22 dezembro 2012

Bem podia ter acabado o mundo...

...porque eu já nadei nas águas de um glaciar em degelo e nas águas quentes do Índico, já dormi na relva do Champ de Mars e nos lençois do Grand Hotel, já vi a Carmen nos lugares em pé de S. Carlos e num camarote do Scala, já jantei bifanas nas roulottes de Alvalade e manjares de que não sei o nome em Nova Iorque, já bebi mau vinho em tascas e Cartuxa no Fialho, já vi o Sporting ganhar ao Manchester United e perder com o Gençlerbirliği , já perdi a jogar poker na praia e ganhei na roleta em Monte Carlo, já me deliciei com James Bond e com Fellini, já me aconteceu não ter com que pagar uma água em Zagreb e pagar uma fortuna por um jantar em Copenhaga, já vibrei com Irmãos Catita e com Baremboim a dirigir uma orquestra, já amei uma mulher tanto quanto se pode amar uma mulher e já recusei ser amado, já vi nascer e morrer à minha frente, já tive medo de morrer no fundo do mar e no cimo de uma montanha, já paguei por música de Alphaville e de Rossini, já cantei Mata-Ratos no Gingão e Zeca Afonso nas escadas da catedral de Santiago de Compostela, já me orgulhei por ter feito a diferença e já me detestei por ter feito de conta que não vi, já discursei de fato e gravata para ministros e já discursei encharcado de gin tónico para quem me quisesse ouvir. Já vivi.

23 comentários:

  1. E portanto a vida continua... Continue a vivê-la intensamente. Um Santo Natal.

    ResponderEliminar
  2. Muito obrigado, Maria. Por estar desse lado. E tenha também um Santo Natal.

    ResponderEliminar
  3. Anónimo22.12.12

    Pois continue a viver, caro Pipoco.

    ResponderEliminar
  4. Não fique triste meu caro, deixei-lhe uma consolaçãozinha no meu blogue que se insere aí categoria Gençlerbirliği (que, sinceramente, é equivalente ao Sporting de agora).

    ResponderEliminar
  5. Parabéns. Uma vida recheada ainda com muito pela frente. Tenho inveja, da boa.
    Feliz Natal e o resto que se diz nestas alturas.

    ResponderEliminar
  6. Mas n acabou...bom Natal e tal :)

    ResponderEliminar
  7. To lifetime of adventures ! Brindo-lhe com um Cartuxa que comprei ha umas horas e que morre cedo...

    ResponderEliminar
  8. Bravo! (discurso de para a ceia de natal?)

    ResponderEliminar
  9. INVEJA !!! EU ???

    BOAS FESTAS !

    ResponderEliminar
  10. Anónimo22.12.12

    boa pipoco, bom texto!
    tanto o sporting como as gajas, não merecem que se sofra tanto por elas...

    ResponderEliminar
  11. Não, que o mundo não pode acabar; é preciso deixar aos outros a possibilidade de vir a fazer tudo isso e mais....

    ResponderEliminar
  12. Pipoco deixe-me dizer-lhe que deveria voltar a viver porque o Fialho está desactualizado e o que em tempos se pagou (e se continua a pagar) não foi mais do que fruto da (boa) publicidade. Viva lá mais uma vez e experimente a Tasquinha do Oliveira e substitua o Cartuxa por um Quinta do Zambujeiro. Vai ver que viverá muito melhor :)
    Boas Festas

    ResponderEliminar
  13. Bem vivido!

    PS- O Noma dói no final mas vale a pena, não é?

    ResponderEliminar
  14. Ao contrário do Pipoco, acho que ainda não vivi nada. Ainda me falta ler o livro certo (admito que tenho lido coisas desinteressantes). Plantar uma árvore maior. Fazer mais meia dúzia de loucuras por amor (que já as fiz, sim senhor, e não me arrependo rigorosamente nada das figuras tristes). Viajar para parte incerta, e beber um vinho na companhia de gente boa e que não conheço de lado algum. Ter a capacidade de me perdoar, por alguns erros que cometi. E adoptar uma criança.

    Preciso que o mundo não acabe, pelo menos, antes de concretizar a última parte deste meu comentário. Quanto ao resto, e se não conseguir concretizar, pode ficar para uma outra vez... Um excelente Natal!

    ResponderEliminar
  15. Então aproveite para continuar...
    Feliz Natal!

    ResponderEliminar
  16. Anónimo23.12.12

    Ao contrário do Pipoco, eu pouco vivi. Deixei que uma parte da vida me passasse ao lado. Acho que foi porque me zanguei com o mundo por ele me ter roubado algumas coisas cedo demais. Para o ano planeei começar a viver. Vou ver se o mundo me permite fazê-lo. Ainda sou muito nova e também quero ver a Carmen. E amar alguém. E deixar que me amem. Feliz Natal Pipoco! E continue a viver dessa forma.
    (Ana)

    ResponderEliminar
  17. Mas no entanto caro Pipoco nunca se vive tudo o que há para viver...(e assim como assim não acabou o mundo e pode ir acrescentado coisas a esta lista ;) )

    ResponderEliminar
  18. Cuidado, esses posts também geram inveja da má :p

    E a mim geram irritação porque sinto exactamente o oposto, neste momento.

    Quem diz a verdade não merece castigo...

    Feliz Natal

    ResponderEliminar
  19. Como gostei Pipoco :)

    É tempo de viver mais um bocadinho ;)

    ResponderEliminar
  20. Cartuxa no Fialho foi o melhor que conseguiu fazer com vinhos?
    Afinal ainda há qualquer coisa para viver.

    Tenha um feliz Natal.

    ResponderEliminar
  21. Não fiz tantas coisas como o pipoco mas já fui muito feliz, às vezes nem tanto,arrependo-me de não ter feito, arrependo-me de ter feito, mas ainda não queria que o mundo acabasse, e num ato egoísta, que acabasse para mim e para aqueles que amo.Continue assim que nós gostamos.

    ResponderEliminar
  22. Anónimo24.12.12

    Ahhh feliz de quem olha para trás e percebe que mesmo que deixe de caminhar em frente, o que viveu e as escolhas que fez e não fez fazem dele uma pessoa de bem com a vida. Feliz Natal!
    Isabel

    ResponderEliminar
  23. Marta Lima25.12.12

    Caro Pipoco, há muitos que escrevem, mas há poucos que escrevem como o Pipoco. Belo texto. Feliz Natal!

    ResponderEliminar