11 julho 2013

Em percebendo isto, acabamos por gostar delas. De todas elas.

As pessoas, todas as pessoas, se repararmos com atenção, têm escrito nos olhos, com tinta de cores fortes "Gosta de mim. Por favor, gosta de mim".

12 comentários:

  1. Imitando a minha doce DN,
    <3

    como gosto destes axiomas by Sir Pipoco.

    ResponderEliminar
  2. ( sorriso de Mona Lisa, um bocadinho mais rasgado)

    ResponderEliminar
  3. OCorvo11.7.13

    A plenitude da realização humana, desde os primórdios, foi a exigência do reconhecimento do mundo ao respeito e admiração.
    Toda a motivação do homem desde o berço até ao caixão, é só essa.
    Por isso, e só por isso; o homem trabalha, faz guerra, rouba, assassina e ama.

    ResponderEliminar
  4. Anónimo11.7.13

    Tio pipoco, tem de alargar a esfera e diversidade humana...olhe que não, olhe que não...

    ResponderEliminar
  5. Anónimo11.7.13

    Ah! E já agora http://www.youtube.com/watch?v=p8ckO-L7wVc :D (yay! moticon)

    ResponderEliminar
  6. Anónimo11.7.13

    O homem não é apenas o espaço entre as suas botas e o seu chapéu, dizia Whitman.
    O homem,- as pessoas, todas as pessoas -, felizmente, não é sempre concreto e material.
    Mesmo o mais imbecil e bruto é ainda uma substância que promete.

    Maria Helena

    ResponderEliminar
  7. Anónimo12.7.13

    Piedade...

    ResponderEliminar
  8. E Leão que é Leão que o diga.

    ResponderEliminar