau à moda da casa e ouvir os últimos desenvolvimentos da física teórica), já está combinado (digo, com um sorriso parvo na face - como imagino ter o mesmo sorriso noutras ocasiões mais agradáveis espero que Ela não repare) ...

    ... fnac - um puto de uns sete anos com a merda de um capacete "virtual na cabeça quase me arranca a orelha direita com o fdp do drone; (foda-se, isto era bom para o meu sogro, penso) boa tarde meu caro, tem o surface pro 4 i7 de 16GB de ram com ssd de 512GB, teclado em preto táctico?; não, não temos esse exacto modelo, o senhor já considerou a alternativa apple?; (puta que pariu, não, é claro que não considerei essas merdas ibooks, iairs, itabs, e afins, quero uma merda para trabalhar que também me sirva de tablet) não, agradeço (respondo; parece que vou mesmo levar um drone... é pena que não venham armados).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ehehehehehe-- Crónica pós Natal de um marido descontente!! :)

      ( aprenda a dizer «Não», caro Onónimo...:) )

      Eliminar