15 maio 2015

Resumo

As miúdas mereciam um enxerto de porrada, as miúdas já tiveram a sua dose e estão arrependidas, os pais das miúdas é que são os culpados porque não lhes deram educação, os pais das miúdas é que são os culpados porque não lhes deram porrada, os pais das miúdas não têm culpa nenhuma e são gente de bem e estão de rastos, as miúdas deviam ir para um internato, as miúdas deviam ter uma nova oportunidade, se o miúdo fosse meu filho eu ia à Polícia, se o miúdo fosse meu filho eu ia atrás das miúdas para lhes dar uma coça, o miúdo fez bem em não se defender, o miúdo nem se tentou defender, o miúdo alguma coisa deve ter feito, as miúdas não tinham noção da gravidade do que faziam, as miúdas sabiam bem como era grave e até paravam a porrada quando pressentiam alguém, a escola é que tem a culpa, os pais é que têm a culpa, a sociedade é que tem a culpa, as redes sociais é que têm a culpa, eu nem consegui ver mais que dez segundos que quase tive um afrontamento, eu não vi mas contaram-me.

Eu acho que os telemóveis não deviam ter câmara de filmar.

12 comentários:

  1. Só faltou que "no meu tempo não havia disto".

    ResponderEliminar
  2. Pipocante Irrelevante Delirante15.5.15

    Ninguém disse que se calhar o puto estava nos preliminares a la sombras de grey? E que levar umas lambadas de uma moçoila é o sonho erótico de qualquer homem?

    PS: faltou o "os pais das miúdas é que são os culpados porque lhes devem ter dado porrada,"

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que é estranho ele não se defender lá isso é ...

      Eliminar
  3. Eu acho mesmo que elas deviam ter acompanhamento psicológico.

    ResponderEliminar
  4. Anónimo15.5.15

    A única diferença entre o "nosso tempo" e o hoje é precisamente essa: os tlm com câmara de filmar. O resto, continua precisamente igual.

    ResponderEliminar
  5. Anónimo15.5.15

    Tio, faltou no seu post o item: Moral da história:
    "A culpa é dos pais, porque os filhos não pediram parta nascer".

    Agora a sério, não se pode criticar a violência, com violência, mas que lhes faltou umas palmadas em pequenos, lá isso foi.
    VW

    ResponderEliminar
  6. Anónimo15.5.15

    Os telemóveis não deviam filmar, só fotografar... aquilo (ou quem) a gente cá sabe...

    ResponderEliminar
  7. É certo que episódios de bullying sempre existiram, no entanto duvido que tenham ocorrido com a intensidade e gravidade com que nos últimos anos invadem as nossas escolas.
    Apesar de discordar categoricamente com a divulgação dos rostos dos jovens envolvidos, em alguns meios de comunicação. Acho importantíssimo este debate social, para consciencializar a sociedade de uma realidade que à muitos anos preocupa quem com estes jovens trabalha.
    A vítima em causa não se defendeu porque eram 8 contra 1, porque o medo paralisa e ao não reagir talvez o deixassem em paz, mais depressa. E é este medo que fortalece o agressor.
    Trabalho com “rufias” e adoro-os, são na sua maioria meninos perdidos, com poucos valores morais, aquilo que eu chamo “folhas ao vento”.

    ResponderEliminar
  8. raios, 'no meu tempo' não havia telemóveis...

    ResponderEliminar
  9. Eu acho que gosto de ler o seu blog...

    ResponderEliminar