22 março 2012

As coisas são como são

Até parecia um tipo de bem, chegou a horas, sugeriu um vinho razoável e reparei que o cartão com que pagou não tinha o título académico antes do nome.

Mas depois referiu-se à mulher como "a minha esposa" e eu passei a imaginá-lo capaz de ver o Benfica TV, lata de Sagres morna na mão, camisola interior de manga comprida com camisa de manga curta por cima, o pullover disfarça tudo, imaginei-o a ler Nora Roberts e a gostar, imaginei-o a não mudar de estação de rádio quando passa aquilo da Carminho com aquele tipo espanhol, ou lá o que é.

19 comentários:

  1. "A minha esposa" dá cabo de tudo, nada a fazer...

    "A minha senhora" (à Figo) é de carregar pela boca!

    ResponderEliminar
  2. Também os há com o título académico antes do nome. Aliás, se o tiver no cartão, é bem provável que também diga "esposa".

    ResponderEliminar
  3. Pior só "a patroa"...

    ResponderEliminar
  4. é a esposa, e "a menina" - Matam-me. "a minha menina já tem 24 mesinhos"...

    ResponderEliminar
  5. E os que dizem "a minha namorada", quando afinal já vivem juntos desde 2005? Isso é fofinho ou parolo?

    ResponderEliminar
  6. O meu cartão de crédito trazia o título académico, mas eu pedi para retirarem. Espero que isso não faça de mim espectadora da Benfica TV.

    ResponderEliminar
  7. Eu tb n suporto a Carminho com o espanhol. Haja alguém que me compreende!!! :-)))

    ResponderEliminar
  8. Pipoco, por aqui apenas deduzo que não leia o Jiboia com frequência, se não saberia que o moço se chama Pablo.

    ResponderEliminar
  9. Anónimo22.3.12

    Sempre a fazer história o Pipoco. Que humor!

    Sara

    ResponderEliminar
  10. Também há os que dizem "a minha velha" :S

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  11. Qdo ouço a palavra esposa entro em choque!

    Mas pior é dirigirem-se a alguem com titulo académico e dizerem "a seu/a esposo/a.

    ResponderEliminar
  12. Há também quem diga “a minha esposa” e não veja Benfica TV, nem beba Sagres pela lata, mas conduza um carro de marca alemã de Estugarda e seja advogado de profissão. Curioso. Há modelos para todos os gostos.

    ResponderEliminar
  13. ahahahah
    Lata de Sagres morna?! Sacrilégio!

    ResponderEliminar
  14. :) Realmente foi um enorme borrão num desenho que até estava a correr bem, não havia necessidade. Essa do titulo no cartão, é de gritos e eu sei de quem exige 'engenheiro' por extenso sem abreviatura, mais parece o primeiro nome no cartão....é do mais parolo que há, mas somos o país dos títulos, não sei como estamos em crise!

    ResponderEliminar
  15. Yes, não estou sozinho na minha cruzada contra "a esposa" ;-) .

    trollofthenorth, o que sugeres para essa situação? Entre "esposa" e "companheira", venha o Diabo e escolha...

    Piolho Sintético

    ResponderEliminar
  16. Vegetable Ninja23.3.12

    E "esta vaca" está fora de questão?

    ResponderEliminar
  17. Realmente dizer "a minha esposa" é do pior, mas o sr podia muito bem ser do FCP!

    ResponderEliminar
  18. Anónimo28.3.12

    "A minha Maria" e mais palavras para quê? "A minha Maria, foi buscar a menina à escola e teve um desvaneio: foi comprar umas sendálias,com este tempo que está, que passa o tempo a espilrrar...

    ResponderEliminar