12 agosto 2014

E está tudo muito bem

Todos os anos, por esta época, desaguam quinze sobrinhos no meu sótão. Chegam de todas as partes do mundo, os pais trazem-nos até cá e saem com um sorriso nos beiços, acreditam sempre que me arrependerei, que clamarei por ajuda a meio da semana. Dez anos de semana dos primos, os mais velhos já bebem do meu vinho ao jantar, os mais novos, em silêncio, escutam as conversas filosóficas que se estendem pela noite dentro, até adormecerem, cansados de bicicletas e canoas e jogos de vólei. À noite, no sótão, folheiam os meus livros até escolherem o que lhes apetece e eu fico ali embevecido a pensar que tenho sorte em ter quinze sobrinhos no meu sótão a ler os meus livros.

7 comentários:

  1. Anónimo13.8.14

    Só é pena beberem, e V. Exª. ser o exemplo. Extraordinário seria não beber, assim, são só mais uns.

    ResponderEliminar
  2. Anónimo13.8.14

    Tio Salgado, parabéns pela sua coragem. Eu com 3 sobrinhos já me vejo aflita. imagine 15.:)
    O que vale é que, quando ficam comigo, á noite quando se vão deitar, estão tão cansados_como eu_ que nem conseguem ler nada.
    Beijinhos e boas leituras.
    VW

    ResponderEliminar
  3. Aceita por aí mais um? :-D

    ResponderEliminar
  4. é por estas e por outras que ainda vou sendo uma "crente". Mesmo, em tempo, algum o assumir com todas as letras.

    ResponderEliminar
  5. Oh p'ra mim cheia de invejaaaaa!
    Sobrinhos, só os emprestados, mas ainda são pequenos demais para ficarem comigo e sótão não tenho ;)

    ResponderEliminar
  6. Anónimo15.8.14

    Uau! Quem tem sobrinhos, tem tudo. E quem tem sobrinhos com estantes cheias de livros num sótão, tem mesmo tudo! (Esconda algumas obras preciosas para eles as encontrarem e lerem às escondidas),

    ResponderEliminar