07 setembro 2015

Pipoco decide ver uma série

Após aturado processo de escolha, optei por Breaking Bad.

Gostei dos dois primeiros episódios.

10 comentários:

  1. Anónimo7.9.15

    Talvez não lhe ficasse mal um "House of Cards".

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lady Kina7.9.15

      Ou um "House" sem cards.

      Eliminar
  2. Anónimo7.9.15

    Vai ficar viciado. Não se esqueça de vir aqui deixar uma opinião no final da quinta temporada.

    ResponderEliminar
  3. Breaking Bad é uma das melhores séries de todos os tempos. Vai gostar.

    ResponderEliminar
  4. Anónimo8.9.15

    Tenho uma amiga que estando com problemas de foro psicológico o seu médico sugeriu que esta visse uma telenovela, todos os dias. Começou a seguir uma. Odiou de tal maneira que optou por uma série. Sempre ficou mais bem servida. Vou falar-lhe dessa.
    Boas séries Tio.
    VW

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo8.9.15

      Não é por nada, mas penso que o Breaking Bad não será a melhor série para quem está com problemas do foro psicológico ....

      Eliminar
  5. Aprecio outras mas cada um lá saberá melhor!

    ResponderEliminar
  6. Anónimo8.9.15

    House of Cards.

    ResponderEliminar
  7. Pitch fabuloso, interpretações upa upa, grandes momentos, falha horrores nos fechos de temporada. Tem episódios com realização de mestre. Momento wiki/imdb: os mais violentos são realizados por uma mulher que, segundo o meu wiki/imdb pessoal, é a melhor no género (e mal a via na ficha técnica anunciava que naquele episódio haveria sangue).

    Já agora, secundando alguns leitores, também aconselhava o House of Cards, que me parece ser talhadinho para Pipoco :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo8.9.15

      Coroemos os anónimos de glória por terem estereotipado o tio. Como primeiro anónimo/anónima mauzão/mázona a sugerir "House of Cards" ao adorado tio pipoco, reservo-me o direito de contradizer a escolha. O tio nunca se identificaria com o personagem principal que se auto-intitula de "white trash".

      Mas ambos amam ter poder e o seu valor, arrisco a constatar. Ambos exercitam a "leitura" de pessoas com um propósito prático (oh, deixe-me ficar a pensar que sim). O tio ainda exibe uma certa filosofia materialista do qual o outro já nem necessita, mas são detalhes, somente detalhes. Tal como você gosta.



      Eliminar