25 julho 2014

Microconto

Era uma vez uma sala fechada com nove homens com gravatas Hermès e botões de punho Dunhill, a média de idades era de setenta anos e era por eu lá estar, se eu não estivesse era de oitenta e dois, e liguei o Bluetooth e, entre os dispositivos detectados como "Burnay da Fonseca", "Athayde de Mendonça" e "Mathias Meyrelles", havia um "Coisa mais Fofinha".

15 comentários:

  1. Aposto que o fofinho não teria menos que 80 anos...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eu acredito que terá sido o netinho que baptizou o telemóvel do avô...

      Eliminar
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar

    3. Netinho maroto...

      (sabe que 2015 me vai dar um de presente?)

      Eliminar

      Eliminar
  2. Anónimo25.7.14

    Era o Ulissinho.....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo25.7.14

      Agora que lembra, que é feito do Ulissinho ?
      (mais velho, como todos nós, que o tempo passa para todos, etc e tal, mas fora isso ? )

      Eliminar
  3. Anónimo25.7.14

    Ai valha-me Deus, então esses th e y e ll não têm botões de punho de Família ? Como se diz por cá, só desilusões, a minha vida são só desilusões....
    ( serei naïve ???)

    ResponderEliminar
  4. Bem sei, larguei um naif por aí. Acontece.

    ResponderEliminar
  5. Não se iluda Pipoco. Foi a amante brasileira.

    ResponderEliminar
  6. Lá vou eu fazer contas à idade do Pipoco!! Só detectou esses 4 dispositivos ou/e apesar disso conseguiu identificar o "Coisa mais Fofinha"?

    ResponderEliminar
  7. Ufa! Quem é vivo sempre aparece.

    ResponderEliminar
  8. Estimado Pipoco, a matemática diz-me que faltam precisamente 26 anos para o Pipoco nascer, o que é um dado deveras preocupante...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eheheheheh, a minha calculadora corrobora. a ser número antes imaginário que negativo.
      pode acontecer que o caro amigo Salgado nos escreva do futuro. um futuro livre no qual as pessoas abandonaram / abandonarão o receio de, tendo bluetooth ligado numa sala cheia de gente, ver as suas proezas da madrugada publicadas no youtube.

      isso recorda-me aquelas reuniões de família em que me deixavam a falar com os meus Avós...

      Abraço!

      Eliminar
  9. Anónimo29.7.14

    O tio pipoco inspirou-me para um novo passatempo.

    ResponderEliminar