25 janeiro 2011

Vamos todos dar as mãos e salvar o conceito

Raparigas, começa a constranger-me a situação do definhamento hatebloggeriano, custa-me ver, diante dos meus olhos, tantas boas ideias desperdiçadas, ver um conceito com tanto potencial ser destruído, ver tantas promissoras carreiras definhar, umas a seguir às outras. Neste contexto, urge intervir e eu, não podendo estar em todo o lado, sei que o meu dever cívico enquanto farol hatebloggeriano é ajudar a criar valor para que este nicho de mercado não se extinga de vez, sei que basta uma palavra minha para que o conceito volte a singrar, viçoso e tonificado, sei que o meu bom conselho é essencial para a renovação de tudo o que julgais saber sobre a hatebloggeriana coisa.

i) Antes de mais, optai por poucas escribas. O ideal será que apenas uma de vós edite, para evitar a canibalização do tempo de antena dos posts e, consequentemente, discussões sibilinas entre vós, que vos levarão ao desânimo e à divisão. Naturalmente, podereis ter várias contribuidoras para a causa, que servirão não só de "olheiras" por essa blogosfera fora, mas também como contribuintes líquidas. Não obstante, elegei uma de vós, de preferência a inteligente do grupo (se não for possível, elegei a mais esperta), que deverá ser a única responsável pela edição, imune a pressões circunstanciais da agenda de ressabiamentos de cada uma de vós.

ii) Optai por convidar um escriba do género masculino para estar no meio de vós, será o garante de uma visão estratégica para os conteúdos editoriais. Com um escriba do género masculino, a causa terá as respostas às quesões básicas "para onde queremos ir" e "como chegar lá", tereis foco e evitareis andar em círculo, sem saber o que fazer com o que tendes em mãos. Preparai-vos para as vossas primeiras e segundas escolhas recusarem o amável convite. Não passeis da sétima escolha.

iii) Deslastrai das vossas questiúnculas particulares. Focai-vos em algo mais alto que bater na tecla de as outras terem estudado matérias difíceis no tempo certo ou no lingrinhas que vos desprezou no liceu e agora tem um blog a que ninguém prestaria atenção se não fosse a vossa generosidade em fornecer-lhe centenas de visitas por dia.

iv) Tende tento na quantidade de mensagens diárias. Recordai que quantidade não significa qualidade, não cuideis que todos os blogs são como o deste que agora vos escreve e que se assina Pipoco. Blogs com muitos posts diários e todos com assinalável qualidade não é para todos.

v) Não maceis as pessoas. Diversificai os destinatários, lembrai-vos que as pessoas tendem ao bocejo quando as palavras-chave são as mesmas, post após post. Leitores maçados e bocejantes hoje são não-leitores amanhã e, ou tendes capacidade de aliciar novos targets que renovarão e aumentarão exponencialmente os números dos medidores de visitas (perguntem-me como) ou tendes que encerrar a coisa o que, parecendo que não, é desagradável.

Não hesiteis em vir à minha presença sempre que o sintais necessário, tereis sempre aqui, pelo menos até Março, um ombro amigo, sempre com uma palavra sábia.

7 comentários:

  1. São conselhos excelentes para quem quer manter um hateblog dinâmico. O Pipoco é amigo. Que mais querem? Papinha feita.

    ResponderEliminar
  2. ai senhor.. o tempo que vós dedicais a esta coisa... :D

    ResponderEliminar
  3. e se não lê-se este post diria mesmo que foi dedicado a mim, comum blogger que ontem sofri o primeiro ataque de uma hatter em força!

    sábias palavras meu caro pipoco.
    obrigada ;)

    ResponderEliminar
  4. lady miss mademoiselle25.1.11

    Bem, Foxy Ni, já se sabe, os chapeleiros costumam ser loucos.

    ResponderEliminar
  5. anónima benfiquista25.1.11

    Boriiiiing! Está bem está bem!
    "Eu dou as mãozinhas", mas primeiro quero saber os links desses blogues. Boa?
    Para umas boas gargalhadas...ou então não.

    ResponderEliminar
  6. Ora, isto é assim, já que eu apesar de não comentar muito, até venho ao seu blog muitas vezes. Gosto da maneira como escreve, e por isso achei que seria muito boa ideia, e realmente merece um Selo de Qualidade. Já que o blog está quase a fazer um ano, e parece-me que o vai fechar, e como nunca recebeu nada para o seu snob-chic-blog, então eu ofereço :D

    O Selo está no meu blog, é passar por lá, e retirá-lo :p

    Hasta *

    ResponderEliminar
  7. Pipoco, bem haja pela utilização do verbo deslastrar. Foi um momento tão lindo...

    ResponderEliminar