10 julho 2014

Pipoco pergunta

Será mais respeitoso, para com quem se dá à maçada de comentar, não responder de todo ao gentil comentário ou responder com "dois pontos, fechar parêntesis", "Lol" ou mesmo "ahahahahahahah"?

36 comentários:

  1. Anónimo10.7.14


    _(▒)(▒)_______███✿███
    (▒)(█)(▒)__ ███_✿██████
    _(▒)(▒)___██____████████
    _________██____███▒▒▄▒▒
    __________██____█▒▒▒▒▒▒
    ___________██____ █▒▒▒♥___(▒)(▒)
    ____________██_____▒▒____(▒)(█)(▒)
    __________ __██____▒▒______(▒)(▒)
    _________________ ▓▓▒▒▓▓___█
    ________________ ▓▓▓▒▒▒▓____█
    _(▒)(▒)_________ ▓▓_▓▓▓▓▓___█ (▒)
    (▒)(█)(▒)______ ▓▓__▓▓▓▓▓___█(▒)
    _(▒)(▒)_____ _▓▓__ ▓▓▓▓▓___ █
    ___________ ▓▓___▓▓▓▓_▓___█
    __________ ▓▓___▓▓▓▓__▓▓__█
    _________ ▓▓___███✿█__▓▓_█
    ___♥▒▒♥▒♥▒♥▒♥▒♥▒♥▒♥ __▓▓_█
    ___ ♥▒♥▒▒♥▒♥▒♥▒♥▒▒♥▒♥__▒▒▒
    ____ ♥▒♥▒▒♥▒♥▒♥▒▒♥▒▒♥▒___█
    ______ ♥▒▒♥▒♥▒♥▒♥▒♥▒▒♥▒♥_█
    ________ ♥▒▒♥▒▒♥▒♥▒▒♥▒▒♥▒♥
    ___________♥▒♥▒▒♥▒▒♥▒▒♥▒▒♥▒
    _______________▓▓_▓▓
    _(▒)(▒)_________▓▓_▓▓
    (▒)(█)(▒)_______▓▓_▓▓
    _(▒)(▒)_________▓▓_▓▓
    _______________▓▓_▓▓
    _______________▓▓▓▓
    _______________▓▓▓
    ______█████████
    ________██____██
    ______█✿█____██
    ______█_______██
    ______________█✿█
    ______________██__█▄▄

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo13.7.14

      Ó pá, isto está o máximo! Muito bom!

      Eliminar
    2. Anónimo14.7.14

      Finalmente, alguém que dê valor às 32 horas de labor! Agradecida, anónimo. Do Patrão, nem um obrigado. Devia ter-me ficado pelos Lol ou pelos :))))

      Eliminar
    3. Está mesmo muito bonito, obrigado.

      (lá por não ter dado retorno, não quer dizer que não tenha ficado aqui a tentar perceber como se faz a coisa...)

      Eliminar
  2. Caro Pipoco, qualquer resposta é potencialmente respeitosa. Cada um dá o "feedback" à sua maneira. Eu, pessoalmente, só não gosto da versão "lol", mas por acaso não a tenho visto pelos (poucos) blogs que leio.
    Abraço e um belo dia para si.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Susana, responder sempre, mesmo que não haja nada a dizer, sempre usando a mesma fórmula de resposta, pode ser tão deselegante como não responder de todo.

      Outro abraço.

      Eliminar
  3. Responder, obviamente! (E comentar nunca poderá ser uma maçada.)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Responder, não importa o quê? Só para dar feedback? Mas feedback de quê?(tem o efeito de aumentar o número de caixas de comentários, isso sim...)

      Eliminar
    2. Resposta cínica: Responder com um :) significa que se sorriu, responder com um "ahahahahahah" significa que se riu com intensidade proporcional ao número de caracteres utilizados...

      E sim, eu dou feedback sempre que me é possível, retribuindo a gentileza (se é "maçada" não se comenta, simples!) de quem me comenta. Tal e qual como respondo quando falam comigo num elevador, posso falar mais ou menos, posso só dizer bom dia ou só sorrir. Mas, por princípio, não deixo ninguém a falar sozinho. Para mim é gentileza. Nada mais.

      Agora o que eu gostava mesmo mesmo de perceber é a vantagem de, num blogue pessoal sem qualquer tipo de aspiração a nada de maior, se "aumentar o número de caixas de comentários". Isso era o que eu gostava que alguém me explicasse...

      Eliminar
    3. Comentar não será nunca uma maçada, já o tinha dito a NM. Concordamos. Responder por responder, em modo automático, não vejo mérito. Muitas vezes o comentário esgota-se em si mesmo: "tu escreves, eu discordo, digo-te porquê, fim de processo".

      (também não sei, mas às vezes aparecem por cá pessoas que me lembram que não tenho muitos comentários e eu fico a pensar que talvez seja coisa de muito valor)

      Eliminar
    4. Não é "responder por responder", quando nada há a acrescentar (como é o caso de uma boa piada ou de um comentário que nos faz sorrir) é só mesmo isso... Responder para mostrar que apreciámos o gesto. Lá está, para mim isso é ser-se gentil. (Mas eu sou uma criança de tenra idade nisto dos blogues... Percebo tanto disto como de lagares de azeite.)

      (Pois... Permita-me, ancião, a ousadia, mas se calhar fica a pensar mal...)

      Eliminar
    5. Talvez seja como diz, NM. Talvez o meu problema seja achar que responder fora de tempo resulta em requentado e, como na maioria das vezes só consigo responder fora de tempo, acabo por não o fazer. Por outro lado, acredito mesmo que isto de ter um blog é coisa solitária. E, finalmente, convivo bem com o silêncio, com não ter nada para acrescentar.



      Eliminar
    6. Cada um fará como melhor lhe aprouver, estimado Pipoco. Para o que não poderá haver espaço é para a presunção (superficialidade?) de se achar que quem faz diferente está errado.

      Eliminar
  4. Não seja castrador, Tio Pipoco! Sempre a tentar evitar que o pobre comentador revele os seus verdadeiros sentimentos.. :(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Pobre"??!! Eh pah, fala por ti!

      Eliminar
    2. Anónimo10.7.14

      Também acho. Fale por si.

      Eliminar
    3. Pelo contrário, Palmier. Os comentários, na sua maioria, são importantes. Não tanto na perspectiva de um seu post dos últimos dias, mais pela troca de ideias e de pontos de vista.

      Eliminar
    4. Tio Pipoco, julgo que a perspectiva é a mesma, se bem que, no post que refere, foi levada ao extremo. Ou seja, eu existo sem o blog (acho eu…:D), o blog é que não existiria se não fosse lido e, para mim, não teria qualquer graça se não fosse comentado. Não pelo número de comentários, que não é minimamente relevante, mas pela interacção que esses comentários permitem. Ou seja, a tónica está na troca. Agora… a moeda de troca varia de blog para blog… uns trocam de ideias e pontos de vista, outros trocam lágrimas… eu gosto de trocar gargalhadas.

      (e, sempre que posso, gosto de retribuir a gentileza a quem me faz rir, quanto mais não seja com o malfadado smile...:)

      Eliminar
    5. O problema é que, no meu caso, se tornou quase uma imagem de marca (para mais, aderente à persona...) não responder a comentários quando a verdadeira razão é achar que ou se responde na hora ou já não faz sentido. (falo de responder a comentários estimulantes, bem entendido)

      Eliminar
    6. É um estilo que lhe fica muitíssimo bem! :)

      Eliminar
    7. Anónimo10.7.14

      graxista !!!!!

      Eliminar
    8. É o que penso... Enquanto nos outros blogs nós voltamos para ver o que nos responderam, aqui voltamos para ver se, porventura, nos responderam...

      (por que razão havia de vir aqui dar graxa?!)

      Eliminar
  5. Não sei se lhe interessa grandemnete, mas digo-lhe que nas respostas aos meus comentadores e nos meus próprios comentários tanto uso "dois pontos fechar, parêntises" como ahahahahahahahahahahhahahhahahah, o LOL é que já não me agrada tanto, dependendo do grau de informalidade que tiver em mente - que normalmente é elevado.

    (Mas que raio de pergunta é essa, homem do Senhor? Pois não faz só o que lhe apetece, umas vezes responde, outras vezes não? Olha agora a perguntar se é mais respeitoso ignorar ou responder com LOL? Este mundo está roto, chove nele como na rua!)


    :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mirone, era uma pergunta para efeitos estatísticos. Naturalmente.

      Eliminar
  6. Anónimo10.7.14

    Depende. Em se tratando de comentar o post da estagiária das fotocópias só pode mesmo ser com muitos AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH AH

    ResponderEliminar
  7. A minha singela opinião: Se o blogueiro faz um blog para interagir com os leitores, porque raio não há de o blogueiro responder a essa interação? O Pipoco faz uma coisa que eu por acaso não gosto, que é o de não responder aos comentários que lhe são dirigidos. Ninguém gosta de ser ignorado. Se lhe dou os bons dias gosto de receber os bons dias. Agora a forma como dou os bons dias, (que é o mesmo que dizer da forma de responder a comentários) é cá comigo. Posso dar-lhe um valente chapadão nas costas à zé dos quintais, posso sorrir, fazer um coração com as manitas, posso apertar-lhe os dedos num passou bem até os partir, posso até dar-lhe um cuspo. Mas dou-lhe os bons dias.
    Bom dia Pipoco.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A maior parte das vezes não respondo a comentários, Uva Passa. A razão é simples: falta de oportunidade. isto é mesmo só um blog e acontece que nem sempre me é possível responder em tempo real. Às vezes tento (felizmente há aeroportos e sítios onde tenho que esperar), mas tenho que deixar o processo a meio, o facto de responder a comentários faz com que surjam novos comentários, uma espécie de efeito secundário.

      Acredite que há muito com quem gostaria de ter uma boa troca de argumentos.

      Boa tarde, Uva Passa.

      Eliminar
  8. o cunhado do contundente10.7.14

    Os seus verdadeiros sentimentos, sim senhor! Como disse a Palmier, e muito bem!
    Dois pontos e fechar parênteses revela muito do coração sincero que dedica um simpático sorriso de verdadeiro apreço.
    Acho que algo de muito insólito perturba o passado discernimento de que o caro Pipoco já nos vinha habituando.
    Ia recomendar umas férias relaxadas, mas infelizmente e com grande pesar meu nem isso posso fazer que o Sporting vai começar a jogar e o Bruno a falar dos pontos roubados antes de começar, de modo que, sugiro-lhe para começar, despeça a estagiária.

    ResponderEliminar
  9. Como se o nosso Senhor Pipoco , o mais Salgado se incomodasse algum dia com pormenores insignificantes como esse... LOL :) ahahahah

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Talvez não pareça, M Roque, mas eu sou uma alma sensível, que se incomoda com estes pequenos nadas.

      Eliminar
  10. Cláudia10.7.14

    Este comentário não quer resposta, pura e simplesmente porque não seria sincera uma vez que nunca me respondeu antes.
    Percebi muito bem o seu ponto de vista e depois, nas suas respostas que li,percebi ainda melhor, achava que não respondia só para aparentar um certo ar de inatingível, acima dessas coisas e achava isso, pura arrogância, porque a gentileza venha da forma que vier é sempre bem vinda, pensei que fizesse da não resposta o seu estilo. Os donos dos blogs que visito, para além do seu, que são poucos e que escolhi por serem os meus preferidos e quando os visito, é porque faço mesmo questão, porque são mais um prazer na minha vida, são raras as vezes que não me respondem e mesmo com uma troca de ideias e isso, estabelece uma certa ligação entre as pessoas, mesmo sem as conhecermos de lado nenhum, cria-se um vinculo, mesmo que virtual e isso é bom, é bom trocar ideias com quem gostamos de ler e que por isso admiramos e também, cabe-nos a nós, que comentamos, ter o bom senso de não querer suscitar um diálogo que nunca mais acaba se não vocês não faziam outra coisa. É pois tudo uma questão de peso e medida, mas, gostei de saber, que não é pelo que eu pensava, que não comenta. E só um aparte, adoro ler os comentários das outras pessoas.

    ResponderEliminar
  11. Melissa10.7.14

    Bom, eu acho que responder aos leitores/comentadores é um gesto de gentileza e educação. Eu gosto de ver a interacção entre os quem escreve e quem lê. Não quero dizer que, por um lado, é necessariamente indelicado ou rude quando não faz ou, por outro lado, que que todos mereçam resposta. Pode não responder porque teve outros afazeres e simplesmente não houve tempo, oportunidade. Por outro lado, se eu tivesse blog talvez não publicasse certos comentários mais, digamos, rudes mas se o fizesse não me daria ao trabalho de lhes responder - demasiada atenção a quem, lamentavelmente, descobriu a loucura de comentar em blogs.

    Mas não acho que responder um simples "dois pontos, fechar parêntesis" ou um "ahahahahahahah" seja equivalente a responder "não importa o quê" (não gosto do LOL - se tem assim tanta piada, riam-se...) Acho que, simplesmente, reflecte a nossa reacção e perante a ausência da expressão não verbal nos comentários, colocar um ":)" ou o "ahahahahah" representa isso mesmo.

    Agora, por vezes acho que a ausência de interacção entre os dois lados se deve à superioridade que um deles julga ter face aos restantes. E disso é que eu não gosto mesmo nada.

    ResponderEliminar
  12. Anónimo10.7.14

    Creio que ainda há um ponto a ter em consideração, mas não sei se é arrogância da minha parte : grande parte das vezes os comentadores comentam-se uns aos outros, e muitas vezes sem terem em atenção o post inicial. Não vejo que o autor tenha que intervir nestes pequenos diálogos (às vezes micro-dramas....), independentemente dos aeroportos, portos e estradas, relatórios e tempo fora de tempo. Acho que está tudo bem como está.
    (btw sou uma das anónimas que de vez em quando me preocupo por ter poucos comentários, mas esta preocupação não tem nada que ver com estatísticas ou comparações. É um estado de alma !!)

    ResponderEliminar
  13. e um manual de etiqueta sobre o assunto? haverá aqui uma janela de oportunidade? (expressão muito em uso) enlencavam-se umas quantas regras básicas, acrescentavam-se uns desenhos, convidam-se pessoas credíveis para dar a sua opinião, e ainda se encomendava um estudo sobre o tema. não comentar é da vontade de cada um, haverá razões para tal, eu respondo apenas porque o movimento é pouco e consigo fazê-lo atempadamente, mas percebo que o responsável por um blog muito movimentado, evite fazê-lo, pois se responde a um comentário, ver-se-á obrigado, por gentileza, responder a todos. boa noite!

    ResponderEliminar
  14. Anónimo11.7.14

    A anónima pergunta: o que é um comentário estimulante, Tio Pipoco?

    ResponderEliminar
  15. Anónimo11.7.14

    Vai esperando sentada.

    ResponderEliminar