19 julho 2013

À atenção dos parentes e amigos de Mário Soares

Tomem conta do vosso parente e amigo. Levem-no a passear, deixem-no dormir a sesta o tempo que lhe aprouver. Se houver câmaras de televisão e microfones por perto, distraiam-no, não deixem que o vosso parente e amigo abra a boca. Falem-lhe das tartarugas das Seychelles e da entrevista do "Olhe que não", se for necessário façam de conta que as coisas ainda são como naquele tempo, o Alexander do Goodbye Lenine fez a mesma coisa com a mãe e resultou.

Tomem conta do vosso parente e amigo, deixem que o senhor permaneça na nossa memória como um ancião simpático, amigo das artes e bom conversador, não o queremos recordar um ressabiado que não recuperou de um tareão numas eleições, um desatinado que não se lembra do que disse ontem, alguém que afinal não percebe nada do que se está a passar.

13 comentários:

  1. não diga isso, Pipoco, porque eu ainda quero ver o Senhor Pai da Democracia formar o PS.2
    que garra. que tenacidade. que espírito.
    (suponho que fazer caridade nas instituições da família, mantém o Senhor bastante activo...)

    ResponderEliminar
  2. Posso divergir desses e doutros politicos mas também vejo que convém ..Convém a muitos que esse e outros estejam calados não é? pois pois distraiam-nos a nós povo para adormecermos.

    ResponderEliminar
  3. Não podia estar mais de acordo!
    Saber sair de cena é só para GRANDES personalidades...

    ResponderEliminar
  4. ai, tio pipoco... saia de dentro da minha cabeça, se faz favor.

    ResponderEliminar
  5. Desta discordo. Então os velhos não têm direito à opinião? só porque são velhos? Tem mais razão e lucidez que muitos novos que para aí andam. Sorry, é a minha opinião, pode haver outras.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo22.7.13

      Acho que compreendeu mal... não é a questão de ser velho, é a questão de parecer já não saber o que diz...

      Eliminar
  6. OCorvo19.7.13

    O Quê?! Nunca!!
    Esse não tem amigos, tem conveniências!
    Não tem parentes, tem ideologias!
    Não tem família, tem a Nação com quem casou e jurou pela Imagem do Crucificado manter fidelidade até à morte!
    O ter rasgado e espezinhado a bandeira Nacional em Paris, foi um arrufo entre o casal do qual a relação saiu reforçada.

    ResponderEliminar
  7. Anónimo19.7.13

    Concordo em absoluto com o seu post.
    Apenas uma pequena correção. O "olhe que não" não foi numa entrevista, mas num debate (e quando eram de facto debates!).
    Cumprimentos.
    Pedro

    ResponderEliminar
  8. Anónimo20.7.13

    De muito mau gosto este post, próprio de uma juventude arrogante. Fez-me lembrar a discriminação de género.

    Lurdes

    ResponderEliminar
  9. Anónimo20.7.13

    uma das vantagens da velhice não será a maravilha de dizermos o que nos apetece sem pensar nas consequências? pode ter sido um mau político, mas ainda é um político, coisa que estes 'jovens' patetas, por mais que se esforcem, coitados, não conseguem. e mais vale as possíveis patetices do Sr. Soares, do que a estupidez arrogante do sr. silva. esse sim, já devia estar a gozar a reforma há muito tempo. cada vez q abre a boca, sinto-me envergonhada.

    ResponderEliminar
  10. Anónimo22.7.13

    Pipoco, cuidado, já vi que tem leitores da esquerda pseudo-intelectual que julga os outros, que não comem pela mesma mão, de incultos e desinteressantes. Eu sou muito desinteressante, inculta, do pior... E esse Sr Soares, nem há palavras, absolutamente insano e péssimo (não só de agora).

    ResponderEliminar
  11. Oipoco, cuidado, já vi que tem leitores de direita pseudo-intelectual que julgam os outros que não comem pela mesma mão, de incultos e desinteressantes. Eu sou de esquerda interessante e culta do melhor... e esse sr. Soares, nem há palavras, absolutamente culto, corajoso, coerente e frontal ( não só de agora, de um tempo em que sê-lo se pagava com prisões, torturas e exílios. Dum tempo em que não havia blogs nem comentadores de blogs, nem sequer liberdade para comentar fosse o que fosse. Eu sou desse tempo e não tenho saudades mas sei que há quem tenha).

    ResponderEliminar
  12. Anónimo23.7.13

    Sim, sim, não tem saudades dos tempos em que o Mário Soares chamava velho ao Salazar, quando ele tinha menos 20 anos do que o próprio actualmente. Já vi que não tem saudades, mas é daquelas, tal como o Mário Soares, que tem um fraquinho pela "monarquia" imposta por esses políticos que tanto penaram na prisão, e paga por todos nós...

    ResponderEliminar