06 dezembro 2014

É chegado o tempo

É chegado o tempo em que as dos blogues nos dão sugestões para presentes de Natal, calha eu não conhecer ninguém que compre o que quer que seja por ter lido num blog que sim senhores, a coisa era recomendável, talvez seja meu o defeito, na verdade não conheço mais do que cinco pessoas que frequentem blogues, é chegado o tempo dos posts de boa vontade, do tempo da partilha e da tolerância, tudo com prazo de validade, é chegado o tempo em que as dos blogues desejarão boas festas a todos e as caixas de comentários se encherão de harmonia e boas intenções.

E eu, sem desfalecer, sozinho nesta luta de tentar perceber as mulheres. 

12 comentários:

  1. Vamos todos ser amigos.

    ResponderEliminar
  2. É chegado o tempo...dos pombos!

    ResponderEliminar
  3. Sugestões para presentes de Natal … se seguirem a minha o Natal será no mínimo “bombástico”!

    ResponderEliminar
  4. Ora ora caro Pipoco. As Mulheres são como aquelas equações sem solução algébrica. Não foram feitas para se compreender. Os Homens, pelo contrário, são como a tabuada.

    Abraço.

    ResponderEliminar
  5. Anónimo7.12.14

    Esse " calha" é tão deselegante...
    Eu sei que muitas das dos blogs usam a palavra, mas é tão pouco assortie á ideia que quer dar ...deve eliminá-la.

    ResponderEliminar
  6. :), uma provocação com um pequeno isco. estes anónimos...

    isto está demasiado quiescente, até para o meu olfacto. o meu caro não quer adicionar um pombo correio à minha já desmesurada lista de caça?
    (que é feito das fotografias mãe-natal em perfil victoria secret? já ninguém quer saber da Beleza da Mulher? é só pombos, poças...)

    ResponderEliminar
  7. Se elas soubessem que eu, e quase todas as minhas amigas, e colegas, e cunhadas e primas e enfim, mulheres, compramos as prendas de Natal no verão, pelas feiras do Alentejo, de Azeitão, feiras de artesanato de Nisa e tantas outras de camones que param ali por serras de Monchique, escusavam-se ao trabalhinho.

    ResponderEliminar
  8. Anónimo7.12.14

    Não desfaleça, continue.
    Um presente: http://www.lettersofnote.com/2014/06/a-string-of-veritable-psychological.html

    ResponderEliminar
  9. tentar perceber as mulheres no mês de dezembro, a partir de publicações conjunturais, não me parece boa ideia.

    ResponderEliminar