05 março 2013

Bem sei que já te disse isto Ruben Patrick...

... mas digo-te de novo, afinal estamos sempre a dizer as mesmas coisas, só que de maneira diferente, bem podes ajeitar o nó da gravata italiana, engraxar bem os sapatos portugueses e citar Pessoa com a-propósito, bem podes saber onde se janta em condições em Paris e em Nova Iorque e subir sempre à frente dela quando houver escadas, bem podes ser gentil e escutá-la sempre até ao fim, bem podes correr maratonas para tornear os abdominais e comer sushi em restaurantes sem televisão à hora do Manchester-Real Madrid, bem podes conduzir carros alemães e motos americanas, bem podes segurar-lhe a porta para ela entrar e pagar a conta sem ela sequer dar conta que o fizeste, mas, meu caro Ruben Patrick, nunca poderás dizer que caíste nas boas graças de uma mulher se não a conseguires fazer rir

17 comentários:

  1. gosto desta maneira de ver as coisas, e tb acho sentido de humor é fundamental:) bjs

    ResponderEliminar
  2. por mim, começamos pelo fim ;) o resto prefiro ser eu a tê-lo, pagá-lo, gozá-lo e partilhá-lo ;)

    ResponderEliminar
  3. Anónimo5.3.13

    Na muge.

    (era assim que a outra dizia, não era? :) )

    ResponderEliminar
  4. Resumo na última frase... não há qualidade de chocolate que iguale o prazer duma genuina gargalhada

    ResponderEliminar
  5. Anónimo5.3.13

    Tu és tipo um arrumadinho mais sofisticado, sempre a partilhar o muito que sabes da vida, ainda que indirectamente, e como é espectacular o teu conhecimento das merdas e as cenas top que costumas fazer. Uma maneira semelhante mas mais subtil de pedir aos outros:"admirem-me!". Estás de parabéns!

    ResponderEliminar
  6. Anónimo5.3.13

    Deve subir atrás dela sempre. Nada disso me encanta e não jantaria fora num jogo Real- Manchester mas sim, um homem com sentido de humor, não estilo palhaço, claro, ou aquele que acha que tem graça mas não tem nenhuma, encanta-me.

    ResponderEliminar
  7. E se a fizeres chorar de felicidade, então... :)

    ResponderEliminar
  8. sim, e ser espontâneo.

    ResponderEliminar
  9. Eu já fui jantar com um fulano, em que sorri tanto que já me doíam os zigomáticos.
    Sorri para ser agradável.
    Aquele jantar foi a maior chatice da minha vida.
    Um homem chato, chato, chato...
    Cheio de si...
    Que falava apenas de como era uma pessoa importante e de como tinha imensos bens materiais.
    Coitado não percebeu a minha "súbita" dor de cabeça depois de jantar e que me obrigou a ir logo para casa.

    Sabe (não me gosto de dirigir a si como "Pipoco" porque acho um nome palerma), às vezes a questão não é assim tão imediata. Há que perceber se a mulher está a sorrir por dentro porque as há, as que não sabem fazê-lo por fora e isso não é sintoma de que não estão felizes por dentro.
    Já eu, estava imensamenteeeeee feliz por fora e por dentro estava a gritar e a emitir sinais de socorro para fugir dali.

    Está a perceber a ideia?

    ResponderEliminar
  10. Ora aí está! Certeiro Pipoco!

    ResponderEliminar
  11. Idilicamente sería ver o Manchester-Real Madrid às gargalhadas rodeados de sushi:)

    ResponderEliminar
  12. Pronto! O melhor é levá-la a uma sessão de anedotas (sem palavrões claro, que uma pessoa tem de manter o decoro) e comer amendoins e beber uns panachés. (Cuidado com os "gases")

    ResponderEliminar
  13. Pipoco, por quem sois? Me gusta batatitas fritas.
    Bom, mas a questão fundamental aqui é tentar analisar o que é um zigomático. Zigomático é um ser que reside no nosso cérebro, que quando levado ao extremo da sua elasticidade pode originar uma ruptura explosiva provocando assim um curto-circuito. Para podermos evitar que isso aconteça, convém seguir as regras básicas do bom senso e uma dieta rica em alimentos imensamenteeeee fantásticos. Tais como: nestum com mel, broa de milho e pudim. Isto pode ser chato chato chato, mas faz bem ao zigomático, sabe? Coitado, ele assim fica feliz por dentro e por fora. Por acaso, zigomático é um nome um bocado palerma, mas é o nosso zigomático e nós gostamos dele assim. Cheio de si...
    Está a perceber a ideia?
    Eu não.

    ResponderEliminar
  14. Anónimo6.3.13

    Verdade.

    ResponderEliminar