12 fevereiro 2013

Mais logo vou ver o Wicked

Sento-me no banco de madeira que a vila de Marlow colocou junto ao Tamisa, era ali, precisamente ali, que gostava de se sentar Clifford Lovell, falecido nos idos de 1964, é isso que diz a placa incrustada no banco, olho o rio, abro o meu livro e fico ali a deixar que aquela tranquilidade tome conta de mim, enquanto a neve cai nas pedras tumulares à minha volta.

6 comentários:

  1. mais logo vou sentar-me no banco de pedra que tenho junto à nogueira, ver os cães correr pelo terreno todo e pensar que aquele banco é meu, a nogueira é minha e os cães são meus. não vou levar nenhum livro, porque a escuridão não me permitirá a leitura, mas vou deixar que a tranquilidade tome conta de mim por alguns momentos.

    beijo, Tio Pipoco

    ResponderEliminar
  2. Pedro12.2.13

    Cuidado com o nevoeiro, junto ao rio que faz mal ao reumático.

    ResponderEliminar
  3. Anónimo12.2.13

    Que livro está a ler, Tio Pipoco?

    ResponderEliminar
  4. Anónimo12.2.13

    Pedro... então... o Tio Pipoco é sábio mas não é velho...

    ResponderEliminar
  5. Anónimo12.2.13

    Ai esta' por ca'? Folgo muito em saber!
    Em querendo ir beber um cafezinho, faz favor de dizer. A curiosidade esmaga-me o' valha-me Deus:)

    ResponderEliminar
  6. "Quem sonha de dia tem consciência de muitas coisas que escapam a quem sonha só de noite."

    ResponderEliminar