21 setembro 2012

Porque raio simularão elas o orgasmo?

Será que acham que a rapaziada se importa?...

34 comentários:

  1. Nao, eh para arrumar o assunto depressa para elas poderem ver o episodio do Downton Abbey em paz.

    ResponderEliminar
  2. lol Eu ia dizer isso mesmo...(Ruben Patrick faz-me um filho, eu só finjo que te amo e que estou interessada em algo mais do que uma relação puramente física, juro!) é isso e devem ter ouvido as moças num qualquer filme porno visto de soslaio com um "ai que nojo!"....geralmente são gajedo dado a dramas e a novelas, gostam de fitas e de histórias de cordel (e Twilight!)
    Gajas: eles não querem saber e nem tão aí, é ridúculo, dá muito trabalho (a não ser que sejam as tais actrizes do filme porno, aí a coisa sempre rende e é arte...) e além do mais toda a gaja emancipada sabe que é cada um por si, toca a ser egoísta!

    ResponderEliminar
  3. conheço dois casos tipo: 1) nunca tiveram um orgasmo mas querem fazer parte do movimento. 2) não estão a gostar e querem que a malta se despache (este ouvi dizer...)

    ResponderEliminar
  4. Eu importo-me...eu não gosto que que elas finjam...gosto que elas sintam todo o prazer que lhes propociono

    ResponderEliminar
  5. Pergunto eu aos Senhores entendidos : como é que sabem que é a fingir ?? ... as coisas são como são... há quem se ria duma piada espalhafatosamente, assim como há quem esboce apenas um sorriso de Mona Lisa...RP, meu piqueno "cresce e aparece"....

    ResponderEliminar
  6. Anónimo21.9.12

    Quando digo que nunca fingi um orgasmo olham para mim como se fosse de outro planeta. Terei tido muita sorte até agora?

    ResponderEliminar
  7. Para fomentar o convívio? Para a vizinhança ouvir e ficar a saber que naquela casa se pratica o amor como se fosse guerra?

    ResponderEliminar
  8. Primeiro ia dizer que a piada era antiga, para depois concluir com a resposta da Izzy no topo: resumidamente, para acabar com a coisa quando está a ser mau e não prolongá-la ainda mais.

    ResponderEliminar
  9. Quando percebemos que não lá chegam e queremos que acabe rápido! Lol :P

    ResponderEliminar
  10. Eu alinho pela versão sinal de stop. É que caso contrário, a malta vai ficando por ali...

    ResponderEliminar
  11. Anónimo21.9.12

    Nunca fingi e jamais o farei. Porque raio hei-de dar um presente a um incompetente?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo28.9.12

      presente ??? o presente é nosso !!!

      Eliminar
  12. Invitación

    Yo soy brasileño, y tengo un blog, muy simple.
    Estoy lhe invitando a visitar-me, y se posible, seguimos juntos por ellos.
    Fuerza, Alegría y Amizad.
    Ven para acá.

    http://www.josemariacosta.com

    ResponderEliminar
  13. E já agora metendo uma colher intelectual no assunto, mesmo que no limite do prazer meramente pessoal o gajo não se importe nada - o que traria o tópico violação à baila, por exemplo, como superior exemplo onde o macho não se importa mesmo - e verdade é que a par do prazer próprio, a capacidade de dar prazer é também uma forma de poder. E se por um lado a satisfaçao sexual de um dos lados é muitas vezes suficiente, uma vez eliminando a violação, essa satisfaçao sexual quer-se recíproca, e na mulher é mais difícil de acontecer, requerendo mais savoir faire.
    Anyway, ao ver esta apologia do "we don't care" vejo uma apologia ao despachar a coisa como urgência física, e as mulheres como mero meio físico de o fazer. E enquanto mulher pensante e tal, a coisa repugna-me.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo21.9.12

      Luna, relaxa :)

      Eliminar
  14. Luna, acredite ou não, tinha apostado que comentaria este post exactamente com esta visão. Quase me desiludiu... (e isto é só um blog, não perca isso de vista)

    ResponderEliminar
  15. Pipoco, é só um blog, e com a visão de um personagem fictício, bem sei.
    E no entanto esta personagem faz a apologia da mulher como mero receptáculo ,mero buraco ao serviço de algo maior, a satisfação do macho, sem ver a mulher como mais que o tal buraco. E enfim, sendo mulher, e vendo-me como mais do que um buraco, sou sensível a este assunto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo23.9.12

      Luna,
      Pipoco gosta de alvitrar estas questões como mero exercício provocatório.
      Sabemos bem que além do tamanho do seu pénis, só há outra coisa que norteia a demanda sexual de um homem, a capacidade de levar uma mulher ao êxtase.
      Não se deixe intimidar com este assobio para o lado relativamente ao assunto. Bluff puro, como os cubanos que Pipoco fuma.

      Eliminar
    2. Anónimo23.9.12

      Luna,
      Vi agora que foi Ruben Patrick que proferiu tal alarvidade.
      Assim, já é mais preocupante, porque o pequeno di-lo com convição e não como mero exercício provocatório.
      Mas, vamos ter fé que tio Pipoco vai orientar o rapaz no sentido de estar sensível a uma partilha total em tal acto. Senão, bastava utilizar uma das suas mãozinhas e o efeito seria o mesmo.

      Eliminar
  16. Anónimo21.9.12

    Imaginem... o sexo dá-vos prazer... tudo o que o envolve vos dá prazer... mas no momento em que estão quase a atingir o orgasmo, o momento "crítico" ele "foge por entre os dedos".
    Isto é o que me acontece imensas vezes. Porquê? Não sei. E durante muito tempo não fingia nem me incomodava com tal coisa. Mas começou ao incomodar o meu companheiro, que se sentia frustrado por não me satisfazer sempre e cujo o esforço acabou por atrapalhar. Homens deste mundo: se uma mulher vos diz que gosta de X,mas não gosta de Y não insistam. Lá porque leram ou ouviram dizer que tal mulher só se vem com Y. Já para não falar que é bom que nos perguntem o que e se gostamos, mas não a cada 5 segundos (o que é demais enjoa).

    ResponderEliminar
  17. Luna, tem toda a razão. Estou muito arrependido por ter deixado o Ruben Patrick publicar esta alarvidade.

    ResponderEliminar
  18. E já agora, Pipoco, tenho a certeza de que se o Pipoco pessoa real, tivesse filhas do sexo femnino, seria muito mais sensível ao que o ruben patrick publicava.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Certamente Luna. Certamente. Céus, que farei eu com este rapaz? (Pipoco levanta as mãos aos céus, pesaroso)

      Eliminar
    2. eu vou pôr lenha na fogueira e a Luna vai ficar chocada, mas eu não resisto
      http://amorportatil.blogspot.pt/2012/08/porque-hoje-e-sexta_17.html
      o Mencia é que sabe...

      Luna, sorry (eu sou muito mulher mas tenho mente porca de gajo o que queres?)

      Eliminar
  19. Nunca fingi, mas sinceramente acho que é para:
    1- os homens não se sentirem diminuídos,
    2- despacharem o assunto depressinha para elas fazerem o que lhes interessa.

    ResponderEliminar
  20. Pois eu cá acho que isso quando acontece é exactamente pela mesma razão que *as vezes elas dizem: "Vá, deixa lá, o tamanho não imoprta" (seguindo-se um, desta feita dito por eles, "e nuuuuuuuuunca mais a vi!")

    ResponderEliminar
  21. isto é que foi um post que deu guerra

    ResponderEliminar
  22. Quem simula um orgasmo, não sabe o que perde!!!... e não tira total prazer do seu corpo :)

    ResponderEliminar
  23. Não podia estar mais de acordo com os comentários da Luna.

    Não interessa se usa uma personagem para emitir o que pensa afinal está a usar a personagem como alter-ego não é? Só pode. Isto é o tipo de piada que talvez em stand up comedy a coisa passe com uma gargalhada porque é dado outro tipo de contexto...mas assim neste vazio...não teve qualquer graça.

    Faz-me lembrar a tonta da Margarida Rebelo pinto, versão masculina.



    ResponderEliminar
  24. Mas a rapaziada importa-se.

    ResponderEliminar
  25. Oh...E eu que achava que, no fundo, qualquer macho, ao aperceber-se do verdadeiro drama que se desenrola, ficava de ego ferido! Que não há nada mais certo do que muito macho gabarola por aí. E, orgasmos fingidos, não é um tema de conversa que soe bem entre os amigos, entre uma mini e tremoços...No fundo,Freud explicaria isso com uma perna atrás das costas! ;)

    ResponderEliminar
  26. Anónimo27.9.12

    com que então as fêmeas pensam que um gajo se importa com o que elas acham ou deixam de achar? hohoho! tadinhas das piquenas :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo28.9.12

      sim estou-me a cagar se vocês se importam ou não...ou tenho ou não tenho ! Se vocês são uma nódoa nota-se à légua e aí...ala !

      Eliminar