04 março 2011

Palavra do Senhor

No princípio foi a aposta e estava tudo muito bem, a aposta parecia fácil de ganhar. Mandou Pipoco que se colocassem uns Sebago ali ao lado e que se inventasse o nome certo para o blog. E foi o dia primeiro.

E disse Pipoco: "Que haja quem me dê um prémio". E surgiu a Isilda, que deu a Pipoco o prémio de pior blog e assim se cumpriu a palavra de Pipoco. E foi o dia segundo.

E disse Pipoco: "Que surja das trevas quem seja dono deste blog por um dia"; e assim foi, a Pólo Norte exorcizou os seus fantasmas e foi enviada para que se cumprisse a palavra de Pipoco e ficou com uma história para contar às gerações seguintes, que a ouvirão de olhos esbugalhados contar que um dia escreveu no Pipoco. E foi o dia terceiro.

E disse Pipoco: "Que todos saibam onde está Pipoco"; e assim foi, criou-se a lendária rubrica "Que estás a fazer neste momento, Pipoco?". E foi o dia quarto.

E disse Pipoco: "Apetece-me dizer uns palavrões e mostrar ao mundo um pouco de vulgaridade". E das costelas de Pipoco surgiu Pipoco Tabasco, para que se cumprisse a Palavra. E foi o dia quinto.

E disse Pipoco: “Que os meus conselhos sábios sejam passados às gerações vindouras”; e assim foi, do final dos tempos surgiu Ruben Patrick, ouvinte atento e executante excelente dos ensinamentos Pipoquianos. E foi o dia sexto.

E viu Pipoco tudo quanto tinha feito, e eis que era muito bom. E havendo Pipoco acabado a obra que fizera, descansou no sétimo dia de toda a sua obra. E abençoou Pipoco o dia sétimo, e o santificou; porque nele descansou de toda a sua obra que criara e fizera.

10 comentários:

  1. Joana4.3.11

    O menino não desapareça sem deixar destino ou ligação, ( já dizia o outro )que ler os empíricos saberes pipoquianos é quase tão importante como fazer quebra-cabeças, para exercitar a mente.

    ResponderEliminar
  2. Anónimo4.3.11

    Espero que isto não seja o posto do "adeus", pois o blog foi criado no dia 13/03 (ainda faltam 9 dias, portanto) às 16h23 (e muitas horas, portanto. Não conheço os outros blogs, mas isso não é o fim do mundo, porque só o "conheci" aqu. E agora que o "conheci", não quero perder o rasto.

    Obrigada,

    Andreia

    ResponderEliminar
  3. Anónimo4.3.11

    E eu comecei a chorar ao 3º parágrafo (a modos que).
    Já tenho saudades suas, Oh Grande Pipoco...
    (e do tabasco, claro está)
    AnaB

    ResponderEliminar
  4. estive a ler atentamente esse resumo e verifiquei que falta o mais importante: a criação do conceito de blog snob chic, relativamente ao qual o Pipoco se considera uma espécie de Master Franchise.

    ResponderEliminar
  5. Vou ter saudades do Pipoco... espero que o fumador compulsivo seja tão ecléctico como foi o Pipoco.

    ResponderEliminar
  6. Toda uma blogosfera em ânsias e a rejubilar por mais um post no Pipoco e vai-se a ver e a obra chegou ao fim. Para a próxima façam apostas de 5 anos no mínimo. A coisa tinha piada. Para mim foi o blog do ano.

    ResponderEliminar
  7. Anónimo5.3.11

    o caminho já foi desbravado para a próxima personagem, o nosso amigo Don Draper.

    ResponderEliminar
  8. Anónimo5.3.11

    Bereshìt equivale ao nosso «No princípio»; não indica um antes e um depois, uma precedência temporal, indica uma ordem de importância, porque atè àquele ponto não existia um antes e um depois, o termo é também ele criado, é também um efeito da criação.
    É espantoso como só uma palavra contém o príncipio ordenador do espaço que se prepara para conter o infinitodo qual ignoramos tudo. Semelhante ao deserto.
    Há palavras maiores que nós e que nos incluem.
    Salam Aleikum

    Maria Helena

    ResponderEliminar