24 julho 2013

Pipoco também diz coisas sobre o principezinho

Caro George Alexander Louis, não gostava de ter a tua vida, miúdo.

Nunca vais ter a certeza de que aquele buraco na barreira quando vais marcar o pontapé livre surgiu por acaso ou se foi porque, por reverência, te quiseram dar o gosto de marcar um golo, nunca saberás se a miúda realmente está interessada em ti ou pelo que és ou pelo que representas, nunca saberás se a entrada em Eton foi pelos teus saberes ou porque tinha que ser assim, nunca terás a certeza de que os inimigos que abateste em missão eram mesmo dos maus ou eram uns tipos que ali colocaram para que se criasse o mito da tua virilidade.

Nunca conhecerás o sabor de ser a última escolha para a equipa de rugby, nunca farás um inter-rail de mochila às costas, nunca poderás sair à rua livremente, nunca poderá tomar banho nu sem saíres na primeira página do Sun do dia seguinte, nunca poderás ter noites em que deixas de gostar de gin tónico sem que sejas apontado como um mau exemplo para a juventude de todo o mundo.

Ainda assim, miúdo, diverte-te. Estar vivo é do melhor que há.

8 comentários:

  1. Jorge Alexandre Luís, coitadinho. Apetece-me trazê-lo para casa e dar-lhe um nome mais catita. Quase de certeza que um dia faria um "inter-rail de mochila às costas".

    ResponderEliminar
  2. Acho que eles, apesar de tudo, se divertem!

    ResponderEliminar
  3. Muito bem retratada a vida do futuro Reizinho.

    ResponderEliminar
  4. Anónimo25.7.13

    Isso não é infortúnio só da realeza...

    ResponderEliminar
  5. A realeza de hoje já aproveita mais a vida... :) e as críticas... toda a gente as tem!!!

    ResponderEliminar
  6. se for como os pais (e tio h) não só vai (apanhar bebedeiras, e andar nu e fazer interail), como quando sair nas revistas caga bem de alto. ups!!, disse cagar no seu blog. desculpe!!!

    ResponderEliminar