31 julho 2013

Está bem, então...

Uma das coisas que aprendemos no final da infância, coisa ancestral, que se nos incute no ADN desde os primórdios, é que o estereotipo mulher loura com copa avantajada e saia curta, a conduzir carro potente e descapotável, óculos espelhados modelo Aviator, i-Phone numa mão e sapatos Manolo Blahnik não é, nunca é, o tipo de mulher "para casar".

Já elas, mesmo maduras, crêem sempre que o esterotipo homem com cabelo penteado para trás com gel, corrente de ouro ao pescoço, calça pinçada com bota de cano curto, a conduzir carro potente e descapotável, óculos espelhados modelo Aviator, t-shirt Armani branca e justa, pulseira étnica de couro é sempre do tipo "para casar", isto é, com um trabalhinho de persuasão da parte delas ele vai mudar e, lá está, mudando, é do tipo "para casar".

(depois eu é que tenho de tratar das coisas, de as acalmar, de lhes dizer que vai passar, que há muita vida pela frente, coisas assim, sai-me um dinheirão em vodka com limão de final de dia)

31 comentários:

  1. Respostas
    1. Luísa, muda. Tem é que ser com elegância, a fazê-las ver a luz devagarinho.

      Eliminar
  2. (respondo-lhe? respondo-lhe)

    ResponderEliminar
  3. Anónimo31.7.13

    vodka com limão?
    sc

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vodka com limão, sc. Estou numa fase de não gostar de gin. Uma dose de Belvedere, sumo de meio limão. Gelo picado, com parcimónia. Que tal?

      Eliminar
    2. Anónimo1.8.13

      Sou avessa às misturas. Prefiro sabores autênticos.
      (a desilusão. teria jurado que a vodka com limão era para elas)
      sc

      Eliminar
  4. A sério, Stiefler's Mom e o Ray Luca ?!? Oh Senhores, Senhor !!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Maria, não a sabia conhecedora de mau cinema.

      (Bob Harris e Charlotte)

      Eliminar
    2. Filmes de férias... tipos mais vulgares, que não se perdem na tradução...

      Eliminar
  5. Existem pessoas "para casar"?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rosa, existem. Mas as outras também têm o seu encanto.

      Eliminar
    2. Não existem pessoas para casar, existem pessoas com quem vale a pena tentá-lo, ainda que essa mesma tentativa possa ser apenas uma (des)ilusão, ou, pelo contrário, uma agradável certeza, confirmada pelo tempo.

      Eliminar
  6. acabei de perceber que sei tão pouco da vida... resumindo, as mulheres querem sempre o Ruben Patrick, mas acabam por chorar as mágoas no peito abençoado (e coberto por uma magnifica camisa azul Ermenegildo Zegna) do Sir Pipoco, certo?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. nAnónima, certíssimo. Para salvaguardar a verdade dos factos, em verdade lhe digo que não há contacto, limito-me a escutar, a olhar o horizonte com ar taciturno, sempre rodando o copo de vodka com limão

      Eliminar
    2. (Sir Pipoco falou às massas, ainda tremo...)

      Enquanto tento imaginar o Sir de olhar taciturno no horizonte, a rodar o copo, de perna cruzada - estilo americano, pergunto-me se não lhe estará a falhar o essencial. uma mulher procura sempre o contacto visual e pequenos toques leves nas mãos. especialmente quando se chora de um bandido como o Ruben Patrick :) Mas o Sir é que sabe. Sempre!


      Eliminar
  7. Anónimo31.7.13

    Deve ter o ombro todo dorido pelo apoio prestado :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónima, estou cá para espalhar o bem. E espalho, limito-me a espalhar.

      Eliminar
  8. Anónimo31.7.13

    a sua amiga está a precisar de ajuda profissional!cabelo penteado para trás com gel e corrente de ouro ao pescoço é bater no fundo...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónima, é um clássico. As pulseirinhas étnicas é o pior, uma mulher devia desconfiar das pulseiras étnicas tanto quanto os homens desconfiam de interiores de carros desarrumados.

      Eliminar
    2. Diz que as pulseiras étnicas é o pior porque nunca lhe contaram sobre os colares de missangas- afro.

      Eliminar
  9. Olhe que o que não faltam por é homens a chorar louras nos ombros de morenas pacientes...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cuca, os homens não choram. Pergunte a quem quiser.

      Eliminar
  10. Anónimo31.7.13

    O típico charme azeite mix fabuloso para muitas, para disgusting!

    ResponderEliminar
  11. Anónimo31.7.13

    Tio Pipoco, deixe-me dizer-lhe que se dá com pessoas muito estranhas...

    ResponderEliminar
  12. Anónimo1.8.13

    E mesmo as maduras são loiras ou morenas?

    Que trabalheira...;)

    ResponderEliminar
  13. Tio Pipoco guarde um vodka para mim que eu também estou precisada e não me faltam mágoas para chorar!

    ResponderEliminar
  14. Anónimo1.8.13

    há quem diga " que elas gostam deles é maus e a cheirar a cavalo" vá-se la entender o porquê disto e, na eventualidade, o que é que está por detrás de tal afirmação,,
    MNC

    ResponderEliminar
  15. Anónimo2.8.13

    Pela sua descrição, aí está um estilo de homem que jamais consideraria ser "para casar". Nem para nada semelhante, mesmo... Mas gostos, são gostos.
    T.

    ResponderEliminar
  16. Anónimo24.8.13

    Tudo na sua descrição a mim me grita não casar, mas entendo, perdi a conta de quantas das minhas companheiras ligam os radares qd avistam um desses exemplares. Haja vodka e limão...

    ResponderEliminar