04 dezembro 2016

As minhas discussões mais quase trágicas?

Tive-as quando comecei a discutir por discutir, apenas pelo gozo do contraditório, pela beleza de argumentar só para que o outro lado não ficasse sem ponto de vista.

7 comentários:

  1. Eu não digo que somos almas gémeas? Bolas! O Pipoco; teve-as. Eu, continuo a tê-las, e gosto...Divertem-me, tanto...

    (A tragédia das discussões inglórias, claro. )

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lady Kina4.12.16

      Inglório ou luminal? (a vida é uma tragédia, Toninha)

      Eliminar
    2. Ambos, Kininha. Inglório, porque não nos traz nada de verdadeiramente proveitoso ( tipo discussão acerca do sexo dos anjos) e 'luminal', se visto sob o efeito sedativo e calmante.

      Não, senhora. A vida não é uma tragédia. É uma peça de teatro que não permite ensaios...
      ...Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem plausos...Ah, grande Charlie Chaplin.

      Assim faz, o nosso sábio anfitrião...

      Bom domingo. :)

      Eliminar
  2. Faz parte da aprendizagem, ainda bem.

    ResponderEliminar
  3. todos passamos por "lá. depois criamos um blog.

    ResponderEliminar
  4. Cláudia Filipa4.12.16

    Chega aqui uma pessoa a correr, está bem que tem toda uma sequência de acontecimentos para pôr em dia, mas, oh! Hoje não é dia de última palavra, que pena, ainda para mais com a forte probabilidade da situação terminar com um sorriso que é um final que fica bem longe da quase tragédia. Oh!.

    ResponderEliminar
  5. Anónimo7.12.16

    a issochama-se "busca de sarilhos"

    ResponderEliminar