25 fevereiro 2013

Os problemas das mulheres

Acreditar que o "sexto sentido" (seja lá isso o que for...) existe mesmo e, existindo, que lhes dá poderes sensoriais.

14 comentários:

  1. Acredito mais no sexto sentido masculino. Quando se sentem enganados, é vê-los arrebitar as orelhas. E os pais, se sentem algo de errado com as filhas, lá vem um interrogatório...

    ResponderEliminar
  2. Essa deve ser das maiores tretas da humanidade.

    ResponderEliminar
  3. Existe um sexto sentido, a imaginação!

    ResponderEliminar
  4. Sensoriais não digo mas "virais"...
    eheheh

    DESBOCADO!

    ResponderEliminar
  5. Isso é apenas uma desculpa das mulheres (incluindo eu) para fazerem o que lhes dá na real gana, sem terem de dar grandes explicações!

    ResponderEliminar
  6. pássaro viajeiro25.2.13

    O sexto sentido não sei. Agora, o saberem ver, isso vêem muito bem.
    Exemplo em percentagem.
    Ver o marido a fazer a cama e arrumar o quarto...2%
    A aspirar a sala e arrumar as cadeiras...2,3%
    Pôr e levantar a mesa...2,7%
    Lavar a loiça e arrumar a cozinha...2,8%
    Pôr a máquina a lavar e estender a roupa...3%
    Depositar o lixo...3,1%
    Mudar areia ao gato e passear o cão...3,5%
    A ver pornografia na Net...100%

    ResponderEliminar
  7. E não as desmintas. É o sexto sentido que lhes garante que têm mesmo um sexto sentido. E depois ficas sem argumentos.

    ResponderEliminar
  8. Anónimo25.2.13

    A intuição não existe?!?!?!

    ResponderEliminar
  9. Anónimo25.2.13

    isso e o multitasking.

    ResponderEliminar
  10. Mas toda a gente tem poderes sensoriais, pah!... dão-no-los os sentidos, certo?, todos os 5?

    ResponderEliminar
  11. Anónimo26.2.13

    Acredite que ele existe. E acredite também que não adianta questioná-lo, dificilmente irá perceber quando ele surge.
    L.

    ResponderEliminar
  12. O problema dos homens é acreditarem que as mulheres têm de facto um 6º sentido!

    ResponderEliminar
  13. é por estas e por outras que sou homem.

    ResponderEliminar
  14. isso é uma desculpa para metermos a nossa máxima a funcionar: 'i have the pussy, so i make the rules.'

    ResponderEliminar