08 dezembro 2013

Somos então chegados às semanas...

...em que temos que ter contacto visual as árvores de Natal de plástico que todas elas prantarão nos blogs, em que todas contarão como se aborreceram no jantar de Natal lá do serviço e contarão, incrédulas, como o chefe as tentou seduzir, tão maus eram os vinhos, e como o rapaz das fotocópias afinal nem é assim tão mal apessoado, em que elas colocarão retratos de prendas que nunca terão porque nem sequer os desejam realmente, mas ficam tão bem no blog e sempre é mais um post, em que se queixarão da ceia de Natal em que terão que sorrir para a cunhada e contarão como a sogra, sibilina, fez delas carpaccio só porque não chegaram a tempo de ajudar a fritar as fatias douradas, em que elas se queixarão da quantidade de prendas que as crianças receberam, em que discutirão se o "Last Christmas" ganhará aos pontos ao "Fairytale of New York" como a definitiva canção de Natal, em que elas escreverão posts inflamados acerca da interessante temática de como se está a perder o espírito Natalício.

Estas são as melhores semanas do ano.

8 comentários:

  1. o Fairy tale of new york é a segunda, a primeira, destacadíssima, é a da Maraya :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isa, aquilo no final do seu comentário era um smile?

      Eliminar
    2. Se quiseres pra próxima uso LOLE :D (o meu comentário ao post abaixo não foi?)

      Eliminar
  2. «Estas são as melhores semanas do ano.» ?!?

    valha-me o scp (por enquanto :)

    ResponderEliminar
  3. Com o bónus do Sport estar em primeiro! ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É dos meus olhos ou o meu caro Jiboia não está infeliz por ver o Sporting lá em cima?

      Eliminar
    2. Caro Pipoco, não nego que preferia ver o glorioso lá em cima, mas gosto genuinamente de ver contente um companheiro de contendas blogosferianas, principalmente porque nós não o estamos a merecer.

      Eliminar
  4. Se passássemos de Novembro logo para Janeiro não se perdia muito... E isso dos Jantared de Natal com o rapaz das fotocópias e o chefe sedutor, só em filmes e daqueles maus. Há pelo menos a lagartada para animar a malta e fazer-nos dizer pelo telefone num só dia, o que não falamos o ano inteiro; põe também um sorriso palerma na cara das pessoas, como se tivessem acabado de fazer uma travessura, e é isso que é o espírito da coisa, Senhores.

    ResponderEliminar