16 abril 2012

Ruben Patrick, meu rapaz, tu livra-te...

Mais do que os blogs que contam a vidinha toda, incluindo as coisas desagradáveis, agora chamam-nos de diários de bordo, mais do que os blogs da roupa com que saíram à rua na Bobadela, ou lá onde é que elas moram, na linha do horizonte, começam a aborrecer-me os das fotografias a preto e branco, um suave vislumbre de pictogramas retirados de filmes dos anos quarenta com uma pontinha de Doisneau, polvilhados de poemas, talvez Neruda, talvez Pessoa.

5 comentários:

  1. Anónimo16.4.12

    A roupa que mostram condiz com sítios como a bobadela

    ResponderEliminar
  2. É por este ser tão diferente e não se incluir em nenhuma das categorias que cada vez venho cá mais!

    Acho que o R.P. dessa se livra! Mas falta mais um (pelo menos) para ser quase um blogue "Pessoano".Quem sabe se aparece um próximo menos bem mandado:)

    ResponderEliminar
  3. O meu blog é desses que tem a roupa com que eu saí à rua, mas em Lisboa. Também será subsumível na categoria dos que o aborrecem? Juro que não é na Bobadela... Não queria nada aborrecê-lo...

    ResponderEliminar
  4. Anónimo17.4.12

    A mim aborrocem-me de MORTE!

    ResponderEliminar
  5. Quase nunca de Pessoa.

    Depois ainda se ofendem quando se diz que aquilo nem na China foi escrito por qualquer heterónimo pessoano, muito menos pelo ortónimo.

    ResponderEliminar