27 abril 2015

Lamborghinis roxos

Sonhei com o concerto de Aznavour. Havia velhinhas com andarilhos que me perguntavam onde ficava a porta de embarque e cavalheiros que tiravam as dentaduras e depois, só depois, sorriam para mim. Uma senhora ao meu lado cantava "Halellujah" e eu tentava dizer-lhe que "Hallelujah" não era de Aznavour e uma amiga de velha senhora batia-me com uma bengala com um leão encastrado no punho e depois Aznavour cantava mesmo "Hallelujah" e a velha senhora ria-se para mim, desafiadora, enquanto a amiga continuava a bater-me com a bengala. Um segurança perguntou-me o que fazia eu ali, que ali só entrava quem tinha problemas de próstata, que eu podia ouvir o concerto na Rádio Renascença. E passavam anúncios da Lindor, e não eram chocolates, e cheirava a pasta medicinal Couto e a Vicks Vaporub e a rebuçados do Dr. Bayard.

Se calhar não vou, isto nunca se sabe.

11 comentários:

  1. "Deslargue" as velhinhas, Pipoco.
    (Mas o que me intriga mesmo é como é que o segurança sabia que o Pipoco ao tinha problemas de próstata. Querem ver que aquilo dos setenta anos de blogs é só conversa e afinal o Pipoco é um adolescente acneico?)

    ResponderEliminar
  2. Então e os rumores do velho gordo e careca, são só isso, rumores? Andei iludida este tempo todo? Diga-me ao menos que se quisesse já podia ser eleito PR... um adolescente é que não.

    ResponderEliminar
  3. Só para poder dormir descansada:

    Minha querida senhora, olhe que é bem capaz de estar enganada, ouça o jovem simpático. Não é Aznavour que canta Halleluhja, é o António Sala.

    ResponderEliminar
  4. Depois do 25 de Abril do ano passado, por causa de uma coisa que já não me lembro o que foi, convenci-me que Pipoco é rapaz para 37 anos. Era. Agora 38. Não lhe dou mais. Acertei, não acertei?

    ResponderEliminar
  5. Meu Deus, onde é que se meteu o Ruben?

    ResponderEliminar
  6. Isto com a bengala e a dentadura tem qualquer coisa de Pnin :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu sabia, tinha de haver um careca :D

      Eliminar
  7. Cláudia28.4.15

    Se estiverem lá muitas velhinhas vão olhar para si como o neto que gostariam de ter, porque os delas seriam incapazes de as acompanhar a um concerto de Aznavour e hão-de aprovar que sim senhora que rapaz com gostos tão diferentes e refinados e uma delas não deixará de salientar a ausência de problemas na próstata, garantia do senhor segurança e será secundada por um coro de crescente admiração, depois choverão convites para um chá com o intuito de tomar conhecimento com as respectivas netas. Vão oferecer-lhe rebuçados do Dr. Bayard, (quando era pequenina, muita tosse que não tinha curei graças aos Dr. Bayard que os meus avós me davam com todo o amor e carinho). O cheiro a Vicks Vaporub vai fazer-lhe bem às vias respiratórias e Aznavour.... cantará Alléluia.

    Vai sair desse concerto com um sorriso e com os bolsos cheios de rebuçados.

    ResponderEliminar