13 janeiro 2014

Os problemas das mulheres

Investir uma fortuna num par de sapatos de salto alto mas nenhum tempo em aprender a usá-los em condições.

23 comentários:

  1. O problema das mulheres... é terem de usar sapatos de salto alto.
    (coitadinhas... vade retro salto alto!)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida palmier, não é um problema. Fiz detox de saltos ha uns 4 anos e estou mt bem

      Eliminar
  2. Gosto que aplique aquela máxima de escrever o mesmo post vezes sem conta, não é isso?

    ResponderEliminar
  3. É por isso que me afasto deles. É terrível ver aquele andar periclitante.

    ResponderEliminar
  4. Comentário de alguém que nunca usou um par de stilettos na vida.....

    ResponderEliminar
  5. E depois parecem garças a caminhar sobre um campo de arroz.
    E podia ser uma linda visão mas não é

    ResponderEliminar
  6. Assim mais valia ténis e sem marca...não ter base de suporte é o desiquilibrio total!...;)
    Boa semana

    ResponderEliminar
  7. Anónimo13.1.14

    eheheheh. tem que ir postar para outra freguesia, que aqui os nossos manolos , louboutins & Co não nos deixam ficar mal.

    ResponderEliminar
  8. Felizmente ainda existem mulheres sem a panca dos sapatos. Aqui me têm.

    ResponderEliminar
  9. Tempo para aprender a usá-los numa arte marcial qualquer, como se fossem matracas?

    ResponderEliminar
  10. Caraças. Bem visto. Afinal como é que se usa essas coisas como deve de ser? Com um suave menear de ancas?

    Ah, meu caro, sempre o homem dos workshops:
    . como falar com um homem de modo que ele perceba - 50h (+2h para oral)
    . como utilizar saltos altos e fazer boa figura - 16h (+4h componente prática)
    . ...
    quais são mesmo os restantes problemas das mulheres? ...

    Abraço.

    (hoje segui a sua sugestão e ouvi a proposta musical do MEC, excelente a propósito, embora não tenha percebido coisa alguma daquilo que o homem disse ou quis dizer)

    ResponderEliminar
  11. Ahahah, muito bom. Reporto-me a uma rapariga que vi ali para os lados do El Corte Inglês, tadinha, tive tanta pena que me apeteceu ir lá dar uma ajuda (sim, é verdade, nada de ironias) não fosse estar dentro de um carro.

    Pois que a rapariga tentava equilibrar-se em cima de uns saltos altíssimos (cruzes)
    naquela espécie de rampa torta à entrada do ECI e como se não bastasse a saia era tão apertada que mal conseguia dar um passo. Gostava, muito francamente, de saber se conseguiu sobreviver e chegar ao destino.

    Isto para não falar das tristes figuras quando calha ir atrás de alguém que não sabe andar de saltos altos, ora estão tortos, ora lá se torce um pé, ora lá se parte um salto. A coisa é simples, andar de saltos requer que se ande mais devagar (convém sair mais cedo de casa... eheheh) convém que se ande com alguma elegância, convém que não sejam exageradamente altos, género travesti. Convém, sobretudo, que se treine primeiro em casa e convém que não se ande de saia tão apertada que não se consiga dar um pequeno passo sequer. Já agora, saia muito apertada e subir para transportes públicos... é má ideia, muiiiiiiiito má ideia.

    ResponderEliminar
  12. Arsenal do Mestre :metáfora, comparação, metonímia, antítese, paradoxo, personificação (ou prosopopeia), hipérbole, eufemismo, ironia, elipse, zeugma, pleonasmo, polissíndeto, assíndeto, onomatopeia, anáfora, sinestesia, gradação e aliteração... Agora, Where is Wally ??

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo14.1.14

      O Wally está a fugir a sete pés.....

      Eliminar
  13. Mas se usamos uggs, V. Exmas refilam.

    ResponderEliminar
  14. Anónimo14.1.14

    Pois.. quiça o mesmo resultado que investir muitos €€€ na gravata e apenas 30 segundos nos botões de punho... mau resultado!

    ResponderEliminar
  15. Anónimo15.1.14

    Nao percebo como chamam "investimento" a compra de sapatos.

    ResponderEliminar
  16. Adoro quando o Pipoco revela os problemas das mulheres! A caixa de comentários aquece tanto...

    ResponderEliminar
  17. Posso dar workshops. Alguma menina interessada? Pipoco, ajuda aí :)

    ResponderEliminar
  18. Até dói olhar para a forma como os pés de algumas se torcem todos.

    http://bonecadtrapo.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  19. Isso parece mais boca de quem se sente desautorizado pela altura das senhoras em tais sapatos. E senhoras: então essa solidariedade? Vem um cavalheiro com um comentário derrogatório com o intuito de nos prostrar à sua baixeza, e saltam logo no vagão a dizer mal das outras?

    Pois fique sabendo senhor pipoco, que se investe muito tempo a aprender a andar de saltos sim senhora. Não temos culpa que só frequente o campo de treinos das jovens em formação. Procure locais frequentados por damas, que lhe passa logo o preconceito, e a observação.

    ResponderEliminar